Home / Competições / Resumo do final de semana: ACBJJ 14, SP Pro e Campeonato Americano de Jiu-Jitsu

Resumo do final de semana: ACBJJ 14, SP Pro e Campeonato Americano de Jiu-Jitsu

Um mês depois do Mundial da IBJJF, o Jiu-Jitsu volta a ter um final de semana movimentado. Em meio a Copa do Mundo de Futebol, o ACBJJ promoveu a sua décima quarta edição, trazendo duas disputas de cinturão e vinte duas lutas no seu card. Na categoria até 60 kg, João Miyao derrotou Ary Farias e manteve o cinturão da categoria. Na categoria até 75 kg, Lucas Lepri derrotou Davi Ramos e se tornou o novo campeão da categoria.

Pela IBJJF, tivemos três campeonatos organizados com sucesso. No Brasil, o São Paulo Pro, da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu, movimentou o Ginásio José Correa, em Barueri. O evento premiou os campeões com quantias de até quatro mil reais. Em Las Vegas, a IBJJF promoveu a décima sétima edição do Campeonato Americano de Jiu-Jitsu. O evento cresce a cada ano, provando que o Jiu-Jitsu cresce a passos largos na terra do Tio Sam. E nos arredores de Munique, a TSV Unterhaching – Sportarena Utzweg 1 foi palco da segunda edição do Campeonato Alemão de Jiu-Jitsu. Confira tudo que rolou no final de semana.

ACBJJ 14 – Lucas Lepri e João Miyão brilham em Moscou

No último sábado, os olhos do mundo estavam direcionados para o jogaço entre França e Argentina, todavia, um outro evento acontecia em Moscou no mesmo horário em que Mbappé destruia a linha defensiva argentina. O ACBJJ 14 chegou a sua décima quarta edição com um card que contou com 22 combates.

Na categoria até 60 kg, João Miyao (Cícero Costha) venceu Ary Farias (Atos) na decisão dos juízes e devolveu a derrota sofrida na semifinal do Mundial desse ano. Com essa vitória, os Irmãos Miyao continuam reinando absolutos nas categorias mais leves do ACBJJ.

Na outra disputa de cinturão do evento, Davi Ramos (Atos) e Lucas Lepri (Alliance) travaram um ótimo duelo. Após cinco rounds bem parelhos, Lucas Lepri saiu vitorioso e se tornou o novo campeão da categoria até 75 kg do ACBJJ. Confira os demais resultados do evento.

Rodnei Barbosa venceu Samir Chantre na decisão
Marcos Oliveira e Gabriel Lucas foram desclassificados por passividade na luta
Augusto Mendes venceu Kim Terra na decisão
Gabriel Marangoni venceu Osvaldo Moizinho na decisão
Ali Magomedov venceu Bruno Frazatto por finalização
Muhamed Kokov venceu Georgi Karakhanyan via choke
Thiago Sa venceu Ayub Magamadov por finalização
Adlan venceu Murad Machaev por finalização (estrangulamento)
Lucas Rocha venceu Daud Adaev Por finalização (Armlock)
Ali Bagov venceu Gadzhimurad Hiramagomedov por finalização (estrangulamento)
Lucas Barbosa venceu Romulo Barral na decisão
Abdul-Aziz Abdulvakhabov venceu Eduard Vartanyan na decisão
Igor Silva venceu Abdurakhman na decisão
Mukhamed Berkhamov venceu Aslambek Saidov na decisão
Joao Rocha venceu Nicholas Meregali na decisão
Yusuf Raisov venceu Diego Sanchez na decisão
Luiz Panza venceu Rodrigo Cavaca Por finalização (estrangulamento)
Albert Duraev venceu Magomed Ismailov na decisão
Joao Miyao venceu Ary Farias na decisão
Zubaira Tukhugov venceu Josh Emmett na decisão
Lucas Lepri venceu Davi Ramos na decisão

