Home / Competições / Panamericano de Jiu-Jitsu: Confira uma análise das categorias na faixa preta

Panamericano de Jiu-Jitsu: Confira uma análise das categorias na faixa preta

Nesse final de semana, a IBJJF desembarca em Irvine para mais uma edição do Pan-Americano de Jiu-Jitsu. Nessa edição, a IBJJF só permitiu a inscrição de atletas com pontuação maior ou igual a quarenta. Com esse filtro classificatório, a quantidade de atletas por categoria diminui, porém o nível das disputas aumentam consideravelmente (assim como foi no Europeu desse ano).

Atual campeão do absoluto, Leandro Lo vem em busca do tricampeonato no absoluto. Já no feminino, o destaque fica para o retorno de Gabi Garcia às competições de Jiu-Jitsu. A atleta da Alliance, que saiu de cena para se dedicar ao MMA, volta ao circuito da IBJJF após quatro anos de hiato.

Como já é costume em todos os grandes eventos de Jiu-Jitsu ao redor do Globo, o BJJForum faz uma análise de todas as categorias na faixa preta, tanto no masculino, quanto no feminino.

Masculino Galo

Atual campeão: Tomoyuki Hashimoto (Carpe Diem)

No peso galo, Mikey Musumesci (BRASA CTA) surge como principal favorito ao ouro da categoria. O aluno de Caio Terra é o atual Bicampeão Mundial entre os plumas, e agora quer fazer história em uma categoria abaixo da sua habitual. Para tentar evitar o triunfo de Musumesci entre os galos, Cleber Clandestino (Atos / Almeida Jiu-Jitsu) e Hiago Gama (Alliance) surgem como bons oponentes para o americano.

Masculino Pluma

Atual campeão: João Miyao (Cícero Costha / Unity)

Após o sorteio das chaves, tudo leva a crer que os três lugares do pódio na categoria pluma serão ocupados pela equipe Cícero Costha. Paulo Miyao, João Miyao e Hiago George estão em lados opostos na chave, a chance de fechamento de categoria é alta. Porém, como nada na vida é cem porcento garantido, Alex Sodré (Clube Feijão / Nova União) e Pedro Dias (Cantagalo Jiu-Jitsu) podem estragar a festa da Equipe Paulista.

Masculino Pena

Atual Campeão: Gianni Grippo (Alliance)

Apesar da ausência do atual campeão Gianni Grippo, o peso pena contará com ótimos nomes. Atual Campeão Mundial, Shane Jamil-Hill (Team Lloyd Irvin) larga na frente na disputa pelo ouro. No segundo pelotão, surgem nomes como: Isaac Doederlein (Alliance) , Kennedy Maciel (Alliance) e Leonardo “Cascão” Saggioro (BTT). Samir Chantre (ARES),  Rafael Mansur (Atos) e Thiago Macedo (Rodrigo Pinheiro BJJ), correm por fora.

Masculino Leve

Atual Campeão: Atos fechou a categoria com JT Torres e Michael Liera Jr

Após surpreender Lucas Lepri no Europeu, Levi-Jones Leary (Unity) chega bem cotado para a disputa do Pan. Mas diferente do que aconteceu em Odivelas, o Australiano agora não será apenas um mero franco atirador, e todos os adversários já buscaram métodos para anular o seu jogo. Do outro lado da chave, Renato Canuto (Checkmat) e Osvaldo Queixinho (ARES) também possuem ótimas chances de título.

Masculino Médio

Atual Campeão: Gabriel Arges (Gracie Barra)

Dentre todas as categorias listadas, o peso médio é a que reserva a maior quantidade candidatos ao ouro. De um lado da chave, temos nomes como: Isaque Bahiense (Alliance), Hugo Marques (Soul Fighters), Leonardo Lara (Atos / Almeida Jiu-Jitsu) e Michael Liera Jr (Atos). Já na chave número dois, temos nomes como: Jaime Canuto (GFTeam), Otávio Sousa (Gracie Barra), Manuel Ribamar (Rodrigo Pinheiro BJJ) e Cláudio Calasans (Atos). Todos esses atletas possuem chances reais de conquistar o título.

Masculino Meio-Pesado

Atual campeão: Atos fechou a categoria com Lucas Hulk e Gustavo Braguinha

Em lados opostos no chaveamento, Lucas Hulk  e Gustavo Braguinha podem repetir o feito conquistado no ano passado, quando fecharam a categoria para a Atos. Para tentar evitar um fechamento de categoria, Rudson Mateus (BRASA CTA) e Matheus Diniz (Alliance) surgem como principais adversários da dupla da Atos. Matheus Spirandelli (Alliance) e Murilo Santana (Unity), correm por fora.

