Home / Colunas / Lutas que devem rolar pós UFC on FOX 20

Lutas que devem rolar pós UFC on FOX 20

image

Amigos e amigas do BJJFórum, passado mais um evento, o devagar quase parando UFC on Fox 20, estamos de volta para confabular sobre qual o futuro dos mitos que se destacaram neste Card. Eu diria que esse evento era um daqueles onde o Card Preliminar não animava os fãs, mas o Principal traria lutas bem interessantes e que fariam valer ao show inteiro. E, colaborando com a previsão, o UFC on FOX 20 realmente foi esquentando conforme as lutas foram passando. Tirando a bela luta Knight x Alers, que foi premiada com o bônus de FOTN, o que de melhor aconteceu realmente ficou entre as estrelas principais. Mas e o futuro dessa galera? Bora aos casamentos que gostaríamos de ver no futuro. As lutas femininas ficaram comigo, André Bicudo, e o restante do Card ficou sob a batuta do meu parceiro Luiz Guilherme Mourão.

 

CHICAGO, IL - JULY 23: Valentina Shevchenko of Kyrgyzstan celebrates after defeating Holly Holm by unanimous decision in their women's bantamweight bout during the UFC Fight Night event at the United Center on July 23, 2016 in Chicago, Illinois. (Photo by Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC/Getty Images

Valentina Shevchenko vs Sara McMann

Por André Bicudo

Trace uma estratégia, confie nela e siga-a até o final que a probabilidade de você ter êxito no seu propósito será muito grande. Essa afirmação define bem a atuação da Valentina frente a ex-campeã. Mãos rápidas somados a contragolpes inusitados e bem aplicados… sim, a Pistoleira é rápida no gatilho e fez Holly Holm pagar pelo seu já conhecido jogo de muita movimentação e pouca agressividade para com suas adversárias. Essa vitória deixa ainda mais embolada a categoria, que está parecendo aquela brincadeira do saudoso Show da Xuxa, a dança das cadeiras. Muitos, inclusive a própria Shevshenko, pedem pra que a peruana seja a próxima da fila pelo cinturão, o que eu discordo, já que ela vem de um recente confronto contra a recém-empossada rainha da categoria. Minha preferida para o TS é a Julianna Peña e para Valentina restaria mais uma luta dura para se colocar definitivamente no topo da divisão. Valentina vs de Randamie seria minha escolha, mas, como a Holandesa tem compromisso marcado, ficarei com Sara McMann. Sara é uma wrestler olímpica e talvez tenha o melhor jogo de quedas da categoria, o que seria um teste de fogo para a Bullet mostrar se realmente merece essa disputa de cinta.

CHICAGO, IL - JULY 23: (L-R) Valentina Shevchenko of Kyrgyzstan punches Holly Holm in their women's bantamweight bout during the UFC Fight Night event at the United Center on July 23, 2016 in Chicago, Illinois. (Photo by Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC/Getty Images

Holly Holm vs Cat Zingano

Por André Bicudo

Muito foi falado sobre a nuvem de dúvidas que torna-se a carreira da Holm após essa derrota de Sábado. Quanto exagero… Tá certo que se passa a esperar muito de uma atleta que tira pra nada uma campeã dominante como a Ronda, ainda mais quando essa atleta tem no currículo diversos títulos mundiais de boxe e ostentava uma carreira invicta no MMA. Porém, temos que levar em conta que a Filha do Pastor hoje compete no mais alto nível e passou a ser estudada por todas as grandes adversárias da categoria desde o momento em que passou a ostentar o cinturão da categoria. Mas daí a dizer que a Holly era uma grande mentira e que não será capaz de encontrar seus melhores momentos é, no mínimo, exagerado. Car Zingano é uma atleta que passa por esse mesmo momento na carreira e anda sendo tratada como uma lutadora em decadência. A verdade é que as duas fazem parte da elite do WMMA mundial e são duas extraordinárias lutadoras, mas atravessam um período ruim, vindo de duas derrotas consecutivas. Pode parecer crueldade um casamento desses agora, mas aqui teremos uma luta de destaque onde a vencedora volta ao pelotão de frente por mais uma corrida pelo título e a perdedora terá que se reinventar, recepcionando novas lutadoras que cheguem ao evento.

