Home / Competições / Abu Dhabi Grand Slam Rio – Análise das categorias na faixa preta

Abu Dhabi Grand Slam Rio – Análise das categorias na faixa preta

Mais uma vez o Jiu-Jitsu será a atração principal na Arena Carioca 1, depois do GraciePro e do Rei do Rio da FJJRio, agora é a vez do Abu Dhabi Grand Slam movimentar um equipamento utilizado nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Em sua terceira temporada na Cidade Maravilhosa, será a primeira vez que a UAEJJF sediará o seu evento fora da Jeunesse Arena (Antiga HSBC Arena).

O Grand Slam do Rio de Janeiro apresentou um ótimo número de inscrições em todas as categorias e a promessa é que as áreas de luta recebam ótimos combates. Além das disputas nas categorias, a UAEJJF irá promover mais uma etapa do desafio Legends, que apresenta um combate entre lutadores que obtiveram êxito no passado. Nessa edição, o combate será entre o veterano do UFC, Pride, Rings e atualmente comentarista do Canal Combate Carlão Barreto (Carlson Gracie) e Rafael Carino (Nova União) que também teve passagem pelo UFC e foi campeão mundial de Jiu-Jitsu na faixa marrom.

As finais da faixa preta e o desafio Legends serão transmitidos pelo Canal Combate no domingo a partir das 15h. O Flograppling transmitirá todo o evento na íntegra por streaming ao vivo. O BJJForum traz uma análise de todas as categorias:

Até 56 kg

Na categoria até 56 kg, o grande destaque vai para José Carlos Lima (GFTEAM) que conquistou a etapa de Los Angeles do Abu Dhabi Grand Slam. O experiente Juan Lopes (Prime Team) e Jorge Nakamura (GFTEAM) correm por fora.

Até 62 kg

João Miyao (Unity / PSLPB Cícero Costha) é um dos principais nomes da categoria até 62kg. João já conquistou o ouro em Los Angeles. Seus companheiros de equipe Hiago George e José Tiago Barros também possuem grandes chances de pódio no Rio de Janeiro. Cléber Clandestino (Almeida Jiu-Jitsu) e o recém graduado faixa-preta Hiago Gama (Alliance) correm por fora na disputa.

Até 69 kg

Uma das categorias mais equilibradas do circuito, a categoria até 69 kg possui uma detalhe interessante: Nenhum dos dois campeões das etapas anteriores estará presente na etapa do RJ. Wanki Chae (vencedor da etapa de Tóquio) e Thiago Macedo (vencedor da etapa de Los Angeles) não estão inscritos no evento. Com a ausência dos campeões, Isaque Paiva (Saikoo), que vem embalado da conquista do Rio BJJ Pro e o canadense Jake Mackenzie (GFTEAM) surgem como os principais nomes da categoria. Rafael Mansur (Brotherhood) corre por fora na disputa.

Até 77 kg

A categoria até 77 kg traz um confronto entre gerações. O tricampeão mundial Celsinho Venicius (Ryan Gracie) aparece como o representante de uma geração mais antiga, enquanto Hugo Marques (Soul Fighters) aparece como um dos representantes da nova geração. A briga pelo pódio será boa e os principais nomes que podem faturar o ouro são: Jaime Canuto (GFTEAM), Celsinho Venicius (Ryan Gracie Team), Luan Carvalho (Nova União) e Hugo Marques (Soul Fighters) correndo por fora.

Até 85kg

Campeão na etapa de Tóquio do Abu Dhabi Grand Slam, Isaque Bahiense (Alliance) desponta como um dos favoritos ao ouro na etapa carioca do Abu Dhabi Grand Slam, entretanto, competidores como o experiente Vinicius Marinho (GFTEAM), o recém graduado faixa-preta Gustavo “Braguinha” (Brotherhood) e Thiago Sá (Checkmat), podem surpreender o caminho de Isaque até o ouro. Alexandre Cavaliere (Alliance) pode surpreender nessa categoria.

Até 94 kg

A categoria até 94kg será com certeza a mais eletrizante do evento. Com a presença do atual líder do ranking da UAEJJF Adam Wardzinski (Checkmat), o pentacampeão mundial Xande Ribeiro (Ribeiro Jiu-Jitsu) e outros grandes nomes como: Lucas Hulk (Atos), Patrick Gaudio (GFTEAM), Dimitrius Souza (Alliance) e Guilherme Augusto (Alliance), fica difícil apontar um favorito em especial. Quem ganha são os fãs de Jiu-Jitsu, que acompanharão ótimos embates nessa categoria.

Até 110kg

Igor Silva (GFTEAM / Commando Group) surge como o favorito na categoria até 110 kg. Igor que conquistou o ouro em Los Angeles, quer repetir a dose lutando em casa. Seu companheiro de equipe Alexander Trans (GFTEAM) e Gustavo Elias (Ribeiro Jiu-Jitsu) serão os seus principais rivais na categoria.

Feminino até 49 kg

Nessa categoria, a única certeza é que o ouro irá para a GFTEAM. Com três atletas da equipe (Mayssa Bastos, Tamiris Menezes e Thamires Aquino), a categoria será definida em um triangular onde quem conseguir duas vitórias sairá com o ouro.

Feminino até 55kg

Amanda Nogueira (GFTEAM) e a faixa marrom Gabriela Fechter (Checkmat) são os principais nomes da categoria e provavelmente o ouro ficará com uma das duas.

Feminino até 62 kg

Bia Mesquita (Gracie Humaitá) e Bianca Basílio (Almeida Jiu-Jitsu) terão grandes chances de reeditar a final do ADCC e do Brasileiro desse ano no Abu Dhabi Grand Slam. O placar está 2×0 para a atleta da Gracie Humaitá. Quem corre por fora na disputa é a número 1 do ranking do peso palha feminino do UFC Jéssica Andrade (PRVT).

Feminino até 70 kg

Categoria com o maior número de competidoras do evento, o feminino até 70 kg tem ótimos nomes como: Ana Carolina Vieira (GFTEAM), que venceu a etapa de Los Angeles do Grand Slam, Erin Herle (Alliance) e Renata Marinho (Alliance). Além das faixas pretas, teremos a presença das faixas marrons Andressa Cintra (Checkmat) e Júlia Boscher (Soul FIghters) que podem surpreender a todos.

Feminino até 90kg

Com a ausência de Nathiely de Jesus, campeã das duas etapas anteriores do Grand Slam, Cláudia do Val (Delariva) surge como a principal favorita ao ouro no evento. Brenda Heller (Gracie Humaitá), Carina Santi (G13) , Sâmela Shohamy (Ribeiro Jiu-Jitsu) e Karla “Karlona” Hypólito (Top Brother) correm por fora.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com