Home / Colunas / Raio-X UFC #3 – UFC ON FOX 20 Holm vs Shevchenko

Raio-X UFC #3 – UFC ON FOX 20 Holm vs Shevchenko

Fonte: bjjforum.com.br

Olá, amigos! Sejam bem vindos a mais um Raio-X UFC. O UFC vai a Chicago, no dia 23 de Julho, para realizar o UFC On Fox 20. No Main event, é o retorno da ex-campeã peso galo feminino, Holly Holm, após perder o seu cinturão em sua última luta, contra a outra ex-campeã, Miesha Tate. Holm enfrenta Valentina Shevchenko, que busca sua segunda vitória no evento após perder para a atual campeã, Amanda Nunes. Uma vitória nessa luta seria muito importante para uma das duas, podendo implicar em uma possível disputa de cinturão. No Co-main event, uma luta que promete, entre dois grandes Strikers. Edson Barboza tenta emplacar uma sequência de vitórias e vai enfrentar o ex-campeão peso leve do Strikeforce e duas vezes desafiante ao cinturão do UFC, Gilbert Melendez. Barboza vem de uma grande vitória contra o ex-campeão da categoria, Anthony Pettis, e uma vitória o elevaria boas posições no ranking. Melendez vez de uma suspensão por doping e duas duras derrotas, e busca dar a volta por cima no evento. Uma vitória sobre o talentosíssimo Striker, Edson Barboza, com certeza o traria de volta às cabeças. Há mais bons lutadores nesse card, portanto não perca este evento! Mas antes, vamos a algumas análises das lutas que nos esperam!!!

Darren Elkins vs Godofredo Castro

Darren “The damage” Elkins enfrenta Godofredo “Pepey” Castro na divisão dos penas.

Elkins tem um cartel de 20-5 no MMA e 10-4 no UFC. Está ativo no evento e vem de duas boas vitórias, sobre Robert Whiteford e Chas Skelly. É o típico “grinder”, um wrestler que adora pressionar os seus oponentes, tanto no clinch quanto usando suas quedas e pressionando no chão, com um bom volume de golpes no ground and pound. Seu Striking é abaixo da média, mas vem tentando melhorar a cada luta. Luta bem fechado em pé, buscando encurtar a distância e quedar os seus oponentes, especialmente na grade. Como a maioria dos “grinders”, tem um bom queixo e uma boa condição física, que o ajudam a implementar o seu jogo. Já demonstrou um bom jiu jitsu defensivo, tendo sido finalizado apenas pelo talentosíssimo Charles Oliveira.

Pepey tem um cartel de 12-3 no MMA e 4-3 no UFC. Vem de três grandes vitórias, todas terminadas antes da decisão. Perdeu um pouco daquele momento, pois há mais de um ano não luta. Pepey é um faixa preta de Jiu Jitsu, e essa é a sua especialidade. Trabalha muito bem, principalmente, de costas para o chão. Para ele não é um problema a luta ir para o chão, inclusive ele até puxa para a guarda em algumas ocasiões (Veja sua linda finalização contra o bom lutador Andre Filli). Tem ótimas finalizações da guarda, como chaves de braço e triângulos. Em pé, tem força nos golpes, é criativo, mas tem muitas falhas. Na maioria das vezes, lança golpes fortes, sem combinações e muito menos cuidado. Isso pode ser uma brecha para algum contragolpeador no futuro.

Estratégia para o Elkins: Sua estratégia deve ser o mesmo de sempre: pressionar o seu oponente o tempo todo e colocá-lo em posições desconfortáveis, no clinch e no chão. No clinch, deve golpear o tempo todo, para tentar cansar o Pepey, afinal, as lutas do Pepey mal passam do primeiro round (apenas 3 de suas 15) e ele vem de mais de um ano parado. Talvez a condição física seja um problema para o brasileiro. Por isso, o Elkins deve se manter ativo sempre, desferindo um grande volume de golpes em qualquer posição. Em pé, deve tomar cuidado com os golpes malucos do Pepey. Deve jogar fechadinho e encurtar a luta o tempo inteiro.

