Home / Competições / Conheça Ronaldo Chaves, o atleta que superou nove hérnias de disco para conquistar o Mundial de Masters

Conheça Ronaldo Chaves, o atleta que superou nove hérnias de disco para conquistar o Mundial de Masters

O Mundial de Masters tem se destacado como um dos melhores eventos do calendário do Jiu-Jitsu competitivo. Além de contar com ótimas lutas e com atletas bem preparados, o Mundial de Masters presenteia o público com ótimas histórias de superação e glória. Uma dessas histórias foi escrita pelas mãos e pelo suor de Ronaldo Chaves, faixa preta da Checkmat Jaú-SP.

Ronaldo superou nove hérnias de disco na coluna e conquistou o ouro no absoluto da categoria Master III do Mundial de Masters. Mas a caminhada até o ouro não foi nada fácil, muitos médicos cravaram que Ronaldo estava aposentado para o esporte, mas o líder da Checkmat Jaú contrariou os diagnósticos e com a ajuda da Terapia de Ozônio e um treinamento preventivo de lesões, fizeram com que Ronaldo mantivesse a rotina de competições. O BJJForum fez uma entrevista exclusiva com Ronaldo, confira:

BJJForum: Ronaldo, como você começou no Jiu-Jitsu?

Ronaldo Chaves: Eu comecei no Jiu-Jitsu após assistir as primeiras lutas do Royce Gracie no UFC, em 1993. Um amigo meu chamado Roberto Simão me apresentou uma fita de vídeo com o primeiro evento do UFC, desde então eu comecei a praticar Jiu-Jitsu e continuamos alugando as fitas dos eventos subsequentes que o Royce participou.

BJJForum: Fala um pouco sobre a sua trajetória no Mundial de Masters. Você chegou na final do peso e perdeu, voltou e foi campeão absoluto. Como foi a preparação para o evento e qual foi a sua luta mais difícil?

Ronaldo Chaves: Eu faço preparação física na Academia Red Line, em Botucatu, sob a supervisão do Italo Villardo, que monta meus treinos. No Mundial de Masters, eu fiz cinco lutas no peso, na final eu enfrentei o Sérgio “Canudo” Zimmemann (Carlson Gracie), que é um ícone da categoria. Até o quarto minuto de luta eu estava lutando bem, porém no final, ele me finalizou. Após o revés, eu me mantive tranquilo e com a ajuda da minha esposa, que sempre me acompanha nos campeonatos, eu voltei para o absoluto e cheguei na final contra o Luke Harris (Zenith), que havia sido campeão mundial ano passado, e finalizei a luta com um leglock, após ter aberto 6×2 no placar. De todas as lutas que eu fiz no Mundial, a mais difícil foi contra o Eduardo Telles (Nine Nine) pela semifinal da categoria meio-pesado.

Ronaldo Chaves após a luta contra Eduardo Telles na semifinal da categoria meio-pesado do Mundial de Masters

BJJForum: Fala um pouco sobre a sua academia e como os seus alunos te ajudam a performar bem nas competições?

Ronaldo Chaves: Eu sou proprietário da Checkmat Jaú – RCBJJ, e o material humano que compõe a academia é de altíssimo nível. Além de treinar em Jaú, eu também treino na Checkmat – Botucatu, com meu professor, Maurício Maletta. Nas duas academias, o pessoal me ajuda bastante, e existe um ambiente bacana, onde nós podemos trocar ideias e fazer ajustes no jogo. Em Jaú, alguns alunos meus já conquistaram títulos brasileiros, paulistas, regionais, europeus e até pan-americanos. Da faixa branca até a faixa preta, todo mundo se ajuda e as minhas conquistas no Mundial se devem a esse trabalho em equipe.

BJJForum: Você possui nove hérnias de disco e faz um grande esforço para estar nas competições. Conta como é lidar com esses problemas físicos e conseguir competir bem?

Ronaldo Chaves: Eu estava praticamente aposentado, quando eu conheci duas pessoas que me ajudaram e me ajudam até hoje a praticar Jiu-Jitsu. Essas duas pessoas são: Doutor Bruno Barizza, proprietário do Instituto Barizza, em São Carlos – SP , e o Alexandre Rossi, proprietário da COZ Ozonioterapia. Eu faço tratamento a base de Ozônio, e isso tem me ajudado bastante no tratamento das minhas lesões. Eu tive que adaptar meu treinamento e meu jogo por conta dessas lesões. Hoje em dia eu não sinto dor e nem limitação por conta das hérnias, mas só consegui chegar nesse estágio graças ao tratamento à base de Ozônio.

Ronaldo Chaves sendo homenageado na Cãmara Municipal de Botucatu

BJJForum: Ronaldo, foi um prazer falar com você. Parabéns pelo título mundial! Deixe um recado para os leitores do BJJForum e fale um pouco sobre os seus patrocinadores e apoiadores, que te ajudam no dia a dia?

Ronaldo Chaves: Eu queria agradecer ao BJJForum por todo apoio e dvulgação do nosso “Jiu-Jitsu Caipira” aqui da Região Centro-Oeste Paulista. Eu queria agradecer a Koral Fight, que me fornece os materiais de treino e kimonos. A Bio Shape, que me patrocina com suplementos nutricionais, a minha nutricionista Carol Bernardino, que mudou toda a minha concepção sobre aimentação. Também gostaria de agradecer a COZ Ozonioterapia, da cidade de Bocaina, através da figura do Alexandre Rossi, que se tornou um anjo na minha vida. Ao Mundo Verde Botucatu, que me apoia na parte de alimentação natural., a academia Redline Personal, onde eu faço meu treinamento físico, ao Edir, que é meu quiroprata,e que faz ajustes no meu corpo para colocar a máquina em ordem. Além dos patrocinadores e parceiros, eu gostaria de agradecer a todos os meus alunos e a minha esposa, que sempre me acompanha nos campeonatos, ficando de seis a sete horas em uma arquibancada de ginásio. Gostaria de convidar todos os leitores do BJJForum que estiverem na região de Botucatu, a fazer uma visita a minha academia, a RCBJJ, em Jaú. Me sigam no instagram, meu perfil é @ronaldochavesbjj.

 

 

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com