Home / Destaques / Brasileiro 2019: Confira tudo sobre o maior campeonato realizado na história do Jiu-Jitsu

Brasileiro 2019: Confira tudo sobre o maior campeonato realizado na história do Jiu-Jitsu

No próximo final de semana, os faixas pretas desembarcarão em Barueri, na Grande São Paulo, para mais uma edição do Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu promovido pela Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu. Com 7.600 atletas inscritos em todas as faixas e categorias de idade, esse campeonato já entrou para a história como o maior campeonato de Jiu-Jitsu de todos os tempos.

Nesse ano de 2019, a Confederação atendeu uma demanda antiga de todos os profissionais do Jiu-Jitsu, e instituiu a premiação em dinheiro para os campeões na faixa preta adulto. As premiações variam de acordo com o número de inscritos na categoria, podendo chegar a quantia de dezoito mil reais (Caso o atleta vença a sua categoria e o absoluto, e que ambas contenham mais de 33 atletas inscritos).

Com o incentivo financeiro instituído pela Confederação, muitos atletas resolveram se inscrever no campeonato, em busca da premiação em dinheiro. Ao todo, teremos 326 atletas na faixa preta adulto, somando os inscritos no masculino e feminino, essa quantia é cinquenta porcento maior que a do ano passado. Entretanto, a adesão de inscrições no feminino continuou abaixo do esperado para um campeonato com premiação igualitária entre os dois gêneros. Todas as categorias estão com menos de oito atletas inscritas.

Outro ponto importante é a ausência dos atuais campeões absolutos. Lucas Hulk, que ficou com o título após Victor Honório ter passado mal por conta de uma ingestão de comida estragada, não veio para o Brasileiro esse ano. Já no feminino, Tayane Porfírio não tentará a conquista do tricampeonato na faixa preta. Como já é costume em todos os eventos grandes da temporada, o BJJForum traz um resumo de todas as categorias e os seus possíveis favoritos, confira:

Peso Galo

Atual campeão: Cleito Soares (Alliance) – Não está inscrito

Premiação: R$ 7.000,00 / R$ 1.400,00

Com vinte e cinco atletas inscritos, o peso galo segue muito aberto após a aposentadoria de Bruno Malfacine. Entretanto, dois nomes começam a se destacar com mais brilho em relação aos demais competidores. Rodnei Júnior (Qatar BJJ) e Cleber Clandestino (Almeida Jiu-Jitsu/ Atos) chegam a esse Brasileiro com um certo favoritismo, por conta das conquistas recentes que ambos alcançaram (Rodnei foi Campeão Europeu, enquanto Clandestino foi Campeão Pan-Americano).

Contudo, alguns nomes surgem como bons desafiantes aos dois favoritos. Na chave de Rodnei, podemos apontar David “Skinny” Herrera (Soul Fighters) e Pedro Dias (Cantagalo Jiu-Jitsu) como bons adversários para o Mineiro radicado em Doha. Do outro lado da chave, temos o atual Vice-Campeão Brasileiro, William Melo (Alliance) e José Carlos Lima (GFTeam), que podem complicar a vida do aluno de Caio Almeida.

Peso Pluma

Atual campeão: A categoria foi fechada pela Cícero Costha com Tiago Barros e Hiago George

Premiação: R$ 7.000,00 / R$ 1.400,00

Amplamente dominada pela Equipe Cícero Costha, o peso pluma apresenta em 2019, um panorama parecido com o do ano passado. De um lado da chave, João Miyao (Cícero Costha) surge como favorito a uma vaga na final. Do outro lado da chave, Hiago George e Tiago Barros estão em lados opostos, e caso as previsões se confirmem, os dois devem chegar na semifinal.

Para tentar evitar mais um fechamento de categoria, alguns nomes surgem como bons desafios aos atletas da Equipe Cícero Costha. Do lado da chave onde encontra-se João Miyao, Alex Sodré (Nova União – Clube Feijão) e Lucas Silva (Cassão Team) surgem como bons desafios para João. No outro lado da chave, Magno Mota (Brigadeiro) e Jorge Nakamura (GFTeam) são os principais nomes que podem tentar evitar um novo fechamento.

Peso Pena

Atual campeão: Rafael Mansur (Atos) – Não está inscrito

Premiação: R$ 8.000,00 / R$ 1.600,00

Com a premiação máxima em jogo, o peso pena promete ótimos combates com vários nomes que estão em alta no cenário mundial. De um lado da chave, estão inscritos nomes como: Isaac Doederlein (Alliance), Gabriel Marangoni (Caio Terra), Thiago Macedo (Rodrigo Pinheiro BJJ)  e Paulo Miyao (Cícero Costha), que é um forte candidato ao título.