Estratégia para o Pepey: Embora o seu forte seja o Jiu Jitsu, não acho que a melhor opção nessa luta seja o chão. Se decidir puxar para a guarda ou for quedado, e não conseguir finalizar a luta, são grandes as chances de ele cansar e perder a luta por pontos. A melhor estratégia talvez seja manter essa luta em pé e lançar duros golpes no Elkins. Golpes pouco ortodoxos e sem muito cuidado não são a melhor opção nessa luta. Embora eu não espere que ele lute de maneira mais técnica em pé, sem dar brechas, gostaria de vê-lo administrando melhor em pé e desferindo bons golpes.

Previsão da luta: É uma luta complicada de prever, entre dois lutadores com estilos bem definidos. Acho a luta em pé um pouco favorável ao Pepey, mas talvez os seus golpes malucos o coloquem em perigo. O Elkins luta bem fechadinho em pé e possui boa resistência, então é bem provável que ele consiga sobreviver aos ataques do Pepey em pé. No chão, é uma luta muito interessante. O Pepey tem armas pra vencer por finalização, mas o Elkins já demonstrou saber se defender de finalizações e pode conseguir manter a luta no chão (onde venceu a maioria de suas lutas), com um bom volume de golpes. Provavelmente o Pepey canse, caso não consiga finalizar, baseado no seu tempo parado e em ter estado poucas vezes em longas lutas, e aí o Elkins o dominará no chão pela maior parte da luta. Minha previsão é: Darren Elkins vence Godofredo Castro por decisão dos juízes.

Dica de aposta: Odds: Elkins (1.48) e Pepey (2.55)

O Elkins está um pouco mais favorito do que deveria, segundo as odds. Como disse, é uma luta bem equilibrada. Embora eu ache que o Elkins seja favorito, não acho que as odds tragam um bom retorno que faça valer a pena uma aposta nele. O Pepey tem boas armas pra vencer essa luta, então um trocado nele seria uma boa aposta, podendo trazer bons retornos.

Frankie Saenz vs Eddie Wineland

Frankie Saenz enfrenta Eddie Wineland na divisão dos galos.

Saenz tem um cartel de 11-3 no MMA e 3-1 no UFC. Vem de uma derrota para um dos melhores peso galo do mundo, Urijah Faber, em uma luta em que ele lutou bem. Apesar da idade (35 anos), Saenz não tem muita experiência no MMA, como o seu cartel demonstra. É um lutador bem forte para a categoria e tem um ótimo Wrestling (NCAA Division I). Além disso, é faixa azul de Jiu Jitsu. Em pé, no geral, seu Striking é decente. Costuma se movimentar bastante. Já demonstrou boas técnicas em pé, mas geralmente lança golpes com toda a força e sem muito cuidado, colocando-se muitas vezes em perigo.

Wineland tem um cartel de 21-11 no MMA e 3-5 no UFC. Vem de duas duras derrotas, para o Johnny Eduardo e o Bryan Caraway. Está há mais de um ano sem lutar. Wineland foi o primeiro campeão peso galo do WEC, em 2006. Além disso, já lutou pelo cinturão no UFC, contra o Renan Barão, em 2013. É um lutador bastante experiente, tendo enfrentado grandes oponentes ao longo de sua carreira. Tem um bom Wrestling, e o utiliza principalmente para manter a luta em pé, onde prefere lutar. Em pé, movimenta muito bem as suas pernas (uma movimentação incomum) e sua cabeça (veja como ele mantém as mãos baixas e utiliza principalmente o movimento de cabeça para evitar os golpes). Ele tem a mão bem pesada, e costuma confiar em seu queixo para absorver os golpes e desferir bombas, principalmente com a mão direita.

