Home / Destaques / Mundial Master: Osvaldo Queixinho briga por mais um título e explica como seu Jiu-Jitsu funciona entre adultos e veteranos

Mundial Master: Osvaldo Queixinho briga por mais um título e explica como seu Jiu-Jitsu funciona entre adultos e veteranos

 

O peso-pena Osvaldo “Queixinho” Moizinho é uma das feras inscritas no Mundial de Masters da IBJJF, que começa nesta quinta-feira, 24 de agosto, em Las Vegas, Nevada.
 
Aos 31 anos, Queixinho ainda compete com maestria entre os adultos, e encara o torneio de masters como mais um desafio na carreira.  Atual campeão do evento entre os penas, o faixa-preta da Ares BJJ analisou o que muda no Jiu-Jitsu de uma divisão para outra e o que funciona do seu jogo em ambas as categorias.
 
“A maior diferença é o tempo de luta. No adulto, se você começar perdendo tem tempo para correr atrás do placar. Já no master, o relógio corre rápido. Se estiver atrás no placar, você não tem muito tempo e pode se complicar. Meu jogo não muda muito entre uma divisão e outra. A maior diferença é por causa do jogo da galera, que gosta mais de trocar em pé e eu gosto de quedas também. Eu só não tenho muita oportunidade de aplicar meu jogo de derrubadas no adulto, pois muita gente faz guarda e puxa rápido. Os atletas do master já estão acostumados com a categoria e sabem como segurar o ritmo da luta. No adulto, os competidores abrem mais o jogo e acabam dando mais espaço para o adversário”, conta Queixinho, que busca a manutenção do seu título no mesmo peso nesta edição.
 
Faixa-preta desde 2011, Queixinho também comentou como o Mundial de Master é visto com outros olhos hoje, por conta do grande número de atletas campeões mundiais no adulto que disputam o ouro também entre os masters, como Xande e Saulo Ribeiro, Robson Moura, Vitor Shaolin, Rômulo Barral e outros.
 
“Sem dúvidas o nível está subindo muito. O mundial adulto segue acima, pelo fato do número de atletas de alto nível inscritos, mas acho que é questão de tempo até o master ficar tão competitivo quanto o adulto. Antigamente, o master era conhecido por ter os atletas de maior idade, os que começaram ‘tarde’ no Jiu-Jitsu. Hoje em dia temos campeões mundiais no adulto que estão migrando para o torneio de veteranos com a mesma gana do adulto”, explica a fera.
 
Confira no vídeo a seguir os detalhas de Queixinho para dominar a guarda 50/50 e conheça um pouco mais do jogo da fera!

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com