Home / Top News / Resumo do final de semana: ACB, KASAI, Cincinnati Open e F2W

Resumo do final de semana: ACB, KASAI, Cincinnati Open e F2W

Fim de semana de muita ação nos Estados Unidos e na Rússia, com destaque para os eventos profissionais: ACBJJ em Moscou e Kasai Grappling em Nova York. A IBJJF promoveu seu último open do ano na cidade de Cincinnati, no estado americano de Ohio e o F2W promoveu mais uma edição do seu show na California. Confira tudo que rolou no final de semana.

ACBJJ – Augusto Tanquinho e Felipe Preguiça conquistam o último GP do ano

Moscou foi palco do ACBJJ 9, evento que já caiu nas graças do público do Jiu-Jitsu. Nessa edição, a organização promoveu dois GP’s: Até 60kg e até 95 kg. Na categoria até 60kg, Augusto Tanquinho venceu Milton Bastos na primeira fase por finalização (Kimura), depois travou uma luta duríssima contra João Miyao e venceu por pontos. Na grande final, Tanquinho enfrentou Samir Chantre, que havia derrotado Tomoyuki Hashimoto e Laércio Fernandes nas fases preliminares. Em uma final bastante disputada, Tanquinho finalizou Samir Chantre com uma guilhotina no quinto round e conquistou pela primeira vez o cinturão de um GP do ACBJJ e em uma categoria abaixo da sua (Tanquinho sempre costuma lutar na categoria até 65 kg).

@acb_jj No Gi 60kg World Grand Prix Champion. Thank you my Lord Jesus Christ for that blessing! God opens doors that no one can close, just believe it! I left everything that I had today on the mats and it paid off. Thank you my girlfriend @amandasavulski for supporting me in every second, thank you to my brother @tatuescobar for being the best coach ever tonight, thank you to all my students from @soulfightersaz @atacademyaz for believing in me , thank you to all my teammates and coaches from @themmalab for pushing me to my limites every single practice. Thank you to my sponsor @manto_original @mantousadotcom for always have my back ! I’m super happy! Hard work pays off. I’ll make a better post about that crazy night later! ⠀⠀ ⠀⠀ Campeão World Grand Prix 60kg @acb_jj . Obrigado meu Senhor Jesus Cristo por essa bênção, Deus abre portas que ninguém pode fechar, acredite nisso! Eu deixei tudo o que eu tinha hoje no tatame e valeu a pena. Obrigado a minha namorada @amandasavulski por me apoiar em cada segundo, obrigado ao meu irmãozão @tatuescobar por ter sido o melhor treinador hoje à noite, obrigado a todos os meus alunos @soulfightersaz @atacademyaz por sempre acreditarem em mim, obrigado a todos os meus companheiros de treino e treinadores da @themmalab por me puxarem ao meu limite em todos os treinos. Obrigado ao meu patrocinador @manto_original @mantousadotcom por sempre estar comigo! Estou muito feliz, o trabalho duro vale a pena! Eu vou fazer um post melhor sobre essa noite maluca depois!

A post shared by Augusto Tanquinho (@tanquinhojj) on

Na categoria até 95 kg, Felipe Preguiça deu um show de Jiu-Jitsu e conquistou o título do GP Nogi até 95 kg do evento. Preguiça que havia vencido a edição de kimono, voltou ao ACBJJ e finalizou todos os adversários. Na primeira rodada, o mineiro finalizou Gutemberg Pereira (GFTEAM) com uma linda chave de panturrilha. Em seguida, foi a vez de finalizar Lucas Hulk (Atos) com uma guilhotina. Na final, Preguiça enfrentou o russo Abdurakhman Bilarov, que havia finalizado os favoritos Jackson Sousa e Erberth Santos com duas plásticas chaves de calcanhar.

A próxima edição do ACBJJ será no Brasil, e o lugar cotado para sediar o show é o estado de São Paulo. Algumas lutas já estão sendo ventiladas, como: A estreia de Leandro Lo no evento.

KASAI Grappling – Renato Canuto e Gordon Ryan foram os destaques do evento

Brooklyn foi palco da primeira edição do evento KASAI Grappling. O evento promovido por Rolles Gracie trouxe como atrações principais, o duelo entre Gordon Ryan e Yuri Simões, além de um GP Peso Leve com oito atletas.