Estratégia para o Saenz: Demonstrou ter bons low kicks na luta contra o Faber. Seria bom usá-los nessa luta, para tentar acabar com a movimentação frenética do Wineland e fazê-lo andar para trás, onde ele fica desconfortável. Deve usar o seu Wrestling para quedar e vencer a luta no chão. Em pé, deve manter um bom volume de golpes, pois o Wineland tende a preparar muito os seus golpes e a lançar poucos.

Estratégia para o Wineland: Deve fazer o que sempre faz. Manter essa luta em pé, se movimentar bastante e lançar fortes golpes no Saenz. O Saenz tende a se descuidar em pé, portanto, uma pressão com inteligência, usando muitas fintas e contragolpes, poderia levá-lo a ter sucesso nessa luta. Não pode ser muito passivo em pé. Deve pressionar o tempo todo e desferir os seus golpes, para não perder a luta pelo volume de golpes. Além disso, não pode se descuidar e dar a chance de ser quedado.

Previsão da luta: É uma luta bem equilibrada. O momento parece ser mais favorável ao Saenz, que vem de duas vitórias no evento e uma derrota em uma luta que ele lutou bem, contra um dos melhores da divisão. Wineland, por outro lado, vem de duas duras derrotas (o fator momento pode ser crucial nessa luta). Eu acho que o estilo de jogo casa melhor para o Wineland, e sabemos que esse é um dos fatores mais importantes no MMA. O Saenz, quando não consegue usar o seu Wrestling, tende a não ter sucesso em suas lutas, e o Wrestling defensivo do Wineland demonstrou-se, ao longo de sua carreira, ser muito bom. Eu acredito que o Wineland mantenha a luta em pé na maioria da luta, apesar de o Saenz ter a capacidade de quedá-lo em algum momento, e acredito que ele seja melhor em pé e consiga usar sua ótima movimentação, aliada a um bom boxe e força nos golpes. Saenz já demonstrou ser bem resistente, portanto, acredito que ele chegue até o final da luta. Minha previsão é: Eddie Wineland vence Frankie Saenz por decisão dos juízes.

Dica de aposta: Odds: Saenz (1.60) e Wineland (2.25)

Eu acredito que as odds não estão demonstrando bem como será essa luta, pois ela me parece bem equilibrada. Acredito que uma aposta no Wineland seja boa, pois ele tem grandes chances de vencer e o retorno é muito bom.

Felice Herrig vs Kailin Curran

Felice “Lil bulldog” Herrig enfrenta Kailin Curran na divisão peso palha.

Herrig tem um cartel de 10-6 no MMA e 1-1 no UFC. Vem de uma derrota, para a Paige VanZant, e de um longo período sem lutar. É uma lutadora muito experiente, tanto no Kickboxing quanto no MMA. É faixa azul de Jiu Jitsu, mas o seu ponto forte é o seu Muay Thai. É uma lutadora muito forte e costuma usar isso para trabalhar no clinch, lançando duros golpes, como joelhadas, socos e cotoveladas. O seu Grappling é bom, sendo que o fato de ser uma lutadora muito forte a ajuda na luta agarrada. Além disso, tem uma guarda bem ofensiva. Quando é quedada, sempre tenta finalizações da guarda.

Curran tem um cartel de 4-2 no MMA e 1-2 no UFC. Vem de uma boa vitória sobre a Emily Kagan, após duas derrotas seguidas no evento (Também perdeu para a VanZant). Seu Striking é bom, principalmente quando está pressionando as suas oponentes. Consegue cortar bem o cage e lança bons golpes. Costuma receber muitos golpes em pé, principalmente porque mantém a cabeça muito parada e é muito agressiva. No clinch, tem bons golpes e ótimas quedas. Tem melhorado bastante o seu Grappling e hoje o seu Wrestling é uma de suas armas.

Estratégia para a Herrig: Sua oponente não se mostra confortável quando é pressionada, por isso, deve pressioná-la. Poderia manter a luta na longa distância, fazendo sua oponente andar pra trás e lançando bons chutes, ou poderia pressionar, clinchar, lançar duros golpes e quedar. Sua força física deve ajudar e muito na luta agarrada, por isso tanto a luta em pé quanto o Grappling seriam boas opções.

