Home / Destaques / Jaime Canuto vibra com boa atuação no Dallas Open da IBJJF

Jaime Canuto vibra com boa atuação no Dallas Open da IBJJF

Jaime Canuto usou e abusou da guarda no último fim de semana, em Dallas, no Texas. Pelo Dallas Open da IBJJF, o faixa-preta da GFTeam brilhou na competição de kimono e sem kimono, e em algumas ocasiões, pode ousar e aplicar chaves de braço voadoras, o já popular armlock.

Campeão na categoria médio de kimono e sem kimono, Jaime comentou sobre seu desempenho no torneio e falou abertamente sobre seu jogo de guarda.

“Na verdade, o meu foco é com kimono e aonde eu me sinto mais confortável. Eu tirei o kimono poucas vezes para treinar. Na verdade, eu tirei o kimono esse ano só pra ajudar meu amigo de treino Patrick Gaudio a se preparar para o Berkut.  Sobre a minha guarda e meus ataques de armlock, acho que o meu detalhe ou diferencial de ir no braço são as repetições. Eu faço armlock da (guarda) fechada quase todo dia e sempre quando eu vou fazer o treino de posição, que normalmente eu faço de segunda a sexta pela manhã, eu sempre começo com armlock para aquecer. Tornou-se meio que um hábito e vem dando certo”, diz Jaime, antes de destrinchar o armlock que valeu o ouro da categoria de kimono, contra Eric Thomas (Nashville MMA). Confira o vídeo:

“A gente trocou um pouco em pé e ele quase me derrubou. Depois, eu consegui estourar a pegada dele e aplicar um armlock voador para sair com a vitória, que é o mais importante”.

Na final da categoria sem kimono, Jaime voltou a vencer com finalização. Desta vez, com um triângulo da montada. Ele ainda se arriscou no absoluto, onde ficou com a medalha de prata. O aluno de Julio Cesar ainda fez uma análise do peso médio a nível mundial. O que ele pensa? Bom, ele mesmo conta, a seguir.

“Então, eu acredito que hoje eu consegui chegar ao nível dos cabeças de chave. Tem vários caras duros, que se estiver em um bom dia, pode sair com qualquer título. Acredito que eu estou nesse “bolo” aí. Na minha categoria, a diferença do campeão para o terceiro lugar é muito pouca e muita das vezes vantagem ou 2 pontos podem decidir uma luta”, encerra Jaime.

 

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com