Do outro lado da chave, João Paulo Gonçalves (Alliance), Pedro Valença Neto (Cícero Costha) e Luciano Queiroz (Qatar BJJ), são os principais nomes na disputa por uma vaga na final. Caso todos esses nomes que estão inscritos venham para a disputa do Brasileiro, o espectador que estiver presente no Ginásio José Correa assistirá ótimas lutas.

Peso Leve

Atual campeão: Yan Pica-Pau (Ribeiro Jiu-Jitsu)

Premiação: R$ 8.000,00 / R$ 1.600,00

Em busca do bicampeonato, Yan Pica-Pau (Ribeiro Jiu-Jitsu) retorna ao Ginásio José Correa como um dos favoritos na categoria leve. Com um jogo muito explosivo, o Cearense vai ter um caminho complicado na competição. Do seu lado da chave, aparecem nomes fortes, como: Leonardo Lara (Atos / Almeida Jiu-Jitsu) e Lucas Barros (Demian Maia Jiu-Jitsu).

Do outro lado da chave, temos a nova geração representada por Alexandre Molinaro (Carlson Gracie), Ygor Rodrigues (Centro de Treinamento Márcio Rodrigues) e Vinicius dos Santos (Cassão Team). Além dos jovens, os masters marcam presença, representados por Gabriel “Palito” Rollo e pelo campeão mundial de 2004 e lutador de MMA, Fernandinho Vieira (Carlos Holanda).

Peso Médio

Atual campeão: Marcos Tinoco (Alliance) – Não está inscrito

Premiação: R$ 8.000,00 / R$ 1.600,00

Apesar da ausência do atual Campeão Brasileiro, Marcos Tinoco, e do atual Campeão Mundial e Pan-Americano, Isaque Bahiense, a Categoria Médio vem com ótimos nomes, que irão proporcionar ótimos combates para os fãs de Jiu-Jitsu. De um lado da chave, Yago de Souza (Brotherhood) e Otávio Souza (Gracie Barra) despontam como favoritos em relação aos demais atletas.

Do outro lado da chave, o experiente Claudio Calasans (Atos) aparece como um dos favoritos a uma vaga na final. O Campeão Mundial de 2015 e Campeão Absoluto do ADCC terá pela frente grandes desafios, como: Hugo Marques (Soul Fighters), Marcos “Petcho” Martins (Barbosa Jiu-Jitsu) e Ygor Dantas (Checkmat).

Peso Meio-Pesado

Atual campeão: Rudson Mateus (Caio Terra)

Premiação: R$ 7.000,00 / R$ 1.400,00

Embalado pela conquista no World Pro, Rudson Mateus (Caio Terra) retorna a cidade de Barueri para buscar o Bicampeonato Brasileiro. Com a ausência de Lucas Hulk, Gustavo Braguinha e Horlando Monteiro, o caminho de Rudson para o ouro fica menos complicado. Do outro lado da chave, surgem bons nomes que podem evitar o bicampeonato de Rudson, como: Devhonte Johnson (Unity), Matheus Spirandelli (Alliance) e Ruan Oliveira (Soul Fighters).

Peso Pesado

Atual campeão: Fellipe Andrew (Zenith)

Premiação: R$ 7.000,00 / R$ 1.400,00

No Peso Pesado, Kaynan Duarte (Atos) surge como franco favorito ao ouro no Campeonato Brasileiro. O atleta da equipe de André Galvão está em uma ótima fase e mostrou que tem Jiu-Jitsu para continuar no topo por um bom tempo. Além de Kaynan, a chave de número um conta com Vinicius Trator (Alliance) e Pedro Elias (Brotherhood).

Do outro lado da chave, Dimitrius Souza (Alliance), Fernando Reis (Alliance) e Horlando Monteiro (Nova União) são nomes que podem deter Kaynan na busca pelo título brasileiro.

Peso Super-Pesado

Atual campeão: Nicholas Meregali (Alliance)

Premiação: R$ 7.000,00 / R$ 1.400,00

Nicholas Meregali vem em busca do bicampeonato brasileiro, mas ao contrário do ano passado, esse ano ele terá um desafio a mais. Esse desafio será o atual Campeão Europeu e Pan-Americano, Fellipe Andrew (Zenith), que subiu de categoria e se estabeleceu como um dos principais nomes da Categoria Super-Pesado. No lado A da chave (Onde encontra-se Andrew),  temos a presença de Helton José Jr (Atos) e Guilherme Augusto (Alliance), que são bons oponentes para o aluno de Rodrigo Cavaca.

