Home / Colunas / Análise e palpites / Desamarrando os amarrões

Desamarrando os amarrões

Quem nunca viu em campeonatos de Jiu-Jitsu aquele atleta com um tipo de jogo chato, limitado e travado? Pois bem, hoje acharemos o antídoto para esse tipo de lutador.

O amarrão, como é “carinhosamente” conhecido no meio do Jiu-Jitsu, é uma figura nefasta que atormenta os competidores nos campeonatos, mas que também existe no ambiente diário da academia.

Geralmente, o amarrão é um atleta com força e condicionamento acima da média, uma vez que sua maneira de lutar é grandemente baseado nessas valências. Garante-se na pujança física e numa gama limitadíssima de técnicas, embora não sejam necessariamente limitados tecnicamente.

Começam a luta a todo gás, a fim de alcançarem sua posição preferida de domínio, e então seguram o oponente até o cronômetro zerar.

Antigamente, os amarrões eram estritamente passadores, com uma boa base de quedas para jogarem por cima sempre, mas com o surgimento de novos tipos de guarda, em especial a 50/50, surgiram também os guardeiros amarrões.

Vale salientar que os amarrões lutam com a regra debaixo do braço, normalmente entendem bem dos detalhes da regra e traçam suas estratégias a partir daí.

Mas, a questão é: como neutralizá-los? Como destravar a luta contra eles?

A primeira providência é ter um jogo eclético, completo. Desta forma, você terá recursos para incomodar o amarrão.

Tomar a iniciativa na luta também é uma medida muito importante, pois é o que o amarrão geralmente faz. Mantê-lo um passo atrás é uma boa estratégia e o obriga a buscar a luta. Abuse da movimentação, deixando sempre seu adversário amarrador desconfortável e em desvantagem, tirando dele, assim, a possibilidade de travar o combate.

Meu amigo, para que isso tudo funcione, você vai ter que ter um ótimo preparo físico, seu gás e força deverão estar em dia!

Por fim, dê atenção aos seus quadris. Seja por baixo ou por cima, quadris bem treinados diminuirão consideravelmente as chances de ser surpreendido por uma posição de amarração. Trabalhe à exaustão variações de seus golpes fortes, aqueles que você tem como posições de segurança e também desenvolva técnicas de improviso, tendo assim sempre um trunfo na manga.

Junte todas essas dicas e treine forte! Somente assim os amarrões serão desatados!

Concordam? Discordam? Algo a acrescentar? Vamos conversar então aqui no BJJForum!

Bons treinos e até a próxima! OSS!

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com