Estratégia para a Curran: Deve pressionar a sua oponente, e, embora seja uma boa lutadora em pé, a melhor opção seria lutar na curta distância, e eventualmente clinchar e levar essa luta para o chão. Já demonstrou ter ótimas quedas do clinch e deve fazer o uso dessa arma para levar a luta para o chão e vencer.

Previsão da luta: É uma luta bem equilibrada. Ambas as lutadoras têm bastante habilidades e em todas as áreas. Eu acredito que a experiência e a força física sejam duas grandes vantagens para a Herrig. Ela já lutou muito mais vezes e contra lutadoras muito mais duras que a sua oponente. A força física pode ser uma vantagem no Grappling, onde eu acredito que essa luta vá se desenrolar bastante. A Curran tem boas habilidades, principalmente suas quedas no clinch, e elas podem ser o diferencial. No entanto, prevejo a Herrig tendo vantagem em pé e no clinch, com o seu Muay Thai, usando a sua força física e levando a melhor na maioria das disputas. Minha previsão é: Felice Herrig vence Kailin Curran por decisão dos juízes.

Dica de aposta: Odds: Herrig (1.95) e Curran (1.80)

A Curran está levemente favorita, segundo as odds. É uma luta equilibrada, mas, levando em consideração o ótimo retorno que uma aposta na Herrig traria, vale a pena colocar uns trocados nela.

Francis Ngannou vs Bojan Mihajlovic

Francis Ngannou enfrenta Bojan Mihajlovic na categoria peso pesado.

Ngannou tem um cartel de 7-1 no MMA e 2-0 no UFC. Vem de dois impressionantes nocautes em suas últimas lutas. Um começo muito bom para essa que é uma das maiores promessas da categoria. Ngannou tem boas habilidades tanto em pé quanto no Grappling. Em pé, é bem paciente, usa bastante fintas e espera por aberturar dos seus oponentes, para lançar diretos e uppercuts devastadores. No Grappling, tem uma boa experiência. Costuma se virar bem no clinch e, quando é quedado, sabe muito bem voltar a luta em pé. Talvez sua maior vantagem sobre os seus oponentes seja o seu atleticismo. É um lutador muito forte e rápido para a categoria, talvez um dos maiores da categoria.

Bojan tem um cartel de 10-3 no MMA e fará sua estreia no UFC. Vem de uma sequência de 10 vitórias e há 9 anos não perde uma luta. Pouco se sabe sobre o Mihajlovic. Pelo pouco que eu sei, é um lutador que costuma trabalhar o seu Grappling, principalmente no clinch, onde desfere seus golpes e derruba seus oponentes. Há duas coisas que impressionam sobre ele, e que são fatores cruciais nessa luta: primeiro, é um lutador muito pequeno para a categoria. Ele poderia facilmente ser um meio pesado, e seria pequeno até para essa categoria. Portanto, com certeza ele está na categoria errada. Segundo, ao analisar o cartel de seus adversários, pude somá-los e cheguei a incríveis 85-106!!! O nível de competição que ele enfrentou em sua carreira até agora foi baixíssimo se comparado ao que ele vai ter que enfrentar em sua próxima luta.

Estratégia para o Ngannou: Deve fazer o que tem feito até agora, não tem muito segredo. Deve usar a gigantesca diferença física entre ele e seu oponente e lançar duros golpes. Além disso, para evitar maiores riscos, poderia evitar ser clinchado na grade, deixando que o seu oponente trabalhe suas melhores posições.

Estratégia para o Mihajlovic: Deve tentar fazer o que sempre fez até aqui na sua carreira. Poderia clinchar o tempo todo e tentar vencer essa luta no dirty boxing, principalmente com o seu oponente de costas para a grade. Quedas o ajudariam demais também. Mas isso será difícil, pois a diferença física deve ser muita coisa para ele superar.

