Home / Colunas / Bola de Cristal / Bola de Cristal #7 – UFC 199

Bola de Cristal #7 – UFC 199

Créditos: http://media.ufc.tv/

Créditos: http://media.ufc.tv/

Dois cinturões em jogo, com uma revanche, um fechamento uma trilogia e muita ação à vista no UFC 199 que acontece nesse sábado em Los Angeles, Califórnia. E os colunistas do BjjForum vão tentar dar uma de Mãe Dinah e dizer para vocês o que vai acontecer. Sem mais delongas, vamos aos palpites.

Luke Rockhold x Michael Bisping

André “Bicudo” Barbosa –  Apesar do favoritismo para o campeão, não acho que este combate seja tão previsível como alguns vem pintando. A primeira luta entre os dois mostrou que Bisping pode complicar pra Rockhold, sem contar a evolução que o inglês vem mostrando atualmente. Porém, Bisping não teve tempo para fazer um camp completo e esse detalhe deve pesar. Prevejo um combate parelho no início com o campeão crescendo no decorrer dos rounds, passando a dominar a luta. Fico com Rockhold por decisão

Fernando Justino – Finalmente o inglês terá a chance de disputar um cinturão no UFC. Vindo da maior vitória de sua carreira, Bisping aceitou substituir o lesionado Chris Weidman, e fará a revanche contra Luke Rockhold. Apesar de não simpatizar com o britânico, eu espero de verdade que ele faça uma boa luta. E ele pode até fazer, mas não creio que consiga derrotar Rockhold. O atleta da AKA tá voando, e mesmo com essa noticia que ele lutará lesionado, eu acredito numa segunda vitória do campeão. Desta vez, Luke Rockhold vence por TKO no 3R

Luiz Guilherme Mourão – Pelo pouco tempo que o Bisping pegou essa luta, e pelo que vimos na ultima luta entre os dois, não tem como imaginar uma vitória convincente do campeão. Luke deve ter vantagem em pé, e se for chão pode utilizar seu eficiente bjj.Luke Rockhold vence por TKO no 3R

Dominick Cruz x Urijah Faber

André “Bicudo” Barbosa – Luta que marca a trilogia de uma das maiores rivalidades dos últimos tempos no MMA. De um lado um Faber que já não atravessa um dos melhores momentos de sua carreira, só que lutando até 61Kg ele nunca pode subestimado. Do outro lado um dos maiores lutadores de todos os tempos, cujo as lesões nos podaram de apreciar seu jogo extraordinário por mais vezes. Eu sou suspeito pra falar do Cruz, dificilmente apostaria contra ele seja qual fosse o adversário desta categoria. Prevejo uma aula de MMA e nós fãs terminando o combate boquiabertos mais uma vez, com mais uma atuação do Dominator que deve ficar pra história. Cruz vence por decisão unânime.

Fernando Justino – Pra mim a luta mais previsivel desse card principal. Eu gostei da última luta entre os dois. Faber até conseguiu fazer uma luta disputada contra o Cruz, mas isso faz tempo. O campeão parece estar ficando cada vez melhor, totalmente o contrário do “California Kid”. Acredito numa vitória dominante de Dominick Cruz. Será mais um show do campeão, e provavelmente a última luta de Faber como lutador profissional de MMA. Dominick Cruz vence por decisão dos jurados

Luiz Guilherme Mourão – Mais uma luta onde o campeão tem total favoritismo. Urijah Faber tem uma grande história no mma, mas aparenta está no fim da sua carreira. Numa luta onde deverá ter uma atuação dominante, Cruz vence por decisão unânime.

Max Holloway x Ricardo Lamas

André “Bicudo” Barbosa – Essa é uma daquelas lutas que fazem valer a pena você parar para assistir um evento de MMA. Estamos falando de dois atletas que vivem o melhor momento  de suas carreiras e em ponto de bala para levantar qualquer platéia. O estilo de ambos sugere que teremos uma luta regada a sangue, suor e porrada. Lamas, caso não encontre à distância, deverá buscar o solo, já que a envergadura favorece Holloway. Sendo assim, coloquem o desfibrilador ao lado do sofá e apreciem um show de MMA. Gostaria de poder marcar escolha dupla nessa… Mas vou ficar com havaiano por decisão.