Masculino Pesado

Atual campeão: Leandro Lo (Brotherhood)

Atual campeão peso e absoluto do Pan, Leandro Lo (Brotherhood) é franco favorito ao heptacampeonato da competição. Com muita experiência e muito Jiu-Jitsu, o líder da Brotherhood quer continuar a fazer história no cenário do Jiu-Jitsu competitivo. Entretanto, Kaynan Duarte (Atos) e Patrick Gaudio (GFTeam), podem tornar a tarefa de Lo mais difícil nessa edição do Pan.

Masculino Super-Pesado

Atual campeão: Keenan Cornelius (Atos)

Com a ausência do atual campeão, Keenan Cornelius, a categoria Super-Pesado ganhou uma gama de projeções. Com um misto de competidores experientes e jovens lutadores, a categoria promete ótimos combates. De um lado da chave, temos ótimos nomes como: Mahamed Aly (Team Lloyd Irvin), Léo Nogueira (Alliance), que retorna após dois anos de suspensão por doping, e Tanner Rice (Soul Fighters). Do outro lado da disputa, Gutemberg Pereira (GFTeam), Fellipe Andrew (Zenith) e Helton José Jr (Atos), prometem incendiar a disputa pelo ouro.

Masculino Pesadíssimo

Atual Campeão: João Gabriel Rocha (Soul Fighters)

Bastante esvaziada em relação aos anos anteriores, a Categoria Pesadíssimo só teve sete inscritos nesse ano. Dentre os nomes, Ricardo Evangelista (GFTeam) larga com uma pequena vantagem em relação aos adversários, na busca pelo ouro. Além de Evangelista, o experiente Antonio Braga Neto (Gordo Jiu-Jitsu) vem em busca do tricampeonato, após um longo hiato competitivo, onde esteve com foco dedicado ao MMA. Guilherme Augusto (Alliance), Gustavo Elias (Ribeiro Jiu-Jitsu) e Max Gimenis (GFTeam) correm por fora.

Feminino Galo

Mayssa Bastos (GFTeam) é franca favorita ao ouro contra a italiana Serena Gabrielli (Flow).

Feminino Pluma

Atual Campeã: Gezary Matuda (ATT)

Ao contrário do ano passado, o peso pluma feminino em 2019 está recheado de nomes da nova geração, que valorizaram e muito, as disputas nessa categoria. De um lado da chave, Talita Alencar (Alliance) desponta como candidata a uma vaga na final. Do outro lado da chave, Amanda Nogueira (GFTeam) e Pati Fontes (Checkmat) são as principais atletas em busca do título.

Feminino Pena

Atual Campeã: Karen Antunes (Checkmat)

Em busca do bicampeonato, Karen Antunes (Checkmat) chega ao Pan 2019 com um leve favoritismo. Porem, a atleta da Checkmat provavelmente enfrentará a Britânica Ffion Davies (ECJJA), que recebeu a faixa preta recentemente, e já conquistou o Europeu de Jiu-Jitsu desse ano.

Feminino Leve

Atual Campeã: Bia Mesquita e Jena Bishop fecharam para a Gracie Humaita

No peso leve, Bianca Basílio (Atos / Almeida) chega ao Pan como favorita ao título. Gabrielle Mc Comb (Gracie Humaita) e Nikki Sullivan (Atos), aparecem como outsiders na disputa.

Feminino Médio

Atual Campeã: Angélica Galvão e Luíza Monteiro fecharam para a Atos

Na categoria médio feminino, Ana Carolina Vieira (GFTeam) aparece com amplo favoritismo em relação às demais adversárias. A irmã de Rodolfo Vieira vem embalada por uma série de bons resultados, e difciilmente deixará escapar o Ouro do Pan 2019.

Feminino Meio-Pesado

Atual Campeã: Nathiely de Jesus

Atual campeã do absoluto do Pan, Luíza Monteiro surge como favorita a mais um título Panamericano. Para tentar deter a atleta da Atos, Monique Elias (Alliance) e Maria Malykasiak (Zenith) aparecem como possíveis pedras no caminho de Luíza.

Feminino Pesado

Atual Campeã: Maria Malyjasiak (Zenith)

Nathiely de Jesus (Rodrigo Pinheiro BJJ) e Talita Treta (Brotherhood) provavelmente farão a final da categoria.

Feminino Super-Pesado

Atual Campeã: Claudia Do Val (Delariva)

Apesar da ausência de Tayane Porfírio, o super-pesado feminino conta com o retorno de Gabi Garcia (Alliance) ao Jiu-Jitsu. Afastada desde 2015, a faixa preta da Alliance quer retomar o posto conquistado após anos de dominância. Porém, Carina Santi (G13) e Jessica Flowers (Gracie Barra), podem complicar a vida de Gabi em seu retorno ao esporte.