Previsão da luta: Essa é facilmente a luta mais previsível da noite. É claro, estamos falando da categoria dos peso pesados, e, embora o Mihajlovic esteja longe de ser um grande peso pesado, ele ainda tem força nos seus golpes e poderia muito bem nocautear o Ngannou. Mas o mais provável é que vejamos o Ngannou usar do seu Striking superior e da gigantesca diferença física entre os dois, para lançar golpes fortíssimos no Sérvio. Acredito que essa luta seja aquela típica “mismatch” e que vejamos mais um show do Ngannou, que continuará sua caminhada na divisão dos pesados. Minha previsão é: Francis Ngannou vence Bojan Mihajlovic por nocaute.

Dica de aposta: Odds: Ngannou (1.153) e Bojan (5.0)

As odds demonstram bem o favoritismo do Francês. Levando em conta que o mais provável é que ele vença, uma aposta nele seria boa e segura, embora o retorno seja bem baixo.

 

Edson Barboza vs Gilbert Melendez

Edson Barboza enfrenta Gilbert “El nino” Melendez na divisão dos leves.

Barboza tem um cartel de 17-4 no MMA e 11-4 no UFC. Vem da maior vitória de sua carreira. Venceu o ex-campeão da categoria, Anthony Pettis, em uma luta em que ele o dominou completamente no Striking. Barboza é um dos melhores Strikers do MMA, sem dúvidas. Especialmente com o seu Muay Thai, mas não se engane, seu Boxe é de bom nível e vem evoluindo a cada luta. Seus chutes são rápidos e fortes. Costuma desferir uma variedade enorme de chutes, mas principalmente os seus chutes de esquerda no corpo, os low kicks e os chutes rodados. O principal problema de suas lutas tem sido lidar com uma pressão constante em pé. Ele é um lutador que precisa de espaço para trabalhar e não se sente confortável andando para trás (no entanto, ele vem melhorando consideravelmente esses dois pontos), tanto que a maioria de suas derrotas foi para caras que o pressionaram o tempo todo, desferindo um enorme volume de golpes. É um lutador bem forte e rápido, tendo um boa condição física. Também possui uma boa defesa de quedas. Sobre o seu jogo no chão, mal o vimos usar, portanto é difícil avaliar.

Melendez tem um cartel de 22-5 no MMA e 1-3 no UFC. Vem de duas duras derrotas e de um longo tempo parado, devido a ter sido pego no doping. É um lutador muito experiente, tendo lutado em várias organizações ao redor do mundo. Fez o seu nome no extinto Strikeforce, tendo sido campeão peso leve por muito tempo. Suas melhores habilidades são no Striking, principalmente no Boxe. Tem um ótimo Boxe e costuma usar ótimas combinações de socos. Tem um bom Wrestling, mas mal o usa, pois costuma manter a luta em pé, para vencer no Boxe. Tem uma boa condição física, tendo lutado por 5 rounds em inúmeras ocasiões. Possui também um bom queixo.

Estratégia para o Barboza: Tem que manter essa luta em pé e se manter ativo, lançando golpes a todo o momento. O Melendez deve tentar pressioná-lo, portanto, ele deve circular, para não ser encurralado, e lançar duros golpes a todo momento, para tentar fazer com que o Melendez diminua o ritmo e comece a recuar. Eu adoraria vê-lo usando, principalmente, aqueles low kicks. O Melendez tem uma base bem aberta, o que pode possibilitar que esses chutes entrem, além de que o Melendez não parece defendê-los. Se conseguir tirar a base do Melendez, a movimentação dele diminuirá e será muito mais fácil acertar os golpes e vencer.

Estratégia para o Melendez: É muito simples: pressão constante. O Barboza já foi derrotado algumas vezes e a maioria ocorreu dessa maneira. O Melendez precisa pressionar o tempo todo, impondo um ritmo de luta frenético, usando principalmente o seu Boxe. Poderia também usar o clinch na grade e algumas quedas. O ponto é: ele não pode dar espaço para o Barboza. Nem mesmo um segundo da luta. Pressão constante (a la El Cucuy). Essa é a chave para a vitória.