No lado B da chave,  temos Igor “Tigrão” Schneider (Brotherhood) e Rodrigo Ribeiro (G13) como potenciais desafios para o aluno de Mário Reis.

Peso Pesadíssimo

Atual campeão: Felipe Bezerra (Checkmat)

Premiação: R$ 7.000,00 / R$ 1.400,00

Em busca do bicampeonato, Felipe Bezerra (Checkmat) terá um caminho complicado esse ano. Essa dificuldade se deve ao fato da presença do experiente Roberto Cyborg (Fight Sports) e Victor Honório (Qatar BJJ), que foi hospitalizado após uma infecção alimentar no ano passado. De um lado da chave, teremos a presença de Roberto Cyborg (Fight Sports), Victor Honório (Qatar BJJ), Duzão Lopes (Guigo) e Gabriel Fedor (Checkmat). um desses quatro nomes devem chegar na finalíssima.

Do outro lado da chave, além do atual campeão Felipe Bezerra (Checkmat), teremos os jovens, Matheus Felipe “Ta Danado” (Checkmat) e Renan Vieira (Brotherhood) com muito ímpeto para a vitória.

Feminino Pluma

Atual campeã: Alinny Karen (Nova União) – Não está inscrita

Premiação: R$ 5.000,00 / R$ 1.000,00

Com cinco atletas inscritas, o peso pluma feminino traz Talita Alencar (Alliance) e Mayssa Bastos (GFTeam) como favoritas ao ouro.

Feminino Pena

Atual campeã: A categoria estava vazia em 2018

Premiação: R$ 5.000,00 / R$ 1.000,00

Com a mudança de categoria de Bia Basílio, o peso pena feminino tem como principal postulante ao ouro, a britânica Ffion Davies (ECJJA). Oriunda do País de Gales, Ffion Davies vem de uma sequência positiva, com títulos no Europeu e no Pan-Americano. Por mais paradoxal que possa ser, poderemos ter a primeira européia campeã brasileira de Jiu-Jitsu,

Feminino Leve

Atual campeã: Bianca Basílio (Atos / Almeida Jiu-Jitsu)

Premiação: R$ 5.000,00 / R$ 1.000,00

Em busca do bicampeonato, Bia Basílio vem embalada pelo bicampeonato do World Pro. Coincidência ou não, a aluna de Caio Almeida têm grandes chances de repetir o feito conquistado no ano passado.

Feminino Médio

Atual campeã: Ericka Almeida (Gracie Barra)

Premiação: R$ 5.000,00 / R$ 1.000,00

Em busca do bicampeonato, Ericka Almeida terá mais pedras no caminho para repetir o feito do ano passado. Além da presença de Renata Marinho (Alliance), Ericka terá que enfrentar a Multicampeã Mundial, Bia Mesquita (Gracie Humaita), que vem embalada pelo título no World Pro.

Feminino Meio-Pesado

Atual campeã: Carina Santi (G13)

Premiação: R$ 5.000,00 / R$ 1.000,00

Com a ausência da atual campeã, Carina Santi, a categoria Meio-Pesado Feminino fica bem aberta. Apesar do equilibrio, Sábatha Laís (Ryan Gracie Team) sai na frente com um leve favoritismo em relação às demais atletas.

Feminino Pesado

Atual campeã: Claudia Do Val (Delariva)

Premiação: R$ 5.000,00 / R$ 1.000,00

Em uma chave com três atletas ao todo, o ouro deve ser decidido entre a atual campeã, Claudia Do Val (Delariva) e a Capixaba Fernanda Mazzelli (Striker).

Feminino Super-Pesado

Atual campeã: Jessica Flowers (Gracie Barra)

Premiação: R$ 5.000,00 / R$ 1.000,00

Com quatro atletas inscritas, o Super-Pesado tem Carina Santi (G13) como principal favorita ao ouro. Izadora Silva (Qatar BJJ) corre por fora na disputa.

Feminino Pesadíssimo

Atual Campeã: Tayane Porfírio

Premiação: R$ 5.000,00 / R$ 1.000,00

Com quatro atletas ao todo, sendo três delas filiadas à Gracie Barra, a categoria Pesadíssimo feminino possui 75 % de chances de ter um fechamento em prol da Gracie Barra.