No main event, Gordon Ryan venceu Yuri Simões na revanche entre os dois atletas. O aluno de John Danaher havia dito que finalizaria o combate e cumpriu a promessa finalizando Yuri Simões com um mata-leão. Essa atuação coroa o ano brilhante de Gordon Ryan, que culminou com o título do ADCC na categoria até 88 kg.

Gordon Ryan: unstoppable.

A post shared by FloGrappling (@flograppling) on

No GP peso leve, Renato Canuto roubou a cena e conquistou o cinturão da categoria. O atleta da Zenith venceu fortes oponentes como: Mansher Khera, AJ Agazarm e Garry Tonon e chegou ao final do GP. Veja um pouco do que Renato apresentou no KASAI.

Renato Canuto's passing is mental! WOW! @kasaigrappling

A post shared by FloGrappling (@flograppling) on

No outro grupo, o experiente Celsinho Venicius desbancou os jovens Gianni Grippo e Junny Ocasio, além de ter vencido Enrico Cocco com uma guilhotina espetacular (veja o vídeo abaixo), garantindo a vaga na decisão do evento.

Na decisão, Renato Canuto venceu Celsinho na decisão dos juízes e garantiu o primeiro cinturão do evento que promete mais edições em 2018.

Na outra superluta, Murilo Santana venceu Craig Jones por pontos e devolveu a derrota sofrida no ADCC em setembro. Na ocasião, o australiano venceu o líder da Unity com um triângulo voador.

Cincinnati Open – Vitor Oliveira conquista ouro duplo lutando em casa

Cincinnati foi palco do último Open do ano promovido pela IBJJF, e o principal nome da competição foi o brasileiro radicado em Ohio, Vitor Oliveira (GFTEAM). O líder da GFTEAM no estado conquistou o ouro na categoria pesado após vencer Matthew Leighton (Bonsai Jiu-Jitsu). Na final do absoluto, Vitor Oliveira venceu Silvio Duran (Vitor Shaolin Association) e garantiu o ouro. Confira o vídeo da luta abaixo.

Adult black open Cincinnati open Vitor Oliveira x Silvio Durnam

Posted by International Brazilian Jiu-Jitsu Federation on Sunday, December 10, 2017

F2W 57 – Caio Terra se mantém campeão na categoria até 125 libras

San Jose foi palco da edição de número 57 do Fight to Win, evento profissional de Jiu-Jitsu que mais remunerou atletas em 2017. Na luta principal, Caio Terra (Caio Terra Association) defendeu seu título da categoria até 125 libras Nogi contra Marcelo Cohen e saiu vitorioso após vencer com uma chave de calcanhar. É a segunda defesa bem sucedida de Caio no evento.

Over the past several years I made a decision to start competing less and teaching more. It’s not that I no longer like competing, but the joy I see in the success and growth of others is infinitely more rewarding to me. Last night reassured me I am on the right path. I had 7 students compete and I was able to be there to coach 6 of them. I did not coach Kristina because I had to warm up for my own fight and when I heard she got hurt my heart sank. Injuries happen and they are a part of the sport but they are never easy. She will be back better than ever. Thank you to the always tough Marcelo Cohen for the match. In the end I was able to secure the victory and my 2nd ftw title! Im proud of everyone who competed and a huge thank you to everyone who came out to support. We are CTA! #OneTeam #CTAevolution #TechniqueConquersAll #WarTribe @f2wpro @wartribegear @caio_terra_association Nos últimos anos eu tomei a decisão de competir menos para ensinar mais. Não é que eu não goste de competir mas a alegria que sinto ao ver um aluno suceder é muito mais gratificante para mim. Ontem eu vi que estou realmente no caminho certo. Tive 7 alunos competindo e eu pude estar no corner de 6 deles. Eu não pude estar no corner da kristina pq minha luta era logo em seguida e eu precisava aquecer. Quando fiquei sabendo que ela tinha se machucado me senti muito mal. Lesões acontecem e elas fazem parte do esporte mas nunca são fáceis de lidar. Ela voltará melhor que nunca! Obrigado ao sempre duro, Marcelo Cohen, pelo combate. No fim eu consegui vencer e conquistar meu segundo cinturão na organização. Estou muito orgulhoso de todos que competiram e gostaria de agradecer muito a todos que vieram nos apoiar. Somos todos CTA!

A post shared by Caio Terra (@caioterrabjj) on

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com