 

Photo by ufc.com

Photo by ufc.com

Edson Barboza vs Rafael dos Anjos

Por Luiz Guilherme Mourão

Vindo de duas grandes vitórias, o brasileiro Edson Barboza estaria a uma luta de um merecido title shot se não fosse seu discurso de não enfrentar o campeão Eddie Alvarez, com a justificativa de ser seu amigo e parceiro de treino. Com Eddie Alvarez mantendo o cinturão e Barboza continuando a ter grandes vitórias, penso que esse confronto pode ser inevitável ou causar uma subida de categoria temporária para o brasileiro. Como o histórico da categoria mostra que o cinturão não costuma ficar muito tempo na mão de uma pessoa, minha ideia seria de preparar futuros desafiantes a categoria, que tem Tony Fergunson e Khabib Nurmagomedov encabeçando essa lista. Diante disso, nada mais lógico de colocar um confronto de brasileiros pelo próximo posto de desafiante. Vindo da perda de título, Rafael dos Anjos ainda é um dos grandes da categoria, com excelentes vitórias e tem que ter sua chance de recuperar o cinturão de volta. O vencedor dessa excelente luta estaria apto a disputar a cinta no começo de 2017. E de quebra um excelente confronto para o card que deveremos ter em novembro no Brasil.

Photo by www.mmarecap.com

Photo by www.mmarecap.com

Gilbert Melendez vs perdedor de Ross Pearson e Jorge Masvidal

Por Luiz Guilherme Mourão

Com três derrotas seguidas e um retrospecto de 1-4 no UFC, o UFC tem duas opções para o ex-campeão do strikeforce: enviar para o RH (e possivelmente causar a ida do lutador para Bellator) ou procurar refazer a história do lutador na organização. Como um admirador do estilo explosivo de Melendez, ficaria com a segunda opção. Diante disso, minha proposta aqui seria uma luta de Melendez contra o perdedor do confronto do próximo sábado (30/07) entre Ross Pearson e Jorge Masvidal. Um duelo que teria um bom apelo, que provavelmente seria decidido na trocação e conseguiria reabilitar o vencedor. Se o perdedor for o inglês Person seria uma boa luta para compor o card principal do provável UFC em Manchester.

Photo by www.sherdog.com

Photo by www.sherdog.com

Francis Ngannou vs Derrick Lewis

Por Luiz Guilherme Mourão

Considero o camaronês Francis Ngannou o grande prospect da categoria peso-pesado. Com grande força física, punch demolidor, boa movimentação e uma defesa de queda decente é a hora de Ngannou não só adentrar o TOP 15 da categoria como ter um adversário desse grupo. Com esse intuito, quero ver o gigante camaronês trocar porrada com o também gigante Derrick Lewis. Uma luta que teria um grande apelo pelo tamanho dos dois lutadores e que faria o vencedor poder sonhar com voos mais alto na categoria. E UFC, não esqueça de reforçar a estrutura do octógono para essa luta!

Photo by fightsite.hr

Photo by fightsite.hr

Bojan Mihajlovic vs Cyril Asker

Por Luiz Guilherme Mourão

O sérvio Bojan Mihajlovic entrou no UFC nessa política do evento de sair contratando peso-pesado pelo mundo a fora para ver se encontra algum talento. Tática essa que até agora só encontrou exatamente o último adversário de Bojan, o Francis Ngannou. O Francês Cyril Asker entrou na mesma leva e também teve uma derrota por nocaute no primeiro round, assim como Bojan. Portanto uma luta entre os dois se torna lógica e ainda serve como possível luta de abertura de um card preliminar em um fight night na Europa no segundo semestre do ano.

CHICAGO, IL - JULY 23: (L-R) Felice Herrig celebrates after defeating Kailin Curran by submission in their women's strawweight bout during the UFC Fight Night event at the United Center on July 23, 2016 in Chicago, Illinois. (Photo by Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC/Getty Images

Felice Herrig vs vencedora de Bec Rawlings vs Paige VanZant  

Por André Bicudo

Que show! Felice Herrig entrou como azarona nesta luta contra a jovem e talentosa Kailin Curran e acabou fazendo a sua melhor apresentação no evento, que lhe garantiu 50 mil Obamas de bônus por performance da noite. a Buldoguinha, que apesar de ter apenas 31 naos, pode ser considerada um veterana no MMA, com 17 lutas no cartel e atravessa sua melhor fase física. Após uma bela apresentação dessa, é normal que pegue uma predreira em seu retorno ao octógono. Eu gostaria muito de ver Rawlings x Herrig, mas a australiana porradeira já tem luta marcada contra a musa dançarina Paige VanZant e a minha escolha fica com a vencedora deste confronto para enfrenta essa nova Felice versão On Fire.

Photo by www.ufc.com

Photo by www.ufc.com

Darren Elkins vs Mirsad Bektic

Por Luiz Guilherme Mourão

O americano Darren Elkins vai ser tornando o porteiro oficial dos tops da categoria peso-pena no UFC. Se você consegue passar por ele está pronto para os tubarões da categoria. Por isso pensei no prospect Mirsad Bektic que tem um cartel irretocável de 10-0 no MMA e vem de três boas vitórias no UFC, assim como Elkins. Estando afastado do UFC por lesões a mais de 1 ano, Elkins seria um bom teste para esse retorno de Bektic além de dar uma boa bagagem para o cartel desse excelente prospect que é Mirsad Bektic.

