Home / Competições / King Of Mats chega a sua terceira edição, trazendo um GP de Pesos Médios com grandes nomes do esporte na atualidade

King Of Mats chega a sua terceira edição, trazendo um GP de Pesos Médios com grandes nomes do esporte na atualidade

No próximo sábado, a Mubadala Arena receberá a terceira edição do King Of Mats, evento promovido pela UAEJJF, composto por nomes que já venceram eventos da federação (World Pro e etapas do Grand Slam). Nessa edição, o limite de peso é de até 85 kg e o vencedor, terá o direito de enfrentar o atual detentor do título da categoria, Charles Negromonte. O evento será transmitido ao vivo pelo Canal Combate, a partir das 8:55 da manhã (Horário de Brasília).

O formato de disputa é bem simples, e consiste em dois grupos, com cinco lutadores de cada lado, lutando entre si. Os dois primeiros classificados fazem a semifinal, onde quem vencer, avança para a disputa do título. Os perdedores disputarão o terceiro lugar no pódio.

Escalados inicialmente para participar do evento, Alan Finfou e Gilbert Durinho tiveram que sair do card por motivos particulares. Para substituir os dois atletas, a UAEJJF convocou Caio Caetano (Brotherhood) e Lucas Hulk (Atos). Confira um resumo dos dois grupos e dos seus respectivos participantes:

Grupo A

Gabriel Arges (Gracie Barra)

Títulos na UAEJJF:

  • Bicampeão do Abu Dhabi World Pro (2016/2017)
  • Abu Dhabi Grand Slam – Los Angeles (2016)
  • Abu Dhabi Grand Slam – Tokyo (2016)
  • Abu Dhabi Grand Slam – Abu Dhabi (2017)

Após um segundo semestre sem resultados expressivos, Gabriel Arges espera começar o ano de 2019 com o mesmo êxito obtido em 2017, quando conquistou o World Pro e o Mundial IBJJF. O líder da Gracie Barra Thousand Oaks vem para a sua segunda edição de King Of Mats. Na oportunidade anterior, Arges entrou de franco atirador entre os pesados. Dessa vez, o pupilo de Rômulo Barral não terá desvantagem de peso em relação aos adversários.

Espen Mathiesen (Kimura)

Títulos na UAEJJF:

  • Campeão do Abu Dhabi World Pro (2018)

Dono de uma das guardas mais ativas do Jiu-Jitsu atual, Espen Mathiesen chega ao King of Mats com bastante bagagem em Grand Prix’s. O aluno de José Carlos Hissa foi vice-campeão de um GP dos leves da Copa Pódio, quando ainda era faixa marrom. Essa experiência é um ponto positivo para Espen, que possui uma guarda bastante perigosa e elástica. Um fator que pode pesar contra o escandinavo, é a falta de ritmo de competição, já que o seu único campeonato disputado após o Mundial da IBJJF, foi o IBJJF Dublin Open.

Caio Caetano (Brotherhood)

Títulos na UAEJJF:

  • Abu Dhabi Grand Slam – Los Angeles (2018)

Convocado de última hora para substituir Gilbert Durinho, Caio Caetano surge como franco atirador no King Of Mats. O atleta da Brotherhood se credenciou para a disputa do King of Mats após vencer bons lutadores, como: Léo Lara e Victor Silvério. Apesar de ter a desvantagem de não ter feito um treinamento direcionado para o evento, Caio pode usar isso ao seu favor, e lutar mais leve, sem impor cobranças internas.

Rudson Mateus (Caio Terra)

Títulos na UAEJJF

  • Abu Dhabi Grand Slam – Tokyo (2018)

Com um jogo empolgante, e com muitas finalizações no currículo. Rudson Mateus vem para a sua segunda edição de King Of Mats disposto a fazer bonito. Na primeira edição, Rudson ficou em terceiro no seu grupo, e não conseguiu avançar para a fase semifinal. Para essa edição, Rudson começou seu treinamento na academia de Alessandro Nunes, em Niterói, e finalizou o treinamento na matriz da CTA, em San José – Califórnia.

Lucas Hulk (Atos)

Títulos na UAEJJF

  • Abu Dhabi Grand Slam – Los Angeles Champion (2017)

Convocado de última hora para substituir Alan Finfou, Lucas Hulk aumentou ainda mais o nível do King of Mats. O atleta da Atos San Diego foi um dos grandes destaques de 2018, com conquistas nos quatro campeonatos principais da IBJJF. com um jogo sólido e de muita pressão por cima, Hulk veio para embolar ainda mais, o equilibrado Grupo A.

Grupo B

Roberto Satoshi (Bonsai)

Títulos na UAEJJF

  • Bicampeão do Abu Dhabi World Pro Champion (2012/2014)
  • Abu Dhabi Grand Slam – Tokyo (2015 / 2016 / 2017)

Roberto Satoshi chega a sua segunda edição do King Of Mats com o trunfo da experiência debaixo do braço. Dos dez competidores convidados, Satoshi é o que mais possui tempo como faixa preta. Entretanto, a inatividade pode ser um ponto negativo para Satoshi, qe não compete desde abril de 2018. Sua última competição foi justamente um King of Mats, onde foi parado na semifinal por Jaime Canuto.

Isaque Bahiense (Alliance)

Títulos na UAEJJF

  • Abu Dhabi World Pro (2018)
  • Abu Dhabi Grand Slam – Tokyo (2017)
  • Bicampeão do Abu Dhabi Grand Slam – Rio de Janeiro (2017 / 2018)
  • Abu Dhabi Grand Slam – London (2018)

Isaque Bahiense surge como um dos favoritos ao título do King of Mats. O atleta da Alliance tem um jogo bem ajustado para o regulamento da UAEJJF, onde as lutas possuem seis minutos de duração. Unindo estratégia e muita explosão, Isaque possui as ferramentas necessárias para brilhar na Mubadala Arena.

Manuel Ribamar (Unity)

Títulos na UAEJJF

  • Abu Dhabi Grand Slam – Los Angeles (2018)

Embalado pelo melhor momento na carreira, Manuel Ribamar chega com ótimas chances de fazer bonito. O atleta radicado no Texas vem de um segundo semestre dourado, com destaque para o ouro na etapa de Los Angeles do Grand Slam e do título no World Series Of Grappling.

Diego Ramalho (ZR Team)

Títulos na UAEJJF

  • Abu Dhabi Grand Slam – Tokyo (2018)

Figura frequente nos campeonatos da UAEJJF, Diego Ramalho chega ao King Of Mats para provar que o segundo lugar no ranking da UAEJJF não é obra do acaso. O atleta da ZR Team apresenta em seu jogo, um vasto arsenal de chaves de pé e leglocks, que podem definir um combate em um piscar de olhos.

DJ Jackson (Team Lloyd Irvin)

Títulos na UAEJJF

  • Abu Dhabi Grand Slam – Tokyo (2018)

Estratégico e com uma ótima base (adquirida nos tempos de Wrestling), fazem de DJ Jackson, um adversário difícil para qualquer adversário na categoria até 85 kg. O aluno de Lloyd Irvin possui bastante experiência em GP’s, tendo conquistado o GP dos Médios da Copa Pódio após enfrentar um calor de quarenta graus no Ginásio Amadeu Teixeira.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com