São Paulo BJJ Pro: Confira os campeões na faixa preta

O Ginásio José Correa, principal casa do Jiu-Jitsu em São Paulo, recebeu mais uma edição do São Paulo BJJ Pro, evento da IBJJF que premia os atletas campeões com um prêmio de quatro mil reais. Apesar da premiação atrativa, o evento não contou com um quórum esperado para um evento com premiação. Confira os campeões de cada categoria na faixa preta:

Peso Pena: Tiago Barros conquista o ouro para a Academia Cícero Costha

SP BJJ Pro 2018 – Preta adulto pena. #ibjjf #cbjj #bjj

A post shared by CBJJ Oficial (@cbjjoficial) on

No peso pena, Tiago Barros (Cícero Costha) derrotou Pedro Clementino (Cantagalo Jiu-Jitsu) e faturou o prêmio de quatro mil reais. Na semifinal, Pedro Valença (Cícero Costha) abriu para Tiago Barros, colocando assim o atleta da Cícero Costha diretamente na final.

Peso Médio: Hugo Marques vence Chaise Olímpio e conquista o ouro

Dentre todas as categorias, o peso médio foi a categoria mais lotada do São Paulo BJJ Pro. O principal nome da categoria foi Hugo Marques (Soul Fighters), que venceu quatro lutas e se sagrou campeão. O aluno de Leandro “Tatu” Escobar  derrotou Alexandre Cavaliere (Alliance), Frederico Pinto (Associação Otávio de Almeida), Yan Pica-Pau (Ribeiro Jiu-Jitsu) e na final, o atleta da Soul Fighters venceu Chaise Olímpio (GFTeam), que havia derrotado algumas pedreiras como: Felipe César (Unity), Ygor Dantas (Checkmat) e Diego Vivaldo (Guigo Jiu-Jitsu).

Peso Pesado: Fellipe Andrew brilha novamente em Barueri e conquista ouro no peso pesado

No peso pesado, Fellipe Andrew (Zenith) derrotou Ruan Oliveira (Soul Fighters) e conquistou o ouro da categoria. Para chegar a final, o pupilo de Rodrigo Cavaca derrotou Kaynan Duarte (Atos) na semifinal, repetindo o resultado obtido na final do GP dos Pesados da Copa Pódio.

Peso Pesadíssimo: Igor Tigrão vence Admilson Gobi e fica com o ouro

No pesadíssimo, Igor “Tigrão” Schneider (NS Brotherhood) derrotou Admilson Gobi (Team Lloyd Irvin) e ficou com o ouro da categoria. Para chegar na final, Tigrão teve que vencer Otávio “Orelha” Serafim (Alliance) na semifinal.

Absoluto Feminino: Carina Santi conquista ouro e leva 1500 reais para casa

No absoluto feminino, Carina Santi (G13) confirmou o favoritismo e conquistou o ouro. Na final, a atual campeã européia e brasileira derrotou a americana Jessi Swanson (Soul Fighters) e conquistou mais um ouro, confirmando a boa fase no ano de 2018.

Campeonato Americano de Jiu-Jitsu: Horlando Monteiro conquista peso e absoluto com e sem kimono

No Campeonato Americano de Jiu-Jitsu, Horlando Monteiro (Kimura) brilhou absoluto entre os demais. O potiguar conquistou a sua categoria e o absoluto, tanto com kimono, quanto sem kimono. Com kimono, Horlando derrotou Rafael Vasconcellos (Atos) e conquistou o ouro entre os pesados. No absoluto, o atleta da Kimura venceu o experiente James Puopollo (Ribeiro Jiu-Jitsu).

Nas competições sem kimono, Horlando venceu novamente a categoria pesado, após derrotar o americano Nisar Loynab (Atos). No absoluto, foi a vez de derrotar Manuel Ribamar (Unity Jiu-Jitsu) e unificar as categorias. Confira os demais vencedores do Campeonato Americano de Jiu-Jitsu.

