Home / Top News / Lucas Pinheiro conquista ouro duplo e comemora atuação contra “gigante” no Denver Open de Jiu-Jitsu

Lucas Pinheiro conquista ouro duplo e comemora atuação contra “gigante” no Denver Open de Jiu-Jitsu

Faixa-preta foi campeão na categoria com e sem kimono e ainda faturou o bronze no absoluto
Fotos: IBJJF

Desde o ano passado Lucas Pinheiro vem colecionando grandes resultados no Jiu-Jitsu. E não foi diferente no último final de semana, quando ele disputou o Denver Open de Jiu-Jitsu da IBJJF, realizado na Regis University, em Denver. O faixa-preta, que costuma lutar no peso galo, foi campeão de kimono no peso-pluma ao bater Mayko de Araújo por 7 a 0, e campeão entre os penas nas disputas sem kimono. Não satisfeito, o manauara ainda disputou o absoluto sem kimono, e só foi parado pelo grandalhão Alexander Huddleston, ficando com o bronze na categoria.

“Resolvi me divertir no absoluto, mas ainda sonho em um dia ser campeão. Entre os sete inscritos, eu fiquei em terceiro. Perdi para o super-pesado Alexander Huddleston, que acabou campeão da categoria. Apesar de ter perdido, essa foi a minha luta favorita no evento. Muitas pessoas me aconselham a não lutar o absoluto porque sou muito pequeno, e um adversário muito maior pode me machucar facilmente. Mas, pra mim, Jiu-Jitsu é isso: vencer o seu oponente com muito respeito e técnica. O Alex poderia ter me esmagado por ter mais que o dobro do meu peso, porém ele me respeitou e usou bastante a sua técnica para me vencer. Fico muito feliz em ver um americano seguindo a cultura original do Jiu-Jitsu que eu amo, e acredito que seja exatamente isso que ele ensine aos seus alunos que no futuro estarão lutando com os meus”, declarou Lucas.

Esse final de semana Lucas entrará novamente em ação. Ele vai participar do Dallas Open de Jiu-Jitsu, que acontecerá no Kitty McGee Arena, no Texas, onde irá buscar o tricampeonato da categoria. Em seguida, ele vira a chave para se dedicar exclusivamente para o Mundial da IBJJF, que acontece no início de junho na Califórnia.

“Ainda tenho muito o que aperfeiçoar, mas considero que todos os treinos e eventos que lutei na faixa-preta só me tornam melhor. Independente da minha colocação nos torneios, eu sempre tiro coisas boas de cada treino e competição. Estou ansioso e muito animado para começar o meu camp focado apenas no Mundial”, encerrou.

Sobre Lucas Pinheiro

Lucas dos Santos Pinheiro começou no Jiu-Jitsu aos 9 anos de idade em Manaus, no Amazonas. Na academia do Mestre Pina ele treinou da faixa-branca à faixa-roxa. Aos 17 anos ele se mudou para São Paulo à convite de Cícero Costha, mestre dos irmãos Miyao e de Leandro Lo. Após receber a faixa-marrom de Cícero, ele disputou o Mundial, ficando com o vice-campeonato, foi quando recebeu uma oferta para dar aulas nos Estados Unidos na academia Checkmat. Em 2015 ele recebeu a faixa-preta das mãos de Carlos Holanda, o Esquisito. Em 2016, dois dias antes do Pan-Americano, Lucas sofreu um grave acidente de carro que quase colocou um ponto final em sua carreira profissional. Depois de meses de tratamento, ele voltou a competir. Em 2017, o peso-galo, que está radicado em Dallas, no Texas, foi vice-campeão Pan-Americano e conquistou o bronze no Mundial de Jiu-Jitsu.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com