Home / Colunas / Arquivos Históricos / Competidores Lendários Parte 7 – Bitetti e Shaolin

Competidores Lendários Parte 7 – Bitetti e Shaolin

Uma pessoa que não pode passar despercebida é o primeiro campeão absoluto. Amaury Bitetti, foi não só o primeiro campeão da categoria sem limite de peso como foi bi, recorde que somente foi superado muitos anos depois por Roger Gracie e Buchecha(porém igualado com Pé de Pano, Comprido e Xande Ribeiro).

Quando Bitetti tinha 17 anos, Mestre Carlson Gracie resolveu o inscrever em um campeonato, tanto na Juvenil como na Adulto. Na época o pai de Bitetti ficou um pouco assustado com a idéia do lendário formador de campeões. Para seu espanto, Bitetti venceu peso e absoluto tanto na juvenil como na adulto. Detalhe, na adulto lutou com os Faixas Pretas.

Sua caminhada de glória começou no primeiro Mundial em 1996, onde o faixa preta de Carlson Gracie venceu Gurgel na semi e fechou a final com seu companheiro de equipe Libório. O bi veio em 1997, onde Bitetti superou Gigi Paiva, Royler Gracie e novamente o lendário Fábio Gurgel, dessa vez na final.

Bitetti se jogou no Mundial 1998 em busca do Tri, mas foi parado na primeira luta por Roleta.

Venceu também campeonatos brasileiros(98 e 2000), no MMA conseguiu um card de 5 vitórias e 2 derrotas.

btetti

Considerado um dos maiores fenômenos que o Jiu-Jitsu já teve, Vitor  “Shaolin” Ribeiro faz parte desse Hall de Lutadores.

Com uma ascensão impressionante, Shaolin demorou aproximadamente 4 anos para atingir a faixa preta na arte suave, e quem acha que foi cedo?

Shaolin foi campeão Mundial na faixa Roxa em 1996 e no ano seguinte, com apenas 18 anos, já estava de faixa preta, onde foi vice-campeão perdendo para Royler Gracie.

Seu sucesso não parou por aí, Shaolin foi campeão Mundial na faixa preta 3 vezes(1999,2000 e 2001), vencendo tanto na categoria Leve como médio, parando inclusive a lenda Fernando “Tererê”.

Uma grande “perda” para o Jiu-Jitsu, foi a migração de Shaolin para o MMA, mais um grande talento que teve que abandonar o Jiu-Jitsu em uma época em que lutadores profissionais não ganhavam dinheiro com a arte suave. Em sua carreira no MMA teve 20 vitórias e 5 derrotas.

Naquela que é considerada uma das melhores safras do peso Leve, venceu atletas como Leo Vieira, Alexandre Soca, Marcio Feitosa,  Marco Aurélio, Daniel Moraes, Fernando Tererê, Pablo Popovitch e Nino Schembri.

Para felicidade dos fãs da arte suave, Shaolin voltou aos tatames, vencendo este ano o Mundial de Master, fez uma luta casada com Terere semana passada onde perdeu por pontos, hoje tem 37 anos e mostra ainda ter lenha para queimar.

vitorshaolin

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com