Home / Competições / Copa Pódio – Análise do GP dos leves

Copa Pódio – Análise do GP dos leves

A Copa Pódio chega a sua quinta temporada trazendo o tradicional GP dos Pesos Leves. O sorteio das chaves foi realizado na última segunda-feira no Rio de Janeiro. O sistema de disputa continua o mesmo: Dois grupos com cinco lutadores de cada lado, onde todos se enfrentam e os dois melhores ranqueados passam para a semi-final. O evento acontecerá no dia 18 de fevereiro, no Ginásio do Clube Sírio, em São Paulo.

O BJJForum traz uma análise sobre os grupos, detalhando cada integrante e suas chances dentro da competição

Grupo Amarelo:

 

Diego Borges – Zenith JJ

 

Figura carimbada no evento, o manauara Diego Borges vem para o GP com a bagagem de já ter medalhado duas vezes no GP dos Leves (Prata em 2013 e Bronze em 2016), e já ter se testado em outras categorias, inclusive nos pesos pesados. Dono de um jogo justo, com um bom arsenal de quedas, Diego vem para ser o substituto de Leandro Lo nessa categoria.

 

Hugo Marques – Soul Fighters

 

Selecionado após uma enquete promovida pela organização, o faixa-marrom Hugo Marques vem para o GP com o intuito de surpreender o público, repetindo o feito do seu colega de equipe João Gabriel Rocha, que em 2013 (ainda faixa marrom), teve uma ótima performance no evento.  Com resultados expressivos nas faixas de base e bons resultados na marrom (Campeão Brasileiro Nogi e SP Open), Hugo vem para embolar ainda mais o grupo verde.

 

Espen Mathiesen – Kimura Nova União

 

Diretamente da Noruega, Espen Mathiesen chega ao GP dos Pesos Leves vindo de medalha de ouro no último Campeonato Europeu de Jiu-Jitsu. Faixa marrom de José Carlos Ko (faixa-preta de Jair Lourenço e representante da Kimura Nova União na Noruega), Espen quer repetir nesse GP as atuações que teve nos desafios anteriores da Copa Pódio, onde representou o time dos Vikings por duas oportunidades.

 

Renato Canuto – Zenith JJ

 

Recém-promovido à faixa-preta, Renato Canuto chega ao GP dos Pesos Leves com ótimos resultados na faixa marrom (campeão mundial peso leve com e sem kimono).  Filho de Valdir “Tio Chico” (Primeiro professor de Jiu-jitsu  de Marcus Buchecha) e radicado em Las Vegas, onde treina com Robert Drysdale, Canuto vem para a disputa com um jogo bastante versátil e instinto finalizador.

Pedro “Paquito” Ramalho – Focus BJJ

 

Indicado à organização por Leandro Lo, o português Pedro Ramalho (mais conhecido como Paquito), vem para o GP dos Leves com a incumbência de tentar repetir o feito de seu compatriota Nelton Pontes (Medalha de Bronze no último GP dos pesos pesados). Com bons resultados em 2015 e 2016, Paquito é dono de um jogo bastante moderno, que reune uma guarda flexivel e um ótimo arsenal de passagens toreadas.

 

Grupo Verde:

 

Delson “Pé de Chumbo” – Clube Pitbull Teresópolis

 

Com 39 anos de idade e uma longa história no Jiu-jitsu e no MMA, Delson “Pé de Chumbo” retorna ao GP da Copa Pódio para ser o representante do estilo “Old School”, cujo ponto forte são as passagens de guarda. Campeão Mundial e Panamericano em 2002, Pé de Chumbo quer provar que ainda possui lenha para queimar, podendo dificultar bastante a vida dos seus oponentes no GP. Em sua última aparição na Copa Pódio (No GP dos Pesados da terceira temporada), o atleta protagonizou ótimas liutas contra Felipe Preguiça e Victor Honório.

 

Celsinho Vinicius – Ryan Gracie Jiu-Jitsu

 

Um dos pesos leves mais brilhantes do Jiu-Jitsu, assim podemos descrever Celsinho Vinicius. Tricampeão mundial de Jiu-jitsu, o faixa-preta de Roberto Gordo é um dos fortes candidatos ao título do GP dos leves. Dono de uma meia-guarda poderosa, Celsinho tem conciliado a carreira no Jiu-jitsu com a carreira no MMA. Apesar de 2016 não ter sido um ano muito bom, Celsinho protagonizou uma das melhores lutas do Mundial, contra Gabriel Arges. Seu estilo empolgante é a garantia de bons combates no evento.

 

Isaque Bahiense – Alliance

 

Recém promovido à faixa-preta por Fábio Gurgel,  Isaque Bahiense tem um currículo invejavel nas faixas de base. Após a medalha de bronze no último Europeu de Jiu-Jitsu(onde derrotou nomes como Davi Ramos e Nathan Mendelsohn), Isaque volta ao evento como um dos favoritos a herdar o trono de Leandro Lo. Dono de um jogo de passagens, Bahiense aprimorou o seu jogo de guarda com as dicas de Michael Langhi. Ano passado, o atleta da Alliance protagonizou uma das cinco melhores lutas do Mundial da IBJJF, quando disputou a final do absoluto faixa-marron contra seu companheiro de equipe Nicholas Meregali.

 

Michael Liera Jr – Atos

 

Michael Liera é um dos mais talentosos alunos de André Galvão. Faixa-preta desde 2014, Liera obteve ótimos resultados nas faixas coloridas, sendo inclusive campeão mundial em todas elas. Dono de uma guarda bem efetiva e com um bom repertório de ataques. Apesar do revés na fase inicial do GP Five Superleague, realizado em San Diego no final do ano passado, Michael Liera quer dar a volta por cima e bagunçar ainda mais o disputado grupo amarelo.

 

Wellington Alemão – NS Brotherhood

 

Wellington “Alemão” é a grande aposta de Leandro Lo para que o título do GP dos Leves da Copa Pódio continue com a Brotherhood.  Com dois títulos do World Pro (2013 na faixa roxa e 2015 na faixa marrom), Alemão chega a competição com o intuito de surpreender seus adversários com seus ataques partindo da guarda-aranha. Apesar de ser desconhecido no cenário internacional do Jiu-Jitsu, a Copa Pódio poderá servir como janela para que todos conheçam o Jiu-Jitsu de Wellington Alemão, assim como aconteceu com Fellipe Trovo no último GP.

 

Além do GP dos Leves, o evento contará com as seguintes lutas casadas:

Fellipe Trovo x Phillipe Pomaski (Faixa Marrom)

Dany Gerard (TAH) X Joaquim Mamute (NOGI)

VIKINGS VS KANGAROOS (FINAL ROUND)
Eirin Cathrine (NOR) x Hope Douglas (AUS)
Nic Ruiben (NOR) x Willliam Dias (AUS)
Eirik Gulbrandsen (NOR) x Max de Been (AUS)

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com