Fernando Justino – Ótima luta que pode definir um dos próximos desafiantes ao cinturão dos penas. Lamas é um lutador duro, mas terá uma noite complicada contra o Holloway. Eu vejo a luta com o havaiano conseguindo manter a luta em pé, controlando bem a distância e vencendo a luta de forma dominante até. Max Holloway vence por decisão dos jurados

Luiz Guilherme Mourão – Excelente luta com forte possibilidade de ser escolhida a luta da noite. Luta que acredito que Holloway tente manter em pé e Lamas caso leve um atraso tente botar seu bom wrestler para jogo. Holloway é o favorito aqui e deverá vencer por decisão. Max Holloway vence por decisão dos jurados

Dan Henderson x Hector Lombard

André “Bicudo” Barbosa – Rapaz, o que Poirier x Green tem de méritos por um bom casamento essa luta tem de demérito. Creio que Joe Silva, Sean Shelby e seus comparsas andam com raiva do nosso querido Banguela e deram uma pica de dar volta em quarteirão para o velhinho. Fica claro que o UFC quer mesmo dar um jeito do Hendo pendurar as luvas e casaram essa surra eminente para o americano. Qualquer coisa diferente de um atropelo do Lombard, logo no início, vai me surpreender. Fico com Lombard por TKO no 1º round.

Fernando Justino – Quando casaram essa luta, eu fiquei pensando: “O que de mal o Hendo fez para o pessoal do UFC ?” É mais uma luta ingrata para o bom velhinho. Não que o Lombard esteja numa ótima fase, mas ele é o favorito sem dúvidas nenhuma. O cubano é mais rápido em pé, tem poder de nocaute e o queixo do Hendo já não é mais o mesmo. Lombard não vai ser kamikaze igual o Tim Boetsch, e vai saber como levar essa luta. Acredito numa vitória de Hector Lombard por KO no 2R

Luiz Guilherme Mourão – Luta na minha opinião mal casada, que pode marcar a aposentadoria da lenda Dan Henderson. Lombard é um lutador explosivo e nocauteador, que deve tentar decidir a luta no inicio. Por outro lado, o Dan Henderson de hoje em dia, vive apenas de sua conhecida H-Bomb e não apresenta mais o queixo e resistência que foi sua marca registrada ate 2012. Diante disso, numa luta que deixo me levar pela emoção, Dan Henderson por KO no 1R

Dustin Poirier x Bobby Green

André “Bicudo” Barbosa – Luta muito bem casada que promete um show de trocação do início ao fim. Só que eu acredito que essa promessa não deve se cumprir. O Bobby Verde costuma começar voando em suas lutas mas decai com o passar dos rounds. Já o menino Diamante é conhecida por sua resistência exarcebada e, mesmo que passe por uma blitz inicial, tem queixo para crescer com o decorrer da luta. Também tem o fato de que Poirier é um lutador mais completo e não me surpreenderia com ele levando esse combate pro solo a partir do segundo round. Dito isso, aposto convicto em Dustin Poirier por decisão unânime.

Fernando Justino – A luta mais dura do card principal. Green tem totais condições de vencer a luta, mas duas coisas me fazem pensar o contrário: o tempo parado (não luta desde 2014) e às vezes acho que ele brinca demais durante as lutas, e acaba perdendo o foco do combate. Poirier sabe o perigo de Green na luta em pé, e acredito que fará o mesmo jogo que fez contra Joe Duffy. Vai usar seu wrestling, pressão o tempo todo e acredito que Dustin Poirier vence por decisão dos jurados.

Luiz Guilherme Mourão – Luta que foi muito bem casada e que deve ser bem empolgante. Com Poirier em boa fase, e que se adaptou muito bem nesse peso, minha aposta vai nele que além de ter uma boa trocação pode tentar levar para o chão. Dustin Poirier por decisão unânime.

About Jayme Mendes

Jayme Mendes, 33 anos. Fascinado por idiomas. Amante de quase todos os esportes mas praticante de nenhum deles. Adora dar seus pitacos e de vez em quando fazer uma fezinha nos resultados. Agora vai, eventualmente, fazer cosplay de colunista/tradutor.
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com