Home / Competições / Brasileiro Nogi: Confira a análise das categorias na faixa preta

Brasileiro Nogi: Confira a análise das categorias na faixa preta

No próximo final de semana, o Tijuca Tênis Clube receberá mais uma edição do Brasileiro Sem Kimono (Brasileiro Nogi). Apesar da concorrência com o GraciePro, o evento tem bons nomes inscritos no masculino, já no feminino, o quórum é baixo, com apenas três atletas inscritas. O campeonato tem peso três no ranking Nogi da CBJJ / IBJJF, sendo como uma espécie de aperitivo para o Mundial Nogi, que acontecerá em dezembro em Anaheim, na Califórnia.

As lutas do adulto faixa preta acontecerão no domingo, a partir das nove horas da manhã, e a entrada no ginásio é franca. O BJJForum traz uma análise das categorias na faixa preta, apontando os destaques e os nomes que correm por fora na disputa pelo ouro, confira!

Categoria Pluma

Entre os plumas, Cleber Clandestino (Almeida Jiu-Jitsu) surge como o principal nome da categoria. Jorge Nakamura (GFTeam) e Aniel Bonifácio (Qatar BJJ) serão os principais adversários de Cleber na disputa pelo ouro.

Categoria Pena

Tiago Barros (Cícero Costha) e Alexandre Vieira (Brazilian Top Team) possuem pequena vantagem em relação aos demais nomes da categoria. Lenilson Braga (Nova União) e Mackson Câmara (Gracie Barra) correm por fora na disputa pelo título brasileiro.

Categoria Leve

Mantendo a tradição como a categoria mais cheia em todas as faixas, o peso leve traz como favorito, o atual campeão brasileiro sem kimono, Thiago “Baiano” Abreu (Checkmat), que ano passado finalizou nada mais, nada menos que Rani Yahya na final da categoria. Para evitar o bicampeonato de Thiago Abreu, Ary Farias (Atos) surge como principal nome na divisão. Lucas Barros (Demian Maia), Caio Rigante (Alliance) e Yago Rodrigues (Soul Fighters / Márcio Rodrigues) correm por fora.

Categoria Médio

No peso médio, Hugo Marques (Soul Fighters) e Felipe Silva (Unity) integram o primeiro pelotão da categoria e são fortes candidatos ao ouro do campeonato. Fábio Caloi (Alliance), Ygor Rodrigues (Equipe Márcio Rodrigues) e Caio Cipriano (Gracie Barra), possuem chances de pódio.

Categoria Meio-Pesado

A categoria meio-pesado é uma das mais imprevisíveis entre todas que compõem o campeonato. Sérvio Túlio (Gracie Barra) e Esdras Mendes (Checkmat) aparecem com um leve favoritismo em relação aos demais, porém esse favoritismo não garante um bom resultado, pois os combates prometem ser bem nivelados.

Categoria Pesado

No peso pesado, Rômulo Azevedo (Nova União) aparece como favorito após conquistar o Pan NOGI no início do mês, em Nova Iorque. Thiago Sá (Checkmat), Ricardo Mesquita (Alliance) e Victor Bomfim (GFTeam) são outros fortes candidatos ao título da divisão.

Categoria Super – Pesado

Erberth Santos (Esquadrão de Jiu-Jitsu Brasileiro) é o principal nome dentre os sete competidores que compõem a categoria. Embalado após reinar no UAEJJF King of Mats, Erberth quer continuar a sequência de vitórias. Para deter o líder do Esquadrão de Jiu-Jitsu Brasileiro, aparecem nomes como: Vinícius Trator (Alliance) e Marcos Júnior (GFTeam).

Categoria Pesadíssimo

No pesadíssimo, o campeão absoluto de 2017, Kitner Moura (IFC Life Brothers) aparece como o homem a ser batido na categoria. Entretanto, o tricampeão mundial NOGI e ex-atleta do UFC, Antônio Braga Neto (Babalu Iron’s Gym), Antônio Assef (GFTeam) e Hérico Hesley (Kimura) também estão no páreo rumo ao ouro da competição.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com