Home / Competições / ACBJJ desembarca em Barcelona para mais um evento repleto de bons combates

ACBJJ desembarca em Barcelona para mais um evento repleto de bons combates

No próximo sábado, o Palau Olimpic de Badalona, em Barcelona, receberá a décima primeira edição do Absolut Combat Berkut Jiu-Jitsu, para os mais íntimos ACBJJ. O local que recebeu as partidas de basquete nos Jogos Olímpicos de Barcelona, foi palco das atuações do Dream Team de Michael Jordan, Magic Johnson, Charles Barkley. Vinte e seis anos depois, o ginásio agora será palco do maior evento de Jiu-Jitsu da atualidade, o ACBJJ.

O card do ACBJJ 11 terá quinze lutas, e o Main Event será a disputa de cinturão da categoria até 75 kg. O atual campeão Edwin Najmi (Gracie Barra) defenderá seu título contra o atleta do UFC e representante do ACBJJ no Brasil, Davi Ramos (Atos / Team Nogueira). Os dois atletas se enfrentaram na semifinal do GP NOGI do ACBJJ 8, e Edwin saiu vitorioso na ocasião após finalizar Davi Ramos com um triângulo de mão.

O evento será transmitido no canal oficial do ACBJJ no Youtube a partir das 14h (Horário de Brasília). Confira uma análise do card do ACBJJ 11.

75 kg – Rodrigo Caporal (Atos) x Marcelo Mafra (Checkmat)

Uma reedição do primeiro round do GP Nogi da categoria que aconteceu no ACBJJ 8. Na ocasião, Rodrigo Caporal saiu vencedor após uma luta truncada, que foi decidida pelos jurados. Os dois atletas foram derrotados no ACBJJ 10 e buscam redenção no ACBJJ 11.

60 kg – Tomoyuki Hashimoto (Carpe Diem) x Mayko Araújo (Checkmat)

Tomoyuki Hashimoto e Mayko Araújo farão a segunda luta da noite no ACBJJ11. Esta será a segunda aparição de ambos no evento. Os dois atletas participaram do GP Nogi da categoria no ACBJJ 9 e foram derrotados no primeiro round. Hashimoto costuma participar das competições como peso galo, já Mayko costuma competir como peso pluma e as vezes até como peso pena. Essa diferença de tamanho pode ser um diferencial, pois os atletas possuem níveis equivalentes.

60 kg – Samir Chantre (ARES BJJ) x Laércio Fernandes (Alliance)

Na terceira luta do card, Samir Chantre e Laércio Fernandes farão a revanche da semifinal do GP Nogi da categoria que aconteceu no ACBJJ 9. Na ocasião, Samir saiu vitorioso e avançou para a final. Desde então, Laércio não competiu em nenhum evento, enquanto Samir manteve-se sempre na ativa (conquistando a prata no San Francisco Open no último final de semana). Essa diferença no ritmo de competição pode ser um diferencial para Samir.

65 kg – Kim Terra (Brasa CTA) x Isaac Doederlein (Alliance)

Kim Terra e Isaac Doederlein farão a quarta luta do card. Aluno de Rubens Charles Cobrinha, Isaac Doederlein vem embalado pelo ouro conquistado no San Francisco Open. Enquanto o atleta da Alliance mantém o ritmo competitivo, Kim Terra se dedica a dar aulas em sua academia no Havai. Sua última aparição foi no GP Nogi da categoria no ACBJJ 8, onde foi superado na final por Paulo Miyao.

Acima de 95 kg – Vinny Magalhaes (Vinny Magalhaes BJJ) x Moku Kahawai (Beyond Jiu-Jitsu)

Na quinta luta do card, o experiente Vinny Magalhaes enfrentará o havaiano Moku Kahawai. A última aparição de Vinny em um evento de grappling foi no ADCC do ano passado, ond efoi eliminado nas quartas de final por Jared Dopp. Já Moku Kahawai é um jovem faixa preta e sempre está competindo o circuito da IBJJF. Porém, apesar da inatividade, Vinny Magalhaes é favorito para vencer o duelo.

85 kg – AJ Sousa (GFTEAM) x Arnaldo Maidana (Checkmat)

AJ Sousa e Arnaldo Maidana farão a sexta luta do ACBJJ 11. Maidana é um competidor frequente no evento e participou do ACBJJ 10, onde foi derrotado por Rômulo Barral. Enquanto Maidana segue competindo, AJ Sousa está ausente do cenário de competição. Sua última aparição foi no GP até 75 kg no ACBJJ 4, onde foi eliminado por Márcio André no primeiro round do GP.

75 kg – Daud Adaev (Checkmat) x Luan Carvalho (Nova União)

O sétimo combate da noite será um confronto entre Brasil x Rússia. Luan Carvalho e Daud Adaev irão se enfrentar no ACBJJ11. O atleta da Nova União vem de vitória no ACBJJ 10 contra Marcelo Mafra e tem um amplo favoritismo sobre o Adaev.

