Home / Colunas / Arquivos Históricos / História da meia-guarda

História da meia-guarda

Por Bjjheroes, ilustrado e traduzido por BJJForum

A meia-guarda é uma posição de grappling de origem desconhecida, desenvolvida no começo dos anos 1990 por Roberto “Gordo” Correa, um conhecido atleta de BJJ. A definição de guarda no grappling require que o guardeiro (lutador que está por baixo com as costas no tatame) use suas pernas para controlar o passador (lutador que está por cima), na meia-guarda a diferença é que o guardeiro utilizará as suas duas pernas para controlar apenas uma perna do passador.

 

Exemplo de meia-guarda

Exemplo de meia-guarda

A história da meia-guarda

A meia- guarda como posição de grappling existe há um bom tempo, ninguém sabe quem e quando começaram a utilizá-la. Na Kodokan a meia-guarda era chamada de niju garami e era usada por velhos praticantes, incluindo Tsunetane Oda (o criador do triângulo) que é visto  fazendo essa posição em alguns vídeos dos anos 1940. A meia-guarda eventualmente parou de ser usada no Judo, principalmente pelas regras que foram sendo definidas conforme o Judo foi se tornando olímpico.

Tsunetane Oda fazendo a meia guarda em vídeo real dos anos 1940

Tatsune Odo fazendo a meia guarda em vídeo real dos anos 1940

A niju garami, nos estágios iniciais do Judo, era principalmente uma técnica de segurar a posição evitando que oponente fosse para os 100KG. Esse era o coenceito da posição quando migrou do Japão para o Brasil no começo do século 20. Por essa razão nunca foi vista como uma posição de ataque e ficou dormente no jiu jitsu até o começo dos anos 1990.

Foi Roberto Correa, conhecido como Gordo, um faixa roxa de 18 anos aluno de Carlos Gracie Jr que revolucionou a posição da meia-guarda. Diz a história que Roberto machucou seriamente o joelho em 1989, um machucado que impedia que sua perna fosse esticada por completo. Esse acidente fez com que a meia-guarda fosse a única forma dos oponentes não passarem a guarda de Gordo. Como ficava preso nessa posição frequentemente, Correa começou a pensar em formas de ser ofensivo a partir dessa posição, sua mente criativa criou uma solução, a esgrima.

Roberto "Gordo" Correa

Roberto “Gordo” Correa

A esgrima revolucionou o jogo da meia-guarda e serviu de ponte entre a defesa e o ataque na posição. Ir para as costas a partir da meia-guarda se tornou marca registrada do Gordo, o que deu a ela notoriedade e sucesso imediato nos tatames, ele estava criando várias variações, incluindo a deep meia guarda, uma variação que ficou bem pouplar em lutas sem kimono e no MMA.

Com o tempo a meia-guarda evouluiu em uma das mais complexas e utilizadas posições no BJJ, tanto em competições com e sem kimono. No MMA também foi bem aplicada por lutadores como Fabrício Werdum e Rodrigo Minotauro, que adoraram essa posição ao seu arsenal de golpes.

Confira Roberto Gordo Correa ensinando uma raspagem da meia-guarda:

artigo original: http://www.bjjheroes.com/techniques/half-guard