Home / Destaques / Entrevistas e Relatos / Jacaré vê Buchecha como grande nome do pano, mas cita a ‘velha-guarda’

Jacaré vê Buchecha como grande nome do pano, mas cita a ‘velha-guarda’

Jacaré acompanha de perto os campeonatos de pano (Foto Esther Lin)

Jacaré acompanha de perto os campeonatos de pano (Foto Esther Lin)

Por Carlos Antunes – Tatame

Bicampeão mundial absoluto,Ronaldo Jacaré é um dos principais nomes da história do Jiu-Jitsu. Apesar de ter tomado outro caminho na carreira – hoje é atleta do UFC -, o lutador não deixa de lado sua paixão e garante que acompanha os principais torneios da arte suave.

“Os caras são sinistros demais. Tem o Buchecha, surpreendendo todo mundo, e o Rodolfo, que também está bem. Essa galera nova está fazendo a alegria do esporte”, disse o faixa-preta, em entrevista à TATAME.

Apontando Marcus Buchecha e Rodolfo Vieira como os principais nomes do momento no esporte, Jacaré não esquece seus companheiros da “velha-guarda” e acredita que a competição entre os médios é a mais acirrada da modalidade.

“O Buchecha está na frente porque tem mais vitórias agora, e no confronto direto com o Rodolfo, tem vantagem. Mas tem uma galera boa das antigas, como o Bráulio (Estima), (Rômulo) Barral, André Galvão. Essa divisão dos médios é a mais equilibrada”.

Mesmo revelando não abandonar os treinos de quimono e admitindo sempre assistir aos campeonatos, o campeão mundial disse que seu foco no momento é outro. “Sempre tenho vontade de lutar de pano, mas no momento não tem motivo. Estou lutando pelo Ultimate, e meu foco maior é o MMA“, finalizou o lutador, que tem um cartel de 18 vitórias e três derrotas.