Home / Destaques / Resumo do final de semana: Miami Open, F2W e EBI 13

Resumo do final de semana: Miami Open, F2W e EBI 13

Apesar de não ter acontecido nenhum evento relevante no Brasil, nos Estados Unidos o fim de semana foi bastante movimentado no que se diz respeito aos eventos de Jiu-Jitsu e submission. Na Costa Leste americana, a IBJJF promoveu mais uma edição do Miami Fall Open. Em Brooklyn – Nova Iorque, tivemos mais uma edição do Fight to Win, com um card bastante atraente. Já na Costa Oeste, o destaque fica para mais uma edição do Eddie Bravo Invitational, evento produzido por Eddie Bravo que possui regras diferentes dos demais eventos tradicionais. Confira um resumo do que rolou no final de semana.

Miami Fall Open – Cyborg mostra mais uma vez quem manda em Miami e fatura dois ouros

O ginásio da Miami Dade College foi palco de mais uma edição do Miami Open da IBJJF. O principal destaque do campeonato vai para o experiente faixa preta Roberto “Cyborg” Abreu (Fight Sports) que conquistou o ouro no pesadíssimo e no absoluto após vencer duas vezes Max Gimenis (GFTEAM) em um duelo entre gerações.  Viktor Doria (Fight Sports) e Horlando Monteiro (GD Jiu-Jitsu) completaram o pódio no absoluto.

Os outros destaques da competição ficam para João Miyao (Unity / PSLPB Cícero Costha) que venceu Rodrigo Oliveira (Fight Sports) e garantiu o ouro na categoria Pena (Veja o vídeo da luta abaixo):

Adult black light feather Miami fall final Rodrigo Oliveira x Joao Miyao

Posted by International Brazilian Jiu-Jitsu Federation on Saturday, October 21, 2017

Outro momento importante da competição foi a entrega do certificado do quinto grau a Marcos Parrumpinha. Parrumpinha é um dos inúmeros “Cascas-grossas” formados pelo Grande Mestre Carlson Gracie.

Resultados do Miami Open:

BLACK / Adult / Male / Light-Feather

1 – João Ricardo Bordignon Miyao – PSLPB Cicero Costha
2 – Rodrigo da Costa Oliveira – Fight Sports

BLACK / Adult / Male / Feather

1 – Thiago Augusto Araujo Macedo – Rodrigo Pinheiro BJJ
2 – Silvio Duran de Barros Saraiva – Vitor Shaolin BJJ
3 – Brandon Woodly Walensky – Clark Gracie Jiu Jitsu Academy
3 – Kevin Javier Mahecha – American Top Team

BLACK / Adult / Male / Light

1 – Osvaldo Augusto Honorio Moizinho – Ares BJJ
2 – Alexandre Faria Molinaro – Carlson Gracie Team
3 – Breno Henrique Abreu Bittencourt – Ares BJJ Brasil
3 – Kauan Argimon Barboza – Carlson Gracie Team

BLACK / Adult / Male / Middle

1 – Felipe Cesar Silva – BARBOSA JIU-JITSU
2 – Piter Frank Almeida Silva – Alliance
3 – Denis Mitchel Batista Pinto – Fight Sports
3 – Fabricio José Barbarotti – PSLPB Cicero Costha

BLACK / Adult / Male / Medium-Heavy

1 – Nathan Albrecht Mendelsohn – Coalition 95
2 – Vinicius P. Canabarro – RCJ Machado
3 – Pedro Henrique Monteiro Palhares – Luiz Palhares Jiu Jitsu

BLACK / Adult / Male / Heavy

1 – Horlando de Jesus Monteiro – GD Jiu-Jitsu Association
2 – Diego Gamonal Nogueira – Brazilian Top Team – Florida
3 – Charles Kilyan Mcguire – American Top Team
3 – Paulo Bruno Chermont Azambuja – Fight Sports

BLACK / Adult / Male / Super-Heavy

1 – Vitor Fabio Martins Toledo – Atos Jiu-Jitsu
2 – Viktor de Araujo K. Doria – Fight Sports

