Home / Colunas / COMO TER UM JOGO COMPLETO?

COMO TER UM JOGO COMPLETO?

 

Todos nós observamos, nos campeonatos e nos treinos diários, diversos tipos de lutadores, cada qual com sua especialidade. Amaury Bitteti e suas quedas e passagens, Ricardo De La Riva e a guarda batizada com seu nome, Roberto Gordo e sua famigerada meia guarda. Mas existem lutadores com mais de uma especialidade, como Roger Gracie, Xande Ribeiro, Marcus Buchecha e Rafael Mendes, que são capazes de lutar e dar espetáculo em qualquer situação de combate. São lutadores completos. É possível que você também tenha um jogo completo assim, desde que alguns aspectos no seu treino sejam ponderados.

Primeiramente, devemos identificar nossos pontos fortes e os fracos, para que os fortes sejam lapidados e os fracos sejam desenvolvidos. A atenção aos pontos fracos fará com que o atleta tenha mais segurança em um número maior de situações de luta, especialmente as adversas.

Integrar os diversos tipos de jogo ao seu próprio também é essencial. Quedas, passagens, domínios, raspagens, pegadas e finalizações devem coexistir como os instrumentos de uma orquestra, integrados e alinhados para funcionarem em conjunto nos momentos oportunos. Não se faz uma sinfonia apenas com violinos, assim como também não se faz um lutador completo apenas com raspagens.

Outro fator importante é o jogo estratégico, a parte tática. Estudar os adversários e conhecer suas virtudes e fraquezas facilita na condução da luta e na antecipação de situações de sufoco, diminuindo as chances de ser surpreendido. Nem sempre a busca incessante pela finalização é o melhor caminho a seguir.

Treine suas defesas. A defesa em dia, além de salvar você da derrota, garante uma boa dose de desgaste para o seu adversário, que vai gastar bastante energia tentando posições vantajosas e, assim, vai se expor e abrir cada vez mais espaço. Um excelente exemplo de defesa eficiente é Roger Gracie, que se valeu delas algumas vezes para virar lutas com maestria e alcançar a vitória.

Preparo físico e alimentação também são fatores importantes para o lutador completo, uma vez que seu corpo estará sempre preparado para qualquer adversidade física na luta, proporcionando condições para buscar uma situação mais confortável. Caso contrário, no primeiro sufoco o gás vai embora e a derrota estará mais perto.

Evite excessos. Até mesmo o excesso de treinos. O treino deve ser direcionado, metódico e inteligente, para que todas as valências sejam trabalhadas de modo a encontrar o equilíbrio entre si.

Repetição também é fundamental. Ela nos condiciona a executarmos os movimentos automaticamente, sem que seja necessário pensar na próxima jogada, o que nos dará sempre a vantagem sobre o oponente e maior segurança, seja qual for a situação.

Por fim, o descanso é tão importante quanto os demais fatores já citados. Seu corpo precisa de recuperação para que não haja desgaste excessivo, que ocasiona lesões que prejudicam o cronograma de treinos.

Hora de treinar! Até a próxima!

Oss

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com