Home / Destaques / Abu Dhabi Grand Slam Rio – Confira uma análise das categorias na faixa preta

Abu Dhabi Grand Slam Rio – Confira uma análise das categorias na faixa preta

No próximo final de semana, a UAEJJF desembarca no Rio de Janeiro para mais uma edição do Abu Dhabi Grand Slam. Dentre todas as etapas do circuito, a etapa brasileira é a que conta com o maior número de atletas inscritos. A etapa brasileira representa a metade da temporada 2018-2019 da UAEJJF, e um resultado positivo, pode ser primordial para a disputa do prêmio de vinte e cinco mil dólares, dado ao primeiro lugar do ranking.

No Masculino, a liderança do ranking está nas mãos de Gabriel Sousa (ZR Team), que venceu a etapa de Los Angeles do Grand Slam. Logo atrás de Gabriel, aparecem os nomes de Diego “Sem Noção” Ramalho (ZR Team) e Jorge Nakamura (GFTEAM). No feminino, Larissa Paes (UAEJJ Al Ain) segue em busca do bicampeonato, seguida pelas estrelas da nova geração: Gabrieli Pessanha (Infight) e Mayssa Caldas (GFTEAM).

Além das tradicionais disputas nas categorias, o Grand Slam do Rio de Janeiro promoverá mais uma edição do Legends, evento que reúne lutadores masters que fizeram sucesso em outros tempos. Nessa edição, Rafael Carino (Nova União), enfrentará um dos líderes da GFTEAM, Alexandre Baraúna. O aluno de André Pederneiras defenderá seu título após vencer Carlão Barreto na edição do ano passado.

Como já é costume em todos os eventos importantes do Jiu-Jitsu, o BJJForum traz uma análise de todas as categorias da faixa preta no Grand Slam do Rio de Janeiro, confira:

Masculino até 56 kg

Entre os mais leves, Jorge Nakamura (GFTEAM) surge como principal nome da categoria, credenciado pelo ouro na etapa de Los Angeles e pelo terceiro lugar no ranking. Para tentar deter o avanço de Nakamura, surgem nomes como: David “Skinny” Herrera (Soul Fighters), Bebeto Oliveira (GFTEAM) e Paulo Pizziali (Nova União).

Masculino até 62 kg

Embalado pelo primeiro lugar no ranking da UAEJJF, Gabriel Sousa (ZR TEAM) quer confirmar a boa fase com mais um ouro do Grand Slam. Com 960 pontos no ranking, o cearense é o atual líder do ranking anual da UAEJJF. Para evitar que Gabriel se distancie ainda mais no ranking, Hiago George (Cícero Costha), Tiago Barros (Cícero Costha), Pedro Dias (Cantagalo Jiu-Jitsu) e Magno Mota (Brigadeiro) aparecem como principais adversários na categoria.

Masculino até 69 kg

Com as ausências de Paulo Miyao e Gianni Grippo, a categoria até 69 kg abre muitas projeções e possibilidades. Com muitos participantes de diversas gerações, a categoria até 69 conta com ótimos nomes inscritos, como: Alex Sodré (Clube Feijão – Nova União), Rafael Mansur (Brotherhood), Isaque Paiva (Saikoo) e Richar Nogueira (Cícero Costha). Alexandre Vieira (BTT), Victor Moraes (Cícero Costha) e Gabriel Wilcox (Carlson Gracie) correm por fora.

Masculino até 77 kg

Mantendo a tradição de ser uma das categorias mais lotadas do Grand Slam, a categoria até 77 kg apresenta no mínimo oito nomes que possuem ótimas chances de ouro.  No primeiro pelotão, aparecem nomes como: Caio Caetano (NS Brotherhood), que venceu a etapa de Los Angeles do Grand Slam. Luan Carvalho (Nova União), Hugo Marques (Soul Fighters) e Yan Pica-Pau (Ribeiro Jiu-Jitsu) fecham o primeiro grupo. No segundo pelotão, aparecem nomes como: Ygor Dantas (Checkmat), Ygor Rodrigues (Márcio Rodrigues), Jaime Canuto (GFTEAM) e Alexandre Cavaliere (Alliance).

Masculino até 85 kg

Na categoria até 85 kg, Isaque Bahiense (Alliance) aparece como o principal favorito ao ouro. Com um jogo bastante adaptado ao regulamento de lutas com seis minutos, Isaque quer repetir o feito obtido no ano passado, quando conquistou o ouro de quatro etapas do Grand Slam e o ouro do World Pro. Para colocar água no chopp do atleta da Alliance, surgem nomes como: Diego “Sem Noção” Ramalho (ZR TEAM), atual vice-líder do ranking da UAEJJF, Ruan Oliveira (Soul Fighetrs) e Pedro Agrizzi (Striker Jiu-Jitsu).

Masculino até 94 kg

Com muitos nomes da nova geração, a categoria até 94 kg promete ótimos combates. Kaynan Duarte (Atos), Rudson Mateus (Caio Terra) e Adam Wardzinski (Checkmat) aparecem como os principais postulantes ao ouro. Helton José Jr (Atos) e Marcos Lopo (NS Brotherhood) correm por fora.

Masculino até 110 kg

Não tem como falar dessa categoria sem colocar o nome de Erberth Santos em primeiro lugar no ranking dos favoritos. O líder do Esquadrão de Jiu-Jitsu Brasileiro vem embalado pelo ouro no Grand Slam de Los Angeles, King of Mats e Rio Open. Ricardo Evangelista (Commando Group), Igor “Tigrão” Schneider (NS Brotherhood) e Vinicius “Trator” Ferreira (Alliance) surgem como principais nomes para deter Erberth na disputa.

Feminino

49 kg: Mayssa Caldas (GFTEAM)

55 kg: Amal Amjahid (C.E.N.S Academy), Talita Alencar (Alliance), Amanda Monteiro (GFTEAM)

62 kg: Bianca Basílio (Almeida Jiu-Jitsu)

70 kg: Jessi Swanson (Soul Fighters), Thamara Silva (Cícero Costha), Samantha Cook (Checkmat) e Renata Marinho (Alliance)

90 kg: Gabrieli Pessanha (Infight), Carina Santi (G13), Karlona Hipólito (Top Brother)