BLACK / Adult / Male / Ultra-Heavy

1 – Roberto de Abreu Filho – Fight Sports
2 – Max dos Santos Gimenis – GF Team
3 – Thomas Anthony McMahon – Alliance

BLACK / Adult / Male / Open Class

1 – Roberto de Abreu Filho – Fight Sports
2 – Max dos Santos Gimenis – GF Team
3 – Horlando de Jesus Monteiro – GD Jiu-Jitsu Association
3 – Viktor de Araujo K. Doria – Fight Sports

Fight to Win 51 – Gianni Grippo vence a luta principal

Brooklyn foi palco de mais uma edição do Fight to Win, evento de grappling profissional que já se tornou padrão na agenda de eventos nos Estados Unidos. O main event inicial seria um duelo entre o lutador de MMA Ben Henderson e o campeão do ADCC na categoria até 77kg JT Torres. Ben Henderson se lesionou e o evento principal foi substituído pelo duelo entre Gianni Grippo (Alliance Marcelo Garcia) e Justin Rader (Lovato BJJ).

Na luta principal, o destaque vai para a vitória de Gianni Grippo sobre Justin Rader. O duelo foi bastante movimentado e com muitas transições. Grippo venceu após a decisão dos juízes.

Outro destaque vai para Marcos “Lekinho” Tinoco que derrotou Thomas Keenan na decisão dos juízes após uma luta bem movimentada e com muitas tentativas de chaves de pé.

I woke up this morning wanting to fight again, last night was a amazing night with my Marcelo Garcia family, thank tou everyone for coming and support the TEAM was beautiful i love you guys❤️. THANK YOU GOD for giving me strength to fight every day in my life. ❤️🙏 thank you @f2wpro for the opportunity to fight this beautiful event, thank you to my amazing wife @hanafishersilva I couldn't do this without you ever, I love you. CONGRATS to everyone that competed last night win or lose we still stronger ❤️#MGteam Also I can't forget my amazing sponsors that believe in me so much @gameness_sports @tapeandroll @lefttylaw (Nguyen Leftt P.C.) @kanjiusa @leao_optics #focusonyourgoals #mginaction #alliance #blessed #ingoditrust Photo credit @ricinaction

A post shared by @marcostinocobjj (@marcostinocobjj) on

EBI 13 – Garry Tonon mantém o título entre os leves

Garry Tonon foi o principal nome da décima terceira edição do Eddie Bravo Invitational – EBI. O evento possui regras diferentes dos eventos de grappling tradicionais e em caso de luta empatada, a decisão acontece após uma forma de desempate onde vence quem conseguir escapar ou finalizar primeiro, partindo de uma posição de dominância (costas ou montada).

Garry Tonon derrotou Vagner Rocha na final do EBI 13 com uma chave de calcanhar. O duelo foi uma reedição da disputa pelo bronze do ADCC, onde Vagner Rocha saiu vitorioso. Confira os resultados:

 

Primeiro Round

– Garry Tonon venceu Chance Braud por finalização (Chave de calcanhar)
– Ross Keeping venceu John Battle por finalização (Chave de calcanhar)
– Lucas Valente venceu Andreas Perales por finalização (Leglock)
– Keith Krekorian venceu James Gonzalez na prorrogação (Escapada mais rápida)
– Vagner Rocha venceu Issa Able na prorrogação (Finalização mais rápida)
– PJ Barch venceu Jason Soares na prorrogação (Escapada mais rápida)
– Mike Padilla venceu Mike Main por finalização (Chave de calcanhar)
– Nathan Orchard venceu Mike Walenski na prorrogação (Finalização mais rápida)

Quartas de final

– Garry Tonon venceu Ross Keeping por finalização (Armlock)
– Lucas Valente venceu Keith Krekorian por finalização (Mataleão)
– Vagner Rocha venceu PJ Barch na prorrogação (Escapada mais rápida)
– Nathan Orchard venceu Mike Padilla na prorrogação (Finalização mais rápida)

Semifinais

– Garry Tonon venceu Lucas Valente por finalização (Chave de calcanhar)
– Vagner Rocha venceu Nathan Orchard na prorrogação (Escapada mais rápida)

FINAL

– Garry Tonon venceu Vagner Rocha por finalização (Chave de calcanhar)

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com