Home / Competições / Pan 2018: Análise das categorias na faixa preta

Pan 2018: Análise das categorias na faixa preta

Tradicional evento do calendário de competições da IBJJF, o Panamericano de Jiu-Jitsu movimentará a cidade californiana de Irvine nesse final de semana. O Pan faz parte do “Grand Slam” da IBJJF e costuma ser um termômetro para o Mundial. A edição desse ano não contará com alguns campeões do ano passado como: Rubens Cobrinha, Lucas Lepri, Patrick Gaudio e Erberth Santos no masculino e Tayane Porfírio no feminino,  porém alguns novos nomes podem surpreender nesse campeonato. O BJJForum traz a análise das categorias na faixa preta, tanto no masculino quanto no feminino, confira!

Masculino Galo

Após longos anos de supremacia por parte de Bruno Malfacine e Caio Terra, o peso galo vive um  momento de troca de gerações. Além da ausência dos dois atletas citados anteriormente, o atual Campeão Europeu Hiago Gama também está de fora do PAN.  Dadas essas ausências, três nomes surgem como postulantes ao ouro: O experiente Koji Shibamoto (Triforce), o amazonense Lucas Pinheiro (AMBJJ – Alex Martins Brazilian Jiu-Jitsu) e o jovem japonês Tomoyuki Hashimoto (Carpe Diem / Brasa CTA), que vem de ótima atuação no ACBJJ 11.

Masculino Pluma

João Miyao (Cícero Costha)  e Pablo Mantovani (Atos) são os grandes favoritos para fazerem a final da categoria.  Caso consigam chegar á final, essa luta será o primeiro confronto entre os dois atletas. Mayko Araújo (Checkmat) e Rene Lopez (Brasa CTA) são os únicos que podem impedir o prognóstico citado na linha acima.

Masculino Pena

Com a ausência de Cobrinha, a categoria pena apresenta vários nomes que podem conquistar o ouro. Dentre os 19 nomes inscritos, seis aparecem no pelotão da frente para a conquista do ouro. Márcio André (Nova União), Osvaldo Queixinho (ARES), AJ Agazarm (Gracie Barra), Isaac Doederlein (Alliance), Gianni Grippo (Alliance) e Shane Jamil-Hill (Team Lloyd Irvin) possuem ótimas chances de chegar ao ouro.

Masculino Leve

Com a ausência de Lucas Lepri, o peso leve apresenta três nomes que saem na frente na disputa do ouro. Michael Langhi (Alliance), JT Torres (Atos) e Hugo Marques (Soul Fighters) são os principais candidatos ao ouro. No segundo pelotão, nomes como: Victor Silvério (Gracie Barra), Yan “Pica-Pau” Lucas (Ribeiro Jiu-Jitsu), Masahiro Iwakasi (Carpe Diem) correm por fora.

Masculino Médio

Como já é tradição em todas as competições da IBJJF, o peso médio conta sempre com muitos nomes que possuem chances reais de chegarem ao título. O atual campeão mundial da categoria Gabriel Arges (Gracie Barra), surge como o número um dentre os contenedores. Porém, Marcos Tinoco (Alliance),  Tommy Langaker (Kimura) e Otávio Sousa (Gracie Barra) são os principais nomes da categoria.

Masculino Meio Pesado

Com a ausência do atual campeão Patrick Gaudio, Lucas Hulk (Atos) assume o posto de favorito ao ouro da categoria. Vice campeão do Pan no passado, Hulk vem de uma ótima sequência e com sede de vitória no evento. Outros ons nomes aparecem na disputa como: Matheus Diniz (Alliance), Rudson Matheus (Brasa CTA), Horlando Monteiro (Kimura) e Renato Cardoso (Alliance).

Masculino Pesado

No peso pesado, o principal postulante ao título é o pentacampeão mundial, Leandro Lo (NS Brotherhood). Com muita experiência e com um jogo muito interessante de assistir, Lo vai em busca do hexacampeonato no Pan. Para tentar surpreender Lo, surgem nomes como Tanner Rice (Soul Fighters), Fellipe Andrew (Zenith) e Rafael Vasconcellos (Atos).

Masculino Super Pesado

Dentre os sete atletas que compõem a categoria super-pesado, Keenan COrnelius (Atos) aparece como o principal favorito ao ouro da categoria. O atual campeão peso e absoluto Europeu, chega ao Pan com o objetivo de subir ainda mais no ranking da IBJJF. Os principais adversários de Cornelius na categoria são:  Mahamed Aly (Team Lloyd Irvin),  Gutemberg Pereira (GFTEAM) e Tim Spriggs (Team Lloyd Irvin).

Masculino Pesadíssimo

No Pesadíssimo, João Gabriel Rocha (Soul Fighters) e Ricardo Evangelista (GFTEAM) aparecem como os principais favoritos ao ouro da categoria.  Porém não devemos desprezar a presença do bicampeão mundial Antônio Braga Neto (Babalu’s Iron Gym / Gordo Jiu-Jitsu), que mesmo sem ritmo de competição por conta do foco direcionado ao MMA, sempre pode complicar para os seus adversários.

Feminino Pluma

Com sete atletas inscritas, o peso pluma feminino pode nos reservar uma reedição da final do Mundial de 2017 entre Gezary Matuda (American Top Team) e Talita Alencar (Alliance). Pati Fontes (Checkmat) corre por fora.

Feminino Pena

Assim como a categoria pluma, a categoria pena conta com sete atletas inscritas. Bianca Basília (Atos / Almeida Jiu-Jitsu) surge com um leve favoritismo ao ouro, porém a presença de adversárias duras como: Heather Raftery (Atos), Emilie Thylin (Gracie Humaitá) e o retorno de Karen Antunes (Checkmat) podem complicar os planos de Bia para o ouro.

Feminino Leve

Com duas atletas inscritas, tudo leva a crer que Bia Mesquita e Jena Bishop irão fechar a categoria para a Gracie Humaitá.

Feminino Médio

O peso médio feminino é a categoria com mais atletas inscritas nesse Pan (nove atletas inscritas). O destaque fica para o equilíbrio dos confrontos. Só no primeiro round, teremos os confrontos entre: Catherine Perret (Checkmat) x Leanna Diitrich (Fight Sports), Andressa Cintra (Checkmat) x Danielle Alvarez (Gracie Humaita) e Angélica Galvão (Atos) x Renata Marinho (Alliance). O meu palpite é que Angélica Galvão e Luíza Monteiro fecharão a categoria, porém os confrontos serão bem complicados para ambas.

Feminino Meio-Pesado

Com três atletas ao todo, a categoria meio-pesado será decidida entre a vencedora do duelo entre Carina Santi (G13) x Nivia Souza (Gracie Gym) contra Nathiely de Jesus (Cícero Costha). Nathiely é favorita em qualquer um dos dois confrontos.

Feminino Pesado

Fernanda Mazzeli (Gracie Humaitá)  e Jessica Flowers (Gracie Barra) são as favoritas na categoria e possuem grandes chances de disputarem a final. Porém a jovem Yacinta Nguyen (Toronto BJJ), pode complicar as coisas para Jessica nas semis.

Feminino Super-Pesado

Com a ausência da atual campeã Tayane Porfírio, a categoria super-pesado será decidida entre Claudia do Val (Delariva) e Hillary Vanornum (Impact Jiu-Jitsu). Claudia do Val é franca favorita ao ouro.

 

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com