Home / Colunas / O início

O início

 

Na coluna de hoje, vamos tratar da base, do início no Jiu-Jitsu. Abordaremos alguns aspectos já discutidos aqui, mas que devem sempre estar frescos na memória do lutador e do praticante da nossa Arte Suave. E, apesar do título referir-se a início, vale a pena para os graduados observarem os tópicos a seguir.

Escolhida a academia e o professor, o recém-chegado praticante de Jiu-Jitsu começará a conhecer as origens da arte, a se familiarizar com os nomes dos expoentes dos campeonatos, assim como os dos grandes notáveis da história do Jiu-Jitsu.

Na hora do treino propriamente dito, a primeira lição a ser assimilada é que o Jiu-Jitsu assemelha-se a uma maratona, no sentido do aprendizado. Não existem atalhos, não há como dar um tiro da linha de partida até a linha de chegada, como as provas de 100m rasos do atletismo. A maratona da faixa branca até a faixa preta é longa, repleta de conhecimentos, novidades, erros e acertos, ânimo e decepções. Entendendo essa característica, o iniciante conseguirá superar todos os obstáculos no caminho do conhecimento gradativo e estará em crescente evolução.

Os três tapinhas vão ensinar muito!

Bata, quando necessário. Se você não está batendo, alguma coisa errada está acontecendo, você não está aprendendo. Dar os três tapinhas significa que você errou. Desta forma, o erro foi identificado e poderá ser corrigido. Bater também protegerá a sua integridade física, evitando qualquer lesão que possa afastá-lo dos treinos.

Concentre-se em construir uma base sólida. No Jiu-Jitsu, a base que você construir nos treinos diários determinará se você está apto a adicionar mais armas ao seu jogo ou se ainda precisa corrigir fraquezas técnicas. Postura, detalhes técnicos, distribuição de peso, dosagem de energia e respiração e sensibilidade ao jogo que o parceiro de treinos está tentando aplicar em você são fundamentos indispensáveis ao seu desenvolvimento como lutador de Jiu-Jitsu.

Organize suas defesas antes de atacar. Aprenda as posições de segurança, fugas e defesas antes de refinar seus ataques, seu jogo ofensivo. Treine sempre com parceiros mais graduados, tenha a sensibilidade de identificar quais posições você tem mais dificuldade de defender ou evitar e busque os antídotos. Construindo uma defesa sólida, você terá mais segurança para atacar e não ficará desesperado se for surpreendido durante o ataque.

Repetição. De novo. Outra vez.

Os melhores atletas em qualquer esporte são aqueles que refinam suas habilidades através da repetição infinita das posições. Os treinos de repetição, também conhecidos como “drills”, fará com que você elimine a necessidade de pensar antes de agir durante a luta, condicionando sua habilidade à memória muscular. Seu corpo reagirá sozinho a uma situação repetida exaustivamente. A repetição massiva é o único jeito de aprender corretamente e entender por que o movimento funciona. Se você tem que parar para pensar sobre a técnica que pretende aplicar, é porque você não sabe a técnica.

Concordam? Discordam? Vamos debater aqui, no BJJForum!

Hora do treino! Até a próxima!

Curtam #BJJForum

OSS

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com