Previsão da luta: Embora não seja nenhum segredo como derrotar o Barboza e que o Melendez tenha as armas necessárias para isso, o ponto é, esse não é o seu estilo. O Melendez não luta dessa maneira (pressão constante, sem dar espaço, alto volume de golpes, conforme descrito acima). O Melendez é um ótimo lutador e tem condições de fazer esses ajustes e vencer a luta. No entanto, não acho que seja o mais provável. O mais provável é que vejamos o melhor Striker levando a vantagem, que eu acredito que seja o Barboza. Provavelmente o Barboza será acertado algumas vezes, mas ele irá desferir diversos golpes fortíssimos que decidirão a luta para ele. Acredito que ele vá usar os low kicks, que com certeza dificultarão e muito a luta para o Melendez. Embora eu ache provável que o Melendez tente levar essa luta para o Grappling, prevejo ela ocorrendo a maior parte em pé e o Barboza levando vantagem. O Melendez é duríssimo e deve sobreviver até o final. Minha previsão é: Edson Barboza vence Gilbert Melendez por decisão dos juízes.

Dica de aposta: Odds: Barboza (1.454) e Melendez (2.60)

As odds demonstram muito bem o que esperar da luta. Como acredito que o Barboza vá vencer, recomendaria uma aposta nele. No entanto, acredito que uma aposta no Melendez também seja válida, tendo em conta que ele é um ótimo lutador, tem boas chances de vencer e que o retorno em uma aposta nele é muito bom.

Holly Holm vs Valentina Shevchenko

Holly “The preacher’s daughter” Holm enfrenta Valentina “Bullet” Shevchenko na divisão dos galos feminina.

Holm tem um cartel de 10-1 no MMA e 3-1 no UFC. Ela está voltando, após sua primeira derrota no MMA. Ela perdeu o cinturão para Miesha Tate, em uma luta que dominou pela maior parte, mas foi finalizada no último round. Holm vem do Boxe, onde foi inúmeras vezes campeã. Ela adaptou muito bem o Boxe para o MMA, mas adicionou mais uma arma para o seu Striking, e que talvez tenha superado até mesmo o seu Boxe, que foram os seus chutes. Ela tem diversos nocautes por chutes no seu cartel (6 de seus 7 nocautes foram por chutes), demonstrando o quão perigosa ela é em pé. Ela usa os seus chutes tanto para manter a distância quanto para nocautear suas oponentes. Ela é ótima em manter a distância e também possui um ótimo jogo de pernas. O Grappling parece ser o seu ponto fraco. Contra a Ronda, apesar de ter sido pouco exigido, ela se virou bem, mas contra a Miesha foi completamente dominada quando a luta foi para o chão. Apesar do grande número de nocautes em seu cartel, é uma lutadora muito paciente e que não costuma buscar o nocaute a todo o momento. Tem uma ótima condição física, suficiente para lutar todos os rounds em alto nível.

Shevchenko tem um cartel de 12-2 no MMA e 1-1 no UFC. Vem de uma derrota para a atual campeã da categoria, Amanda Nunes, após vencer em sua estreia a Kaufman, sem muito tempo de preparo. Assim como a Holm, foi uma talentosa lutadora em uma arte do Striking, mas, no seu caso, foi o Muay Thai. Foi inúmeras vezes campeã mundial de Muay Thai, vencendo até mesmo a atual campeã peso palha do UFC, e grande Striker, Joanna Jedrzejczyk (e não só uma, como três vezes!!!). Ela tem sucesso na longa distância, usando golpes rodados, low kicks e pisões frontais, mas, principalmente, tem mais sucesso na curta distância, onde desfere golpes curtos e usa o seu clinch. O seu defeito em pé é a sua inatividade. Ela mal desfere golpes, sendo o seu volume muito baixo. Ela possui um bom jogo de clinch, onde golpeia muito bem e consegue boas quedas.