Black / Adult / Male / Rooster

1 – Carlos Alberto Oliveira Da Silva – GF Team
2 – Nobuhiro Sawada – Tri-Force Jiu-Jitsu Academy

Black / Adult / Male / Light-Feather

1 – Lucas dos Santos Pinheiro – Atos Jiu-Jitsu
2 – João Pedro Oliveira Rodrigues – Soul Fighters BJJ

Black / Adult / Male / Feather

1 – Thiago Augusto Araujo Macedo – Rodrigo Pinheiro BJJ
2 – Richar Emiliano Nogueira – PSLPB Cicero Costha
3 – Kevin Javier Mahecha – American Top Team
3 – Rodrigo Lopes Cardoso – LEAD BJJ

Black / Adult / Male / Light

1 – Lucas Sette C. Valente Tobias – Gracie Barra
2 – Cesar Casamajó Cardoso – Caveirinha Jiu-Jitsu Family
3 – Piter Frank Almeida Silva – Alliance
3 – Rodrigo Lamounier de Freitas – Rodrigo Freitas Brazilian Jiu-Jitsu

Black / Adult / Male / Middle

1 – Sean Douglas Roberts – CheckMat
2 – Ben Henderson – JCBJJ
3 – Hugo Valdemar Gonzalez Alcala – Gracie Humaita

Black / Adult / Male / Medium-Heavy

1 – Manuel Ribamar V. de Oliveira Filho – Unity Jiu-jitsu
2 – Gabriel Corrêa Rocha – Gracie Barra
3 – Nisar Amin Loynab – Atos Jiu-Jitsu

Black / Adult / Male / Heavy

1 – Horlando de Jesus Monteiro – GD Jiu-Jitsu Association
2 – Rafael Vasconcelos de Lima – Atos Jiu-Jitsu
3 – Gianni K. T. E. Crivello – Ralph Gracie
3 – Tanner Nicholas Weisgram – Sylvio Behring USA

Black / Adult / Male / Super-Heavy

1 – James Richard Puopolo – Ribeiro Jiu-Jitsu
2 – Wellington Modena Peroto – One Jiu-Jitsu USA
3 – Daniel Hampton – GD Jiu-Jitsu Association
3 – Kaio Cesar Abrantes Fonseca – Gracie Barra

Black / Adult / Male / Ultra-Heavy

1 – Joseph Moku Kahawai Jr. – Beyond Jiu-Jitsu
2 – John Leslie Hansen – Rodrigo Vaghi BJJ
3 – Arin Adjamian – Zenith BJJ
3 – Francisco Carlos de Leon – Gracie Barra

Black / Adult / Male / Open Class

1 – Horlando de Jesus Monteiro – GD Jiu-Jitsu Association
2 – James Richard Puopolo – Ribeiro Jiu-Jitsu
3 – Alexandre Faria Molinaro – Carlson Gracie Team
3 – Wellington Modena Peroto – One Jiu-Jitsu USA

Black / Adult / Female / Light-Feather

1 – Mayssa Caldas Pereira Bastos – GF Team
2 – Patrícia Maria N. Fontes dos Santos – CheckMat
3 – Bruna Burns – Zenith BJJ

Black / Adult / Female / Feather

1 – Karen Deisy Antunes Girotto Borges – CheckMat

Black / Adult / Female / Light

1 – Tammi Alana Musumeci – Caio Terra Association
2 – Sarah Johnel Black – GD Jiu-Jitsu Association
3 – Y.X. Xiong – Gracie Humaita

Black / Adult / Female / Medium-Heavy

1 – Brenda Heller Pessoa Freitas – Gracie Humaita
2 – Andressa Mezari Cintra – CheckMat

Black / Adult / Female / Heavy

1 – Nathiely Karoline Melo de Jesus – Unity Jiu-jitsu

Black / Adult / Female / Open Class

1 – Andressa Mezari Cintra – CheckMat
2 – Karen Deisy Antunes Girotto Borges – CheckMat
3 – Mayssa Caldas Pereira Bastos – GF Team
3 – Y.X. Xiong – Gracie Humaita
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com