Photo by www.ufc.com.br

Photo by www.ufc.com.br

Godofredo Pepey vs Clay Guida

Por Luiz Guilherme Mourão

Godofredo Pepey vinha de 3 vitórias, mais como disse na coluna “Bola de cristal” (link aqui), foram vitórias rápidas que não me convenceram da sua evolução. Nesta luta contra Elkins, Pepey mostrou acima de tudo que tem dificuldades para seguir um game plan. Seu excelente treinador Andre Dida, perdeu a voz gritando para ele não puxar para guarda e ele continuou puxando. Mas Pepey merece crédito pela boa evolução, sobretudo na trocação. Então coloco para ele mais um bom teste, o experiente Clay “The Carpenter” Guida. Uma luta onde Pepey teria que corrigir seus erros dessa última luta e confirmar que continua evoluindo. Para Guida seria uma boa luta para se recuperar, já que está vindo de duas derrotas.

Photo by www.ufc.com

Photo by www.ufc.com

Alex “Cowboy” Oliveira vs Rashid Magomedov – nos leves ou Alex “Cowboy” Oliveira vs Alan Jouban – nos meio-médios

Por Luiz Guilherme Mourão

O Cowboy brasileiro conseguiu mais uma boa vitória no UFC ainda por cima tendo lutado na categoria de cima pelo qual entendo ser a sua categoria natural. Cowboy tem que focar agora em fazer seu nome nas divisões dos leves, e pelas suas performances merece um top 15 da categoria de baixo. Esse adversário pode ser o russo Rashid Magomedov, que tem 4 vitórias no UFC e é o atual 14º no ranking da categoria. Uma vitória sobre esse duro lutador irá fazer Cowboy entrar de vez no bolo dos tops da categoria.

Agora caso o casca grossa brasileiro queira continuar se testando nas divisões dos meio-médios, vejo um confronto com Alan “Brahma” Jouban como uma excelente oportunidade para vermos uma pancadaria entre dois porradeiros do UFC.  Uma luta que seria forte candidata a luta da noite de qualquer evento do UFC. E ainda por cima iria servir para mostrar se o Cowboy deve mesmo continuar nesta categoria, já que teria uma boa diferença de tamanho entre os lutadores.

Photo by www.ufc.com

Photo by www.ufc.com

Luis Henrique “KLB” vs Shamil Abdurakhimov

Por Luiz Guilherme Mourão

O jovem brasileiro Luis Henrique “KLB” (22 anos), alcançou sua primeira vitória diante do favorito russo Dmitry Smoliakov. Sendo ainda muito jovem e com muito potencial para desenvolver, pensei para o brasileiro um confronto com um lutador que também vem de vitória, mas que não significasse um grande salto em relação ao nível de dificuldade.
Shamil Abdurakhimov seria esse nome, já que encontra-se com o mesmo retrospecto do que o brasileiro no UFC (1-1) e poderia testar até que nível o brasileiro já pode ser alçado dentro da categoria.

Outros casamentos de lutas (Por Luiz Guilherme Mourão):

  • Kailin Curran vs Angela Magana
  • Wineland vs vencedor de Francisco Rivera e Erick Perez (luta vai ser em 30/07)
  • Frankie Saenz vs Rob Font
  • Kamaru Usman vs Sergio Moraes
  • Alexander Yakovlev vs Richard Walsh
  • Michel Prazeres vs Olivier Aubin-Mercier
  • JC Cottrell vs Mitch Clarke
  • James Moontasri vs Brendan O’Reilly
  • Jason Knight vs vencedor de Teruto Ishihara e Horacio Gutierrez (luta vai ser em 06/08)
  • Jim Alers vs “Cassius” Clay Collard
  • Dmitry Smoliakov vs Cody East

Bom galera, por hoje é só. Como sempre, gostaríamos de saber se você: gostou? Não gostou? Tem outra sugestão de luta? Deixa aí nos comentários do site ou em nossas redes sociais que será um prazer interagir com vocês. Um grande abraço à todos, espero que tenham gostado.

Por André “Bicudo” Barbosa e Luiz Guilherme “Logan” Mourão

Instagram @andre_bicudo

Twitter @andre_bicudo

Para ficar por dentro das principais notícias do mundo da luta, siga nossos perfis no Twitter e Instagram, e curta também a nossa página oficial no Facebook.

*O material acima representa a opinião pessoal do autor, não retratando necessariamente a opinião do BJJForum.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com