Estratégia para a Holm: Deve fazer o que sempre fez e faz muito bem: manter a sua oponente na distância certa, evitando o clinch e desferindo bons golpes. Gostaria de vê-la usando todo o seu arsenal em pé. A Shevchenko tende a começar a luta mais devagar, portanto, um começo em um ritmo mais elevado poderia garantir vantagens importantes para o restante da luta. Deve manter um bom volume de golpes, para que possa garantir os rounds, já que sua oponente tem uma tendência de desferir poucos golpes.

Estratégia para a Shevchenko: Deve tentar lutar na curta distância o tempo todo. Ela é muito habilidosa no clinch, portanto, talvez seja uma boa estratégia manter a luta lá, desferindo bons golpes e, principalmente, usando suas quedas. Em pé, não pode deixar a Holm se sentir confortável na luta. Gostaria de vê-la bem ativa na luta, com um grande volume de golpes, pois a sua inatividade pode lhe custar a luta.

Previsão da luta: Essa é uma luta muito interessante, se tratando de estilos, pois se tratando de emoção, pode ser um prato cheio para o tédio. Ambas tendem a estudar bastante as suas oponentes e a desferir poucos golpes, principalmente a Shevchenko (o que talvez seja um grande problema nessa luta). Temos duas lutadoras especialistas na luta em pé e em artes diferentes, ainda que a Holm tenha ótimos chutes atualmente. Particularmente, sempre preferi o Boxe ao Muay Thai, quando se trata de MMA, por causa do jogo de pernas e da parte defensiva. Acredito que a Holm tenha uma noção de distância muito melhor e que consiga implementar o seu jogo, com bons socos e chutes. Não será fácil para a Shevchenko encurtar a distância. A Holm tem um ótimo jogo de pernas e se defende bem no clinch. Acredito que a Shevchenko seja dura, experiente e talentosa no Striking o suficiente para lutar 5 rounds equilibrados com a Holm, mas não me surpreenderia com a Holm acertando algum golpe duro e acabando com a luta, especialmente algum chute. Minha previsão é: Holly Holm vence Valentina Shevchenko por decisão dos juízes.

Dica de aposta: Odds: Holm (1.40) e Shevchenko (2.80)

Acredito que as odds estejam demonstrando bem o favoritismo da Holm, e que uma aposta nela seria muito boa, levando em conta que ela tem ótimas chances de vencer e que o retorno é bom.

 

Site das Odds: br.sportingbet.com

Como funcionam as Odds: a odd é um fator de multiplicação do dinheiro que você apostar, ou seja, é um número que deve ser multiplicado ao dinheiro apostado, para saber o lucro que você pode obter na aposta. Cada lutador possui uma odd. A odd mais baixa fica com o lutador considerado favorito* e a mais alta com o lutador considerado zebra. As odds também podem ser iguais para ambos os lutadores.

Como saber o lucro da aposta: você deve multiplicar o valor da sua aposta pela odd. Exemplo: quero apostar R$ 1,00 no Eddie Alvarez. Devo multiplicar o meu valor (R$ 1,00) pela odd (3.70), chegando no seguinte valor: R$ 3,70. O meu lucro é esse valor menos o valor apostado, portanto o lucro possível nessa aposta é: R$ 2,70.

*: Lembre-se, favoritismo é algo relativo e depende da análise de cada pessoa, portanto, não necessariamente o melhor lutador tem a odd mais baixa. Quem faz as odds busca odds equilibradas, de modo que o maior número de pessoas aposte. Você deve usar a sua análise da luta para ajudar nas apostas, não usar as odds para analisar a luta. Portanto, esqueça a ideia de que um lutador é favorito simplesmente por causa das odds. As odds são feitas para atrair apostas. Não esqueça disso!

O material acima representa a opinião pessoal do autor, não retratando necessariamente a opinião do BJJForum.

Para ficar por dentro das principais notícias do mundo da luta, siga nossos perfis no Twitter e Instagram, e curta também a nossa página oficial no Facebook.