Home / Competições / Polaris 2: Vitor Shaolin, Gary Tonon, Michelle Nicolini, Gianni Grippo e mais!

Polaris 2: Vitor Shaolin, Gary Tonon, Michelle Nicolini, Gianni Grippo e mais!

A muito aguardada segunda edição do Polaris Professional Jiu Jitsu Invitational vai acontecer no dia 12 de Setembro, em Cardiff, Pais de Gales (Reino Unido). O torneio internacional vai reunir alguns dos principais nomes do Jiu Jitsu.

Oito lutas foram anunciadas pela organização, com a luta principal sendo Gary Tonon vs Masakazu Imanari!

Robson Moura vai enfrentar o americano Baret Yoshida. Vai ser uma luta de kimono, com 15 minutos de duração e apenas finalização.

Além de Robinho, quatro outros brasileiros também estão confirmados no evento, o veterano Vitor Shaolin, Michelle Nicolini, Gezary Matuda e Pedro Bessa.

Polaris 2 será realizado no sábado, 12 de Setembro, no St. David’s Hall em Cardiff.

A organização do evento se uniu com a FloGrappling, que vai será seu parceiro na transmissão para o Polaris 2.

Para reservar o seu Pay Per View, vá ao site flograppling.com, e registre uma contra PRO.

Lutas anunciadas:

Gary Tonon vs Masakazu imanari

Gary Tonon luta no Polaris 2 contra o mais letal artista Japonês de leglocks. Imanari é um faixa preta de Jiu Jitsu de Marco Barbosa da Barbosa jiu jitsu. É um veterano das promoções DEEP, ZST, Pride Fighting Championship, Cage Rage e também teve uma carreira bem sucedida no Combat Wrestling, ficando em terceiro e segundo colocado no All-Japan Championship Tournaments. Ele foi o último campeão dos penas do Cage Rage, campeão dos plumas e penas do DEEP, e finalista do Dream Grand Prix. Tem 19 vitórias por finalização no MMA(maioria por leglocks)

Vai ser uma luta sem kimono com 15 minutos de duração, onde só a finalização conta.

Vitor “Shaolin” Ribeiro vs Nakamura “The Ronin” Daisuke

Vitor Shaolin não precisa de introduções, com seu legado no MMA e Jiu Jitsu fortemente solidificados, ele reacende a velha rivalidade entre Brasil e Japão para enfrentar Daisuke Nakamura, o faixa preta várias vezes campeão do All Japan.

Vai ser uma luta de kimono com 15 minutos de duração, onde só a finalização conta.

Eddie “Wolverine” Cummings vs Reilly Bodycomb

Cummings é hoje uma das estrelas mais rápidas em ascensão no mundo do grappling, o pupilo de John Danaher venceu a seletiva norte americana para o ADCC, e teve uma rápida passagem pelo mundial em São Paulo, onde finalizou Asadulaev Surkhay e perdeu nas punições na luta seguinte para Augusto Tanquinho. Bodycomb é um expert em Sambo, sendo o único não lutador de jiu jitsu da competição.

Vai ser uma luta sem kimono com 15 minutos de duração, onde só a finalização conta.

AJ Agazarm x Dan Strauss

AJ Agazarm é vem sendo um dos principais nome de competição da Gracie Barra, e depois de ter um ótimo ano na temporada NO-Gi de 2014, onde conquistou o mundial no peso leve, ele está pronto para se testar mais uma vez na segunda edição do Polaris.

O britânico Daniel Strauss não é um lutador muito conhecido no cenário internacional, o competidor da Mill Hill BJJ treina sob a tutela de Nick Brooks, respeitado professor e faixa preta de Roger Gracie. Daniel tem na guarda fechada o seu ponto mais forte.

Vai ser uma luta sem kimono com 15  minutos de duração, onde só a finalização conta.

Robinho Moura x Baret Yoshida

Robson Moura é um dos maiores competidores da história dos pesos leves. Ele esteve afastado por alguns anos, mas você não pode chamá-lo de “velha guarda” – suas técnicas são inovadoras e modernas.

Baret Yoshida é um veterano do jiu jitsu e submission grappling, condecorado competidor do ADCC e mundial No-Gi, que traz um estilo finalizador e empolgante sempre que entra no tatame.

Vai ser uma luta de kimono com 15  minutos de duração, onde só a finalização conta.

Michelle Nicolini x Gezary Matuda

Em uma das lutas mais excitantes do evento, duas campeãs mundiais se enfrentam. Gezary Matuda compete em uma categoria a baixo, mas isso não deve ser um empecilho para o jogo seu jogo de guarda contra a multicampeã mundial e sempre perigosa Michelle Nicolini.

Vai ser uma luta de kimono com 15 minutos de duração, onde só a finalização conta.

Pedro Bessa x Luca Anacoreta

Pedro Bessa é um conhecido faixa preta no circuito britânico. Com muitos anos de competições em seu currículo, Bessa é um dos instrutores mais bem estabelecidos no Reino Unido. Tem na sua guarda aberta o seu ponto forte.

Luca Anacoreta é um faixa preta italiano com uma extensa bagagem em títulos europeus. Tem um estilo dinâmico principalmente por cima, o que deve dar um bom confronto em um clássico de passador vs guardeiro.

Vai ser uma luta de kimono com 15 minutos de duração, onde só a finalização conta.

Gianni Grippo vs Tom Barlow

Tom Bawlor, aluno de Braulio Estima, já acumulou vários bons resultados em competições, alguns como o British Open e o mundial masters No-Gi, comanda uma academia na cidade de Plymouth, na Inglaterra.

Faixa preta da lenda Marcelo Garcia, Gianni Grippo solidificou seu nome no cenário competitivo na faixa preta, depois dos títulos Pan-americano e do Abu Dhabi World PRO em 2015. E vem de uma boa participação no ADCC 2015, onde derrotou Gabriel Marangoni e em seguida perdeu nos pontos para Rubens “Cobrinha”, em uma ótima luta.

Vai ser uma luta sem kimono com 15 minutos de duração, onde só a finalização conta.

FONTE: BJJEE