Home / Colunas / Coluna do Ítallo Vilardo: Não erre tentando acertar

Coluna do Ítallo Vilardo: Não erre tentando acertar

Trabalho com preparação física de esportes de combate a alguns anos. Hoje em dia trabalho desde atletas de ponta de MMA e Jiu Jitsu a pessoas que só querem um bom condicionamento físico para dar aquele “rolinha” na academia.

Independentemente do nível do atleta que trabalho, sempre me mantive fiel as regras do treinamento desportivo, periodização, individualidade, e principalmente a especificidade. Esse último no caso tem uma importância muito grande no meu método de trabalho. Hoje em dia além de todo o embasamento cientifico e anos de pratica nos esportes de combate (costumo dizer que essa pratica é minha maior faculdade) o que conta muito é a experiência adquirida. Estar diariamente ministrando treinos para atletas de todos os níveis e características diferentes nos dá um bom aprendizado, mas temos que saber enxergar e ter cuidados para não errar.

Um erro que cometi (e isso serve como um grande conselho para vocês), é ter cuidado com as diretrizes do treinamento desportivo! Ao montar um planejamento para o atleta/aluno, pensamos na individualidade biológica, na especificidade, no tempo que temos até o objetivo e algumas outras coisas. Daí começamos a executar o planejamento e passamos por diversas fases, treinamento de base, treinamento de força, velocidade, potencia, pré competitivo… e por ai vai! E é justamente ai que podemos errar! Se seguirmos as “leis e normas” do treinamento temos que seguir esses processos de treino. Só que para alguns esportes (e mais especificamente para alguns atletas) não podemos seguir esse planejamento, temos que prestar muita atenção quanto a individualidade biológica aliada a especificidade, mas não somente a especificidade do esporte, mas sim a especificidade do atleta! Se você trabalhar com um atleta iniciante, jovem ele vai absorver muitas coisas, vamos conseguir lapidar totalmente o corpo dele, criando lastros que serão levados para o resto da vida competitiva. Mas um atleta formado, com idade elevada (em muitos casos temos atletas de 20/21 anos totalmente formados) e um processo competitivo já criado, será muito difícil mudar suas características, e é ai que erramos tentando acertar.

A alguns anos, tive um atleta já formado, com uma idade elevada onde nunca teve a característica de ser explosivo ou forte, sua forma de lutar estava já fixada nas características físicas dele, era um jogo cadenciado, justo, bem estudado. Eu quis incluir essas capacidades físicas nele, montem o treino todo para isso querendo aproveitar tudo que o treinamento desportivo tem a oferecer. E sabe qual foi o resultado? Nenhum! O treinamento era antagônico com a forma desse atleta lutar, ele já era formado, tinha sua forma de lutar, ele nunca explodiu durante as lutas e não ia explodir somente porque ganhou essa capacidade. Percebi o erro e resolvi mudar totalmente o treinamento, indo contra algumas “normas do treinamento” mais indo a favor de outras (por isso que eu sempre digo, “pensem fora da caixinha”). Melhorando as características que o atleta já tinha, ele tinha um padrão de luta mais cadenciado e justo, vamos deixar ele cadenciado e justo com força para isso, e com a capacidade aeróbica (“gás”) para isso, gerando maior confiança no atleta e melhorando o que já dava certo para ele. Isso é aliar a especificidade do esporte a especificidade biológica. Para um exemplo mais prático vou usar dois atletas meus, que são os pesos galos Felipe Costa e Caio Terra, ambos campeões mundiais, mesmo peso, mesma altura, tiveram o mesmo professor, posições e “jogo” parecidos, sempre que podem treinam juntos, e o treino físico é totalmente diferente!

Pensem como um todo, as normas e regras do treinamento existem para serem seguidas, mas pensem mais a frente, pensem “fora da caixinha” enxerguem o além e os resultados virão.

Itallo Vilardo – Preparador físico especializado em esportes de combate.

www.itallovilardo.com | itallovilardo@yahoo.com.br

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com