Acima de 95 kg – Victor Honório (Qatar BJJ) x Erberth Santos (Esquadrão de Jiu-Jitsu Brasileiro)

O oitavo combate da noite promete pegar fogo! Victor Honório e Erberth Santos possuem uma rivalidade que vem desde os tempos da faixa roxa. Enquanto Honório vem de um título no GP Nogi da categoria e uma medalha de prata no Europeu, Erberth Santos vem de uma sequência de derrotas em 2018, que culminou com o revés no ACBJJ 10, onde perdeu para o polonês Adam Wardzinski após ceder a montada ao adversário. Com os fatos citados, Honório se torna favorito no combate.

85 kg – Mathias Ribeiro (Mathias Ribeiro BJJ) x Rudson Matheus (Brasa CTA)

O nono combate da noite será entre Mathias Ribeiro e Rudson Matheus. Radicado em Madri, Mathias Ribeiro terá uma árdua missão diante do amazonense Rudson Matheus. O faixa preta de Caio Terra derrotou o experiente Braulio Estima no ACBJJ 10 em um combate bem movimentado e chega ao ACBJJ 11 com um amplo favoritismo.

75 kg – Lucas Rocha (ZR Team) x Alex Cabanes (Atos)

O décimo combate da noite terá a presença do único atleta espanhol no evento. Aluno de Cláudio Calasans, Alex Cabanes enfrentará Lucas Rocha com a missão de representar o Jiu-Jitsu espanhol. O brasileiro vem de vitória no ACBJJ 10 contra Rodrigo Caporal e tem amplo favoritismo, porém Cabanes conta com o apoio da torcida para quebrar os prognósticos.

65 kg – Bruno Frazatto (Atos) x Gabriel Marangoni (Brasa CTA)

O décimo primeiro combate da noite será entre o experiente Bruno Frazatto e Gabriel Marangoni. Frazatto fará a sua estreia na organização e enfrentará um adversário com mais ritmo de competição. Tal fato pode ser uma vantagem para o atleta da CTA, porém Frazatto é um adversário perigoso e vai compensar a falta de ritmo com bastante experiência. Essa luta não possui favorito.

75 kg – Michael Langhi (Alliance) x Marcio André (Nova União)

O décimo segundo combate da noite tem grandes chances de se o combate da noite. Michael Langhi e Márcio André são dois atletas muito técnicos e esse será o primeiro duelo entre eles. Os dois foram campeões europeus esse ano, Langhi no peso leve e Marcinho no peso pena. Marcinho vem de derrota no ACBJJ 10 para Lucas Lepri e quer aproveitar o ACBJJ 11 para se recuperar do revés.

85 kg – Cláudio Calasans (Atos) x Yan Cabral (Templum BCN / Associação Aranha)

O antepenúltimo combate da noite será entre os experientes Claudio Calasans e Yan Cabral. Apesar da derrota no ACBJJ10, Cláudio Calasans protagonizou uma guerra contra Patrick Gaudio e a luta foi eleita como a melhor luta do evento. Seu adversário, o ex atleta do UFC Yan Cabral, fará sua estreia no ACBJJ “em casa” (Yan é radicado em Barcelona e tem uma das maiores academias de lutas de Barcelona, a Templum BCN). O Joseense Claudio Calasans é favorito nesse combate.

85 kg – Otávio Sousa (Gracie Barra) x Isaque Bahiense (Alliance)

O co-main event do ACBJJ 11 será a reedição da final do Pan de 2017. Otávio Sousa e Isaque Bahiense farão a penúltima luta do evento. No último encontro entre eles, Otávio saiu vitorioso com um triângulo voador. Porém atualmente, Isaque está em uma melhor fase, e isso se comprova após os títulos do Europeu (fechando com Marcos Tinoco), ACBJJ South American Open e UAEJJF South American Continental Pro. O combate tem tudo para ser bem disputado.

Disputa de cinturão 75 kg – Edwin Najmi (Gracie Barra) x Davi Ramos (Atos / Team Nogueira)

No main event da noite, Edwin Najmi defenderá seu cinturão contra o experiente Davi Ramos. Essa luta será uma reedição da semifinal do GP nogi da categoria até 75 kg que aconteceu no ACBJJ 7, no Rio de Janeiro. Na ocasião, o aluno de Rômulo Barral saiu vitorioso. Atualmente, Davi Ramos divide seu tempo entre o MMA (Davi tem luta marcada contra Nick Hein no UFC 224) e o Jiu-Jitsu. Essa divisão de foco pode ser um fator prejudicial a Davi, que enfrentará um adversário cujo ritmo de competição no Jiu-Jitsu é maior. A luta terá cinco rounds de cinco minutos e fechará o evento.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com