Home / Colunas / Arquivos Históricos / Um pouco da história do jiu jitsu by Geo Omori – parte 1

Um pouco da história do jiu jitsu by Geo Omori – parte 1

Na década de 1930 o Rio de Janeiro vivia um frenesi em torno do jiu jitsu. Essa arte marcial era representada pelos irmãos Gracie (Carlos, Hélio e George) e por alguns japoneses que haviam treinado direto na Kodokan. Dentre eles destacamos Takeo Yano e Geo Omori. 

Omori era aluno da lenda da Kodokan  Tokugoro Ito e havia sido instrutor na escola japonesa antes de ser embaixador do Kano jiu jitsu (posteriormente conhecido como judo).

Os desafios entre o jiu jitsu, outras artes marciais e homens notáveis (como dobradores de aço de circo, estivadores, etc) diariamente ocupavam as páginas de jornais.  Geo Omori publicou no Diário de Notícias em 1932 uma série de quatro reportagens onde contava a origem do Jiu Jitsu. É uma visão muito próxima da fonte da Kodkwan jiu jitsu (judo) e tem 85 anos que essa história foi contada. É interessante notar que nessa época o judô não era judô e sim Kodkwan Jiu Jitsu. Havia muitas escolas de jiu jitsu no Japão no começo do século 20 a Kodkwan (Kodokan) era mais uma delas.

A primeira reportagem foi publicada em 24 de Julho de 1932 e você confere na íntegra abaixo (adaptamos as grafias aos tempos modernos):

by Geo Omori

O Grande interesse que os cariocas estão tomando pelo Jiu Jitsu, luta nacional japonesa, fez com que eu atendesse gostosamente ao convite que me dirigiu o sr. Idalicio Mendes, cronista esportivo do Diário de Notícias, para escrever alguma coisa a respeito do método de defesa nipônico.

É esta a primeira vez que colaboro num jornal brasileiro e a distinção que fui tratado pelo Diário de Notícias indicava somente um caminho: o de atender sem delongas ao desejo do seu respectivo redator esportivo, acima referido.

ORIGEM DO JIU JITSU

A luta japonesa é muito antiga. A sua origem remonta dos princípios do século “sengoku”, há mais ou menos 500 anos. A esse tempo já se conheciam rudimentos do jiu jitsu.

Eram realizados renhidos e violentíssimos combates com espadas e se um lutador não lograva derrotar o outro ou aquebra-lhe a espada, ambos se empenhavam em uma luta corporal empregando golpes de jiu jitsu para dominar o inimigo no chão. E apertavam-se o pescoço e contra-golpeavam-se violentamente para que um dos dois ficasse inutilizado.

Assim começou o jiu jitsu na terra de sua origem o Império do Sol Nascente. Entretanto o método japonês necessitava ainda de muitos aperfeiçoamentos. Precisava ser estudado a fundo, afim de serem eliminadas as deficiências que ainda apresentava.

COMO SE CHAMAVA, ENTÃO, A LUTA JAPONESA

Naquele tempo o jiu jitsu se denominava Yawara ou Taijutsu e era empregado pelos samurais, principalmente nas batalhas.

NO TEMPO DO AVÔ DO IMPERADOR HIROHITO

No meio do século de Tokugawa, isto é, há mais ou menos 200 anos foi que o jiu jitsu atingiu seu desenvolvimento. Ao alvorecer do século Meiji (ao tempo que governava o avô do atual Imperador do Japão  S. M. Hirohito), o jiu jitsu sofreu profunda alteração de samurai para o sistema militar e naval. Até aquele tempo, todos os samurais andavam com a espada nas costas na rua, mas, depois da modificação estabelecida os samurais tiveram que abandonar as espadas e procuraram orientar sua vida de outro modo, tornando-se comerciantes, etc.

O INÍCIO DA PROSPERIDADE DO JIU JITSU

Justamente nessa época foi que o ji jitsu recomeçou a se desenvolver. A luta perdeu, então, o seu antigo nome de Taijutsu ou Yawara para se chamar simplesmente jiu jitsu.

AS comissões encarregadas de estudar cientificamente o método japonês de luta, introduziu muitas modificações nos golpes e ainda fez pesquisas sobre os mesmos com o intuito de melhorar o mais possível o jiu jitsu.

Muito havia ainda que fazer. Novos e longos estudos foram realizados, novos golpes foram descobertos, inventados novos contra-golpes, chaves, etc. Colaborando todos para aperfeiçoar nosso sistema de defessa pessoal, tornando-o também um seguro modo de ataque.

FAMOSAS ESCOLAS DE JIU JITSU

A esse tempo, existiam já muitas escolas (n.e ryus) de Jiu jitsu, todas importantes, quer pelo elemento técnico de que dispnuham como pelo programa que estabeleciam.

A escola principal de partida (Shibkawa Ryu) do professor Hansuke Nakamura, alcançou um prestígio formidável, fazendo-se seguir por outras do mesmo gênero e prestígio também extraordinário com as Shinyou Ryu do professor Hikosuke Tozuka, Kitow Ryu do professor Tsunehei Jikubo

UM POUCO DE JAPONES PARA VARIAR…

Para que se possa ter uma idéia da significação dos termos acima vou explicar alguns deles:

Ryu – significa escola

Shinyou Ryu – Significa golpe principal para prender, apreensão

Kitow Ryu – significa golpe principal para luta corporal braço a braço, golpes para derrubar o adversário, abraçar e dominar, por fim, o inimigo

——————————————————

(continua na próxima quarta)

parte 2

Veja a matéria original abaixo:

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com