Home / Top News / Marcio André comenta foco no Mundial após vitória no Open de Las Vegas.

Marcio André comenta foco no Mundial após vitória no Open de Las Vegas.

Marcio André, 22 anos, segue sua caminhada até o seu objetivo principal: o Mundial 2017 da IBJJF. Para chegar na ponta dos cascos, o faixa-preta da Nova União tem lutado alguns opens da IBJJF como, por exemplo, o Las Vegas Open, encerrado no último fim de semana em Las Vegas, Nevada. Todos esses eventos fazem parte da sua preparação para o Mundial 2017, agendado para o início de junho, na Califórnia.

Pela divisão dos leves, Marcio venceu duas lutas para garantir o ouro na categoria. Primeiro, finalizou Marcus Cole (Grappling Unlimited) num justo triângulo, em apenas 10 segundos. Depois, raspou e passou a guarda do cascudo Rodrigo Freitas (Rodrigo Freitas) na final.

“Para mim, foi um bom campeonato. Eu não sofri pontos ou vantagens durante a competição. Lutei para frente o tempo inteiro e estou por feliz por isso. Agora, estou feliz por estar competindo mais. Usei movimentos básicos como, por exemplo, o triângulo, durante a minha primeira luta. Puxei e ataquei o triângulo, para finalizar. Esse movimento é um drill que faço desde pequeno”, conta Marcio, antes de analisar a disputa pelo ouro contra Rodrigo.

“Ele é um oponente muito duro, é a terceira vez que luto com ele. Fui capaz de impor minha passagem de guarda e usar minha raspagem com a lapela para vencer, graças a Deus. Mal posso esperar para lutar novamente, essa é a minha vida. Eu, realmente, nasci para lutar”, comenta Marcio.

Apesar de lutar entre os leves no Europeu, no Pan e nos recentes opens da IBJJF – Marcio também venceu o NY Open este mês – o pupilo de Fabio Andrade vai disputar o Mundial 2017 na divisão dos pesos-penas, sua categoria de origem desde juvenil e onde acumula títulos mundiais na faixa-azul, roxa e marrom.

“Já estou com minha alimentação balanceada e estou quase no peso ideal para a divisão dos penas. Ano passado, eu cheguei perto do ouro e ele escapou nos minutos finais, por uma vantagem. Aquela derrota na final me deixou mais forte do que imaginava, e agora eu estou mais maduro. Estou feliz por tudo que vem acontecendo na minha vida. O objetivo principal é o Mundial. Quero escrever um novo capítulo na minha carreira com o título mundial na faixa-preta”, encerra Marcio.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com