Home / Competições / ADCC: Análise das Super Lutas

ADCC: Análise das Super Lutas

A cidade de Espoo na Finlândia irá receber mais uma edição do ADCC, torneio de submission mais tradicional do cenário das lutas agarradas. O evento, que chega a sua décima primeira edição, retorna ao continente europeu após seis anos (Em 2011, o evento foi sediado em Nottingham, na Inglaterra). O formato de seleção dos atletas continua o mesmo, uma parte recebe convite da organização e outra parte se credencia através de uma seletiva continental.

O sistema de categorias continua o mesmo: Até 66 quilos, até 77 quilos, até 88 quilos, até 99 quilos e acima de 99 quilos para os homens e até 60 kg e acima de 60 quilos para as mulheres. Não aconteceram mudanças das regras do evento. Os pontos só são contablizados a partir do quinto minuto de cada luta. As lutas classificatórias tem duração de 10 minutos, já as finais, tem duração de 20 minutos. Em caso de empate, uma prorrogação será realizada para desempatar.

O BJJFORUM fará uma série de artigos analisando as categorias e cada lutador que disputará a coroa de campeão. Neste artigo falaremos sobre as Super Lutas do evento, que terá a tradicional superluta entre o campeão da super luta do evento anterior e o campeão absoluto do evento anterior, e também duas lutas de Lendas do esporte. São elas:

Superluta Campeões:

Claudio Calasans (Campeão Absoluto ADCC 2015) vs. André Galvão (Campeão superluta ADCC 2015)

 

Superlutas Legends:

Renzo Gracie vs. Kikuta Sanae

Leo Vieira vs. Chael Sonnen

Vamos dar uma olhada em cada uma?

Luta dos Campeões:

Calasans chega à superluta desse ano após ter feito algo surpreendente no ADCC 2015. Eliminado da categoria até 88kg no primeiro dia de competições, por Keenan Cornelius, Claudio voltou para o absoluto sem qualquer aspiração ao título, o que ele mesmo apontou que foi decisivo para a vitória.

Galvão, por outro lado, garantiu sua vaga ao vencer Roberto “Cyborg” Abreu. Mesmo sendo companheiros de equipe na Atos Jiu Jitsu, os dois atletas não refugam a rota de colisão, com Galvão já tendo declarado publicamente que pelo dinheiro do prêmio, lutaria até com sua própria avó!

 

Legends #1

Leo Vieira vs. Chael Sonnen acontece depois de uma breve novela com relação aos nomes escalados para essa luta. Inicialmente teríamos a lenda Ricardo Libório contra o ex-campeão do UFC Frank Mir. Sai Libório, entra Chael Sonnen, o falastrão que já fez os brasileiros se torcerem de raiva com suas provocações (ou idolatrá-lo pelo bom uso do marketing) e se mostrou um grappler de qualidade, tendo inclusive lutado contra o campeão André Galvão em um Metamoris.

Depois, sai Frank Mir e outra lenda do esporte, o bicampeão do ADCC Leozinho Vieira (Checkmat) sobe da categoria até 66kg para encarar esse desafio.

Legends #2

O retorno da Lenda Renzo Gracie! Renzo vinha parado/recuperando de uma lesão no LCA desde o Metamoris 5, há três anos. A superluta estava programada pra ser a já famigerada Renzo vs. Matt Hughes, que também foi cotada para o ADCC 2015, que aconteceu em São Paulo.

Embora tenha sido remarcada para acontecer na Finlândia, um acidente de carro tirou Matt Hughes da peleja, e o botou no hospital. Sanae Kikuta, que já foi campeão do ADCC  foi convocado para pegar o lugar de Hughes, e agora teremos uma reedição da luta entre Renzo e Kikuta que aconteceu no Pride 2, em 1998.

 

 

E aí, tem seus palpites para as lutas?

Comenta aqui com a gente e,

Curta BJJForum.

 

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com