Home / Competições / ACBJJ10 – Paulo Miyao e João Gabriel são os grandes vencedores da noite

ACBJJ10 – Paulo Miyao e João Gabriel são os grandes vencedores da noite

O Ginásio do Clube Hebraica recebeu o melhor card da história de um evento de Jiu-Jitsu! Com 17 lutas e muitas feras, o ACBJJ se consolida como o maior evento de Jiu-Jitsu privado do mundo. Nesta edição, o evento promoveu quinze lutas e duas disputas de cinturão. Na categoria até 65 kg, o atual campeão Paulo Miyao (Unity | Cícero Costha) defendeu seu título contra Augusto Tanquinho (Soul Fighters). Na categoria acima de 95 kg, o campeão Luiz Panza (Checkmat) enfrentou o desafiante João Gabriel Rocha (Soul Fighters). Confira um resumo de tudo que aconteceu no ACBJJ10.

João Gabriel é o novo campeão da categoria acima de 95 kg

Na disputa de cinturão entre os pesos pesados, o desafiante João Gabriel Rocha (Soul Fighters) venceu Luiz Panza (Checkmat) por 5 rounds a zero e garantiu o cinturão entre os pesos pesados. João Gabriel neutralizou todos os ataques de Panza que partiam da fifty-fifty (principal posição de Panza) e venceu os quatro primeiros rounds por 2×0 (Raspagem). No quinto round, Panza veio para o tudo ou nada e acabou se expondo, com isso, João Gabriel passou a sua guarda e montou, fazendo 7×0 no minuto final.

Bastante emocionado após a conquista, João Gabriel em entrevista a Robert Drysdale falou sobre o período em que se afastou das competições para cuidar de um câncer e falou da importância de ser um faixa preta dentro e fora do tatame.

Não adianta ser um faixa preta sinistro aqui dentro do tatame e lá fora não merecer nem a faixa branca!

Paulo Miyao mantém cinturão após uma atuação incontestável

Na disputa de cinturão da categoria até 65 kg, Paulo Miyao (Unity | Cícero Costha) venceu Augusto Tanquinho (Soul Fighters) por 4 rounds a zero e manteve o cinturão do ACBJJ. Miyao raspou Tanquinho nos três primeiros rounds e no quarto round chegou a pegar as costas do atleta do UFC. No quinto round, os dois empataram em 2×2 e o título continuou com Miyao. Após a luta, durante entrevista a Robert Drysdale, Miyao (que publicamente é conhecido por não gostar de dar entrevistas) declarou que a sua estratégia era ganhar.

Marcus Buchecha e Leandro Lo estreiam com vitória

 

Além das disputas de título, outras duas lutas eram bastante aguardadas pelos fãs de Jiu-Jitsu. Marcus Buchecha e Leandro Lo iriam estrear no evento. Buchecha enfrentou o valente Mahamed Aly (Team Lloyd Irvin) e Lo enfrentou Otávio Sousa (Gracie Barra).

Em sua estreia, Buchecha não deu chances para Mahamed Aly e venceu a luta por três rounds a zero (10×0, 11×2 e 13×2). Porém há de se destacar a atuação de Mahamed, que venceu bem caro a derrota e tornou o combate bem interessante para os fãs.

Já Leandro Lo não deu chances para Otávio Sousa e venceu por 3 rounds a zero (2×0, 5×0 e 6×0). Lo controlou as ações por cima e com uma ótima base, não sucumbiu aos ataques de guarda de Otávio Sousa.

Adam Wardzinski vence Erberth Santos após ganhar a montada

Em outro duelo bastante aguardado, Erberth Santos (Esquadrão de Jiu-Jitsu Brasileiro) enfrentou o polonês Adam Wardzinski (Checkmat). No primeiro round, Erberth acelerou e conquistou 10 x 0, com direito a domínio das costas do adversário, porém no segundo round, Adam raspou Erberth, passou sua guarda e chegou na posição de montada, quando inexplicavelmente, Erberth bateu. Todos no ginásio ficaram sem entender o motivo da desistência de Erberth, inclusive o próprio Adam Wardzinski, que falou isso em entrevista a Robert Drysdale.

Confira todos os resultados do ACBJJ10:

Mikey Musumeci venceu Rafael Barata por finalização (chave de pé reta)

Osvaldo Queixinho venceu Nicholas Welker por finalização (armlock)
R1 (2×0)
R2 armlock

Thiago Sá venceu Josh Hinger por 1 round a 0.
R1 2×0
R2 2×2
R3 2×2

Igor Silva venceu Rodrigo Cavaca por finalização (estrangulamento)
R1 Choke

Luan Carvalho venceu Marcelo Mafra por 1 round a 0.
R1 2×0
R2 0x0
R3 0x0

Gabriel Lucas venceu Ricardo Evangelista por decisão dividida
R1 0x6
R2 2×2
R3 0x0 (1×3 punições)

Lucas Rocha venceu Rodrigo Caporal por 1 round a 0
R1 2×0
R2 0x0
R3 0x0

Rudson Mateus venceu Braulio Estima por decisão unânime
R1 2×0
R2 2×2
R3 0x2

Yuri Simões venceu Abdurakhman Bilarov por decisão unânime
R1 0x0
R2 0x0
R3 0x0

Rômulo Barral venceu Arnaldo Maidana por finalização (Estrangulamento na montada)
R1 2X4
R2 Choke

Patrick Gaudio venceu Claudio Calasans por decisão unânime
R1 2×2
R2 0x0
R3 2×2

Adam Wardzinski venceu Erberth Santos por finalização (Desistência verbal)
R1 0x10
R2 Desistência verbal (Pontuação estava 9×2 para Adam Wardzinski)

Lucas Lepri venceu Márcio André por finalização (Estrangulamento)
R1 2×0
R2 Choke

Leandro Lo venceu Otávio Sousa por 3 rounds a 0
R1 2×0
R2 5×0
R3 6×0

Marcus Almeida venceu Mahamed Aly por 3 rounds a 0
R1 10×0
R2 11×2
R3 13×2

Paulo Miyao venceu Augusto Mendes por 4 rounds a 0
R1 2×0
R2 2×0
R3 2×0
R4 8×4
R4 0x0

João Gabriel Rocha venceu Luiz Panza por 5 rounds a 0
R1 2×0
R2 2×0
R3 2×0
R4 2×0
R5 7×0