Home / Competições / Mundial NOGI: Confira uma análise das categorias na faixa preta

Mundial NOGI: Confira uma análise das categorias na faixa preta

Nesse final de semana, Anaheim será palco da décima segunda edição do Mundial Nogi da IBJJF. Nesse ano, a cidade que é casa do time de Hóquei Anaheim Ducks, receberá um campeonato com ótimos nomes. O centro das atenções esse ano, será a presença de Gordon Ryan entre os inscritos. O aluno de John Danaher está inscrito na categoria pesadíssimo, e mesmo com as limitações das regras da IBJJF (Proibição de chave de calcanhar), o novaiorquino é um dos favoritos, tendo como base os últimos resultados, como o Pan-Americano Nogi.

Como já é costume em todo evento de grande porte, O BJJForum traz uma análise de cada categoria e os possíveis favoritos e azarões. Tudo de acordo com o chaveamento liberado pela IBJJF. Confira:

Peso Galo

Campeão Mundial 2017: Caio Terra (Caio Terra)

Campeão Europeu Nogi: Nenhum inscrito

Campeão Pan Nogi: Kristian Woodmansee (Atos)

Campeão Brasileiro Nogi: Nenhum inscrito

Com a ausência do decacampeão Caio Terra, o peso galo fica órfão do seu principal nome. A lacuna aberta por Caio, faz com que o americano Kristian Woodmansee (Atos) seja alçado a condição de favorito. Nobuhiko Sawada (Triforce) e Lívio “Galinho” Ribeiro (Ares) também possuem grandes chances de ouro.

Peso Pluma

Campeão Mundial 2017: João Miyao (Unity)

Campeão Europeu Nogi: Anthony de Oliveira (Werdum COmbat Team France)

Campeão Pan Nogi: João Miyao (Unity)

Campeão Brasileiro Nogi: Cleber Clandestino (Almeida Jiu-Jitsu)

Entre os plumas, João Miyao (Unity) é o principal favorito dentre os treze inscritos. O irmão de Paulo Miyao vem em busca do bicampeonato, embalado pelo ouro no Pan Nogi. Um outro cenário provavel nessa categoria, seria o fechamento do pódio entre João Miyao e seu companheiro de treino, Hiago George (Cícero Costha). Para tentar evitar que o ouro vá para algum dos alunos de Cícero Costha, Cleber Clandestino (Atos), Lucas Pinheiro (Atos) e Tomoyuki Hashimoto (Carpe Diem) são nomes que possuem chances de mudar o panorama da categoria.

Peso Pena

Campeão Mundial 2017: Osvaldo Queixinho (Ares)

Campeão Europeu Nogi: Gabriel Marangoni (Caio Terra)

Campeão Pan Nogi: Ian Sanders (Rodrigo Freitas BJJ)

Campeão Brasileiro Nogi: Alexandre Vieira (Brazilian Top Team)

Com a ausência do tricampeão Osvaldo Queixinho (Ares), a categoria pena abre novas possibilidades. De um lado da chave, Thiago Macedo (Rodrigo Pinheiro) e Alexandre Vieira (Brazilian Top Team) são os principais nomes. Do outro lado, Pablo Mantovani (Atos), Kennedy “Cobrinha” Maciel (Alliance) e Samir Chantre (Ares), aparecem com ótimas chances de ouro.

Peso Leve

Campeão Mundial 2017: Renato Canuto (Checkmat)

Campeão Europeu Nogi: Michael Liera Jr (Atos)

Campeão Pan Nogi: Gianni Grippo (Alliance)

Campeão Brasileiro Nogi: Thiago “Baiano” Abreu (Checkmat)

Nesse ano, a categoria leve não contará com o seu atual campeão, Renato Canuto (Checkmat). Com a ausência do campeão do Kasai Grappling, Márcio André (Nova União) e Gianni Grippo (Alliance) são os nomes favoritos para uma possível final. Para tentar evitar esse encontro, aparecem alguns nomes como: Francisco “Sinistro” Iturralde (Del Mar Jiu-Jitsu), Rafael Domingos (Zenith) e John Combs (Easton BJJ).

Peso Médio

Campeão Mundial 2017: Josh Hinger (Atos)

Campeão Europeu Nogi: Darragh O Conaill (ECAJJ)

Campeão Pan Nogi: Dante Leon (GFTeam)

Campeão Brasileiro Nogi: Hugo Marques (Soul Fighters) *

  • Campeão Absoluto

O Peso Médio é a categoria que conta com o maior número de atletas inscritos da competição (35 no total). Além de ser a mais cheia, a categoria médio é a mais imprevisível. Existem pelo menos dez nomes com chances reais de medalha de ouro. No primeiro pelotão, os nomes de Hugo Marques (Soul Fighters), Vitor Oliveira (GFTeam), Manuel Ribamar (Unity) e Michael Liera Jr (Atos) aparecem em evidênncia. O segundo pelotão é composto por: Felipe César (Unity), Jaime Canuto (GFTeam) e Mike Perez (Atos). Lucas Rocha (ZR Team), Victor Silvério (Gracie Barra) e Darragh O Conaill (ECAJJ) correm por fora.

Peso Meio-Pesado

Campeão Mundial 2017: Keenan Cornelius (Atos)

Campeão Europeu Nogi: Luca Anacoreta (Aeterna Jiu-Jitsu – ITA)

Campeão Pan Nogi: Marcos Tinoco (Alliance)

Campeão Brasileiro Nogi: Pedro Conti (Checkmat)

Com a ausência de Keenan Cornelius (Atos), o peso meio-pesado apresenta ótimas possibilidades de combates. De um lado da chave, Josh Hinger (Atos) e Matheus Diniz (Alliance) são os favoritos para chegarem na semifinal. Do outro lado, três nomes aparecem a frente dos demais e disputam duas vagas. Esses nomes são: Marcos Tinoco (Alliance), Gabriel Arges (Gracie Barra) e Murilo Santana (Unity).

Peso Pesado

Campeão Mundial 2017: Arnaldo Maidana (Checkmat)

Campeão Europeu Nogi: Thiago Sá (Checkmat)

Campeão Pan Nogi: Rômulo “Caju” Azevedo (Nova União)

Campeão Brasileiro Nogi: Thiago Sá (Checkmat)

Atual campeão da categoria, Arnaldo Maidana (Checkmat) vem em busca do bicampeonato. Além de Maidana, a Checkmat conta com Jackson Sousa e Thiago Sá na categoria, aumentando as chances de um possível fechamento. Para evitar o risco de não ter final, Tim Spriggs (Team Lloyd Irvin) e Devhonte Johnson (Unity) aparecem como ameaças para a equipe capitaneada por Léo Vieira,

Peso Super-Pesado

Campeão Mundial 2017: Lucas Hulk (Atos)

Campeão Europeu Nogi: Thomas Loubesanes (Atos)

Campeão Pan Nogi: Aaron “Tex” Johnson (Unity)

Campeão Brasileiro Nogi: Vinicius Trator (Alliance)

Ente os super-pesados, Lucas Hulk (Atos) vem com grande favoritismo em busca do bicampeonato. Além de toda a capacidade física e técnica, o Roraimense contou com a sorte no sorteio dos confrontos, e caiu em um lado desbalanceado, que o projeta com grandes chances de final. No outro lado da chave, temos nomes como: Patrick Gaudio (GFTeam) e Luiz Panza (Checkmat), além de Kaynan Duarte, que pode contribuir com um fechamento para a equipe de André Galvão, caso chegue a final junto com Hulk

Peso Pesadíssimo

Campeão Mundial 2017: Roberto Cyborg (Fight Sports)

Campeão Europeu Nogi: Eldar Rafigaev (Jungle BJJ)

Campeão Pan Nogi: Gordon Ryan (Team Renzo Gracie)

Campeão Brasileiro Nogi: Antônio Braga Neto (Babalu Iron’s Gym)

Com a presença do polêmico Gordon Ryan (Team Renzo Gracie), a categoria pesadíssimo automaticamente passa a ser a categoria mais aguardada do evento. O aluno de John Danaher aparece como um dos favoritos ao ouro da categoria, por tudo que já venceu em sua carreira. Para tentar deter um possível ouro de Gordon Ryan, Mahamed Aly (Team Lloyd Irvin), Yuri Simões (Caio Terra), Roberto Cyborg (Fight Sports) e Aaron “Tex” Johnson (Unity) surgem como possíveis adversários.

 

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com