Página 1 de 2

Ação trabalhista movida contra o UFC revela porcentagem paga aos atletas; entenda

Enviado: 29 Ago 2019 07:19
por Dillan Grau
Ainda em 2014, alguns ex-atletas do Ultimate, como Cung Le, abriram um processo trabalhista contra a organização. A alegação era de que o UFC atuava como uma promoção de monopólio que usava seu poder e controle de mercado para manter salários baixos aos lutadores. Quase cinco anos depois, em uma audiência realizada em Las Vegas (EUA) nessa segunda-feira (26), foram divulgados números que ajudam a compreender a insatisfação dos competidores com os pagamentos recebidos.

Os lutadores do Ultimate recebiam 26% da receita bruta da companhia em 2007 – número que declinou por quatros anos e se estabeleceu posteriormente em torno de apenas 20% a partir de 2011, de acordo com o site da ‘Forbes’. Desde então, mesmo com o crescimento substancial da empresa, a porcentagem de renda destinada aos atletas não aumentou.

Com essa porcentagem de cerca de 20% de renda destinada para os atletas, o Ultimate gastou, de setembro de 2011 a agosto de 2017, 626 milhões de dólares (cerca de R$ 2,5 bilhões). A fins comparativos, nesta mesma audiência, de acordo com o site ‘Bloody Elbow’, foi divulgado que o StrikeForce pagava 63% de seu rendimento bruto aos lutadores, enquanto o Bellator, maior concorrente do UFC atualmente, paga cerca de 44% – mais que o dobro da principal liga do planeta.

De acordo com Hal Singer, uma das testemunhas do caso, em um ambiente verdadeiramente competitivo, o UFC deveria pagar 47,3% de sua receita para os lutadores. Por esse padrão, o Ultimate deveria ter pago 1,47 bilhões de dólares (cerca de R$ 6,1 bilhões) aos atletas durante esse período de seis anos – de 2011 a 2017.

Sendo a liga que detém o maior potencial financeiro, o UFC domina o mercado das lutas, principalmente com a aquisição recente do ‘WEC’ e do StrikeForce. Sendo assim, as companhias rivais não conseguem competir e se estabelecer com estrelas de alto nível- ao mesmo tempo, os atletas de alto rendimento ficam presos ao Ultimate com salários reduzidos.

Esses números foramdivulgados na audiência do juiz Franklin Boulware a respeito do processo de Cung Le e outros ex-lutadores do UFC contra a empresa. Caso o processo realmente avance, essa pode ser uma semana crucial, já que, após as audiências oficiais, é esperado que a autoridade responsável pela ação tome uma decisão – que pode vir a causar um grande impacto no Ultimate.


https://agfight.com.br/acao-trabalhista ... s-entenda/

Re: Ação trabalhista movida contra o UFC revela porcentagem paga aos atletas; entenda

Enviado: 29 Ago 2019 07:41
por VBB
Achava que era menos que 20 %.

Re: Ação trabalhista movida contra o UFC revela porcentagem paga aos atletas; entenda

Enviado: 29 Ago 2019 08:49
por Ibanez
Porra, bem baixo mesmo pqp

Por ser o UFC, era pra ser no minimo 40% mesmo... celoko

Re: Ação trabalhista movida contra o UFC revela porcentagem paga aos atletas; entenda

Enviado: 29 Ago 2019 09:07
por magrinho
Logo se imagina que para o "não estrela", não é vantajoso.
Um Kron da vida era melhor ficar lutando nos one da vida do que ir ao UFC

Re: Ação trabalhista movida contra o UFC revela porcentagem paga aos atletas; entenda

Enviado: 29 Ago 2019 09:36
por gnomo
20% da receita bruta não é pouca coisa. Pode não ser o ideal, mas não é pouco.
Para ter mais noção, teria que ver com o lucro. E mesmo assim, não são parâmetro.
E provavelmente estes cálculos não levam em conta o valor pago por fora, visto que para termos legais, eles não existem.

Re: Ação trabalhista movida contra o UFC revela porcentagem paga aos atletas; entenda

Enviado: 29 Ago 2019 11:39
por terroso
Sou totalmente contra, o UFC não obrigou a ninguém a lutar em seu evento, fez o convite, mostrou os valores e o contrato foi assinado.
Se outros eventos pagam mais, simples, basta irem para lá.

Re: Ação trabalhista movida contra o UFC revela porcentagem paga aos atletas; entenda

Enviado: 29 Ago 2019 11:49
por Vitorino
Quem trabalha com finanças sabe que salários representam uma boa parte das despesas fixas do negócio. É estranho ser em torno de 20%.

Re: Ação trabalhista movida contra o UFC revela porcentagem paga aos atletas; entenda

Enviado: 29 Ago 2019 13:43
por Jon Jones GOAT
terroso escreveu:
29 Ago 2019 11:39
Sou totalmente contra, o UFC não obrigou a ninguém a lutar em seu evento, fez o convite, mostrou os valores e o contrato foi assinado.
Se outros eventos pagam mais, simples, basta irem para lá.
Tava esperando alguém vir falar essas bobagens. Noção de mundo muito reduzida. Você seria um escravo feliz há 200 anos atrás.

Re: Ação trabalhista movida contra o UFC revela porcentagem paga aos atletas; entenda

Enviado: 29 Ago 2019 13:52
por terroso
Jon Jones GOAT escreveu:
29 Ago 2019 13:43
Tava esperando alguém vir falar essas bobagens. Noção de mundo muito reduzida. Você seria um escravo feliz há 200 anos atrás.
Amiguinho, se eles estão trabalhando num lugar que segundo eles não são valorizados, aí sim eles são escravos, eu prefiro dar a liberdade de escolha para trabalhar aonde quiser.

Mas esperar o que de alguém que diz que o JJ é perseguido...

Re: Ação trabalhista movida contra o UFC revela porcentagem paga aos atletas; entenda

Enviado: 29 Ago 2019 14:21
por Jon Jones GOAT
terroso escreveu:
29 Ago 2019 13:52
Amiguinho, se eles estão trabalhando num lugar que segundo eles não são valorizados, aí sim eles são escravos, eu prefiro dar a liberdade de escolha para trabalhar aonde quiser.

Mas esperar o que de alguém que diz que o JJ é perseguido...
Acontece que eles não tem essa opção, pois o UFC domina o mercado. As outras empresas, embora menos piores, também praticam vários abusos. Para isso existem leis que definem um mínimo que deve ser pago aos funcionários. No boxe existe o Ali Act que tira o controle dos rankings das mãos dos promotores, dentre outros. Essa ação aí que os lutadores promoveram é uma "class action", envolve toda a classe de trabalhadores desse ramo e o que for decidido deverá ser obedecido por todas as promotoras de evento. Pelo que eu vi até agora, o UFC vai se ferrar nessa daí.

Quanto a você, é uma pena que tenha nascido na época errada. Usufrui dos benefícios que diversos trabalhadores deram a vida para conseguir. Devia ter nascido no auge da revolução industrial em um subúrbio de Londres. Daí poderia exercer bem sua liberdade de escolha, sem ninguém interferindo.

Re: Ação trabalhista movida contra o UFC revela porcentagem paga aos atletas; entenda

Enviado: 29 Ago 2019 16:43
por terroso
Jon Jones GOAT escreveu:
29 Ago 2019 14:21
Acontece que eles não tem essa opção, pois o UFC domina o mercado. As outras empresas, embora menos piores, também praticam vários abusos. Para isso existem leis que definem um mínimo que deve ser pago aos funcionários. No boxe existe o Ali Act que tira o controle dos rankings das mãos dos promotores, dentre outros. Essa ação aí que os lutadores promoveram é uma "class action", envolve toda a classe de trabalhadores desse ramo e o que for decidido deverá ser obedecido por todas as promotoras de evento. Pelo que eu vi até agora, o UFC vai se ferrar nessa daí.

Quanto a você, é uma pena que tenha nascido na época errada. Usufrui dos benefícios que diversos trabalhadores deram a vida para conseguir. Devia ter nascido no auge da revolução industrial em um subúrbio de Londres. Daí poderia exercer bem sua liberdade de escolha, sem ninguém interferindo.
Tu é apenas mais um que só sabe demonizar o empresário e vem com argumentos ridículos de crianças de primeira série, nem preciso perder meu tempo...

Abraço filho.

Re: Ação trabalhista movida contra o UFC revela porcentagem paga aos atletas; entenda

Enviado: 29 Ago 2019 17:46
por café c/ leite
"StrikeForce pagava 63%"

E Faliu.

Re: Ação trabalhista movida contra o UFC revela porcentagem paga aos atletas; entenda

Enviado: 29 Ago 2019 20:26
por Tubarao Floripa
café c/ leite escreveu:
29 Ago 2019 17:46
"StrikeForce pagava 63%"

E Faliu.
Verdade. :ymapplause:

E capaz de 20% do UFC ser maior que os 63% do StrikeForce :))

Re: Ação trabalhista movida contra o UFC revela porcentagem paga aos atletas; entenda

Enviado: 30 Ago 2019 01:53
por tjeua
Lucro de um negócio tem q existir, se o ufc faz 20% de lucro no final do ano, não eh nem um absurdo.

Re: Ação trabalhista movida contra o UFC revela porcentagem paga aos atletas; entenda

Enviado: 30 Ago 2019 08:12
por Aldebarã
Liberdade sempre! Para isso existe empresário e sua equipe contábil e jurídica. Massssssssss, em negociatas contratuais, principalmente no esporte, onde tem uma estrela no bolo, rola SIM indução ao engano. Eu apoio a medida porque odeio o Dana e estou achando o UFC super chato. Por mim entra e crise e abre o mercado para outros eventos com os nomes que perder.

Obs.: Certo é o Bibiano the flash. Que se foda UFC